dcsimg

Descubra qual é o preço da faculdade de Fotografia

Saiba quanto é preciso investir para obter uma formação superior como fotógrafo!

A faculdade de Fotografia está começando a crescer no Brasil.

O curso, que já atrai quase 5 mil estudantes, está presente em mais de 40 instituições pelo país.

A formação ajuda a desenvolver o olhar estético e ter o domínio as principais técnicas da fotografia, além de preparar o profissional para se dar bem num dos mercados mais concorridos do país.

É um curso dinâmico, com muita atividade prática no currículo.

Mas qual será o preço da faculdade de Fotografia? É caro? É barato? Tem alternativas para pagar menos?

Descubra tudo isso a seguir!

Qual é o preço da faculdade de Fotografia

Os valores do curso de Fotografia variam bastante de acordo com a faculdade e a modalidade de ensino.

No presencial, o valor médio cobrado pela maioria das faculdades é de R$ 850, mas dá para encontrar mensalidades que vão de R$ 650 a mais de R$ 1.200.

Estudar a distância é mais vantajoso.

Nessa modalidade, a mensalidade média é de R$ 450 nas principais faculdades do Brasil. Em instituições como a Universidade de Franca (UNIFRAN), o valor cobrado é menor, apenas R$ 240.

Tanto para cursos online quanto para os presenciais, os estudantes podem tentar bolsas de estudos para fazer a faculdade com descontos que podem chegar a 100% em cima do valor das mensalidades. Também podem financiar o curso.

Veja quais são os caminhos possíveis no próximo tópico.

Bolsas e financiamentos para a faculdade de Fotografia

Tem vários caminhos para conseguir uma bolsa ou um financiamento para a faculdade de Fotografia.

Os mais comuns são:

  • ProUni: O Programa Universidade para Todos permite a quem fez o Enem mais recente tentar uma bolsa parcial ou integral em faculdades privadas de qualidade. Para isso é preciso ter obtido uma boa pontuação no exame e se encaixar nos requisitos socioeconômicos. A seleção, que ocorre duas vezes ao ano, contempla os candidatos com as melhores notas. O ProUni vale para cursos presenciais e a distância, incluindo Fotografia.
  • FIES: O sistema de crédito estudantil do governo federal permite que o estudante financie o curso a juros baixos e ainda concede um belo prazo para pagamento da dívida. Para obter o benefício é preciso ter feito qualquer Enem a partir de 2010 e também se encaixar nos critérios socioeconômicos determinados pelo MEC. São duas seleções por ano. O programa só é válido para cursos presenciais.
  • Bolsas das próprias faculdades: Diversas faculdades particulares oferecem bolsas e descontos aos seus alunos. Para conseguir a sua, observe os benefícios disponíveis na instituição onde você pretende estudar. Normalmente tem bolsa para os melhores colocados no vestibular e descontos para conveniados ou para quem paga em dia. Muitas têm acordo com sites especializados, por meio dos quais você pode conseguir bolsas instantaneamente.

Como é a faculdade de Fotografia

O curso de Fotografia tem apenas dois anos de duração e é oferecido em grau de tecnólogo na maioria das faculdades.

Tecnólogo, caso você não saiba, é um curso de nível superior voltado às necessidades do mercado de trabalho.

O diploma não é obrigatório para exercer a profissão de fotógrafo, mas hoje em dia se tornou um diferencial importante num mercado de trabalho tão concorrido.

Durante os quatro semestres de estudos, os alunos vão ficar por dentro das principais técnicas da área, o que envolve edição e tratamento de imagens, diferentes equipamentos, iluminação, smartphones, lentes, métodos de ampliação e revelação.

Também aprende a tirar foto em estúdio, fazer produções para publicidade, editorial, de moda, retrato, conceitual, de eventos, artísticas e até de recém-nascidos.

O curso presencial é bastante prático, com muita atividade em laboratório e saída às ruas para fotografar.

Já o curso a distância pode ser feito quase totalmente pela internet, por meio de aulas em vídeo, tutoriais, transmissões ao vivo e presença constante de professores e tutores. Os alunos só precisam se deslocar até o polo de apoio poucas vezes por semestre para fazer atividades de laboratório, mostrar o resultado de suas saídas a campo, apresentar trabalhos, etc.

Ambos os formatos são reconhecidos pelo MEC e rendem um diploma de nível superior válido no mercado.

Os fotógrafos formados em cursos superiores podem fazer pós-graduações, tentar vagas de emprego que exijam nível superior ou até participar de concursos públicos.

Os profissionais podem trabalhar em agências de publicidade, empresas de comunicação, em empresas de moda, de eventos ou no serviço público. Muitos trabalham por conta própria ou abrem seus próprios estúdios.

Onde encontrar uma faculdade de Fotografia

Por ser relativamente novo nas faculdades brasileiras, o curso superior de fotografia não está disponível em um número muito grande de instituições.

Atualmente, 44 delas oferecem o curso no formato presencial.

No online esse número é menor, mas como a graduação pode se espalhar por centenas de polos de apoio, acaba se tornando mais fácil de ser encontrada.

O segredo para se dar bem é escolher uma instituição que tenha reconhecimento formal e seja bem avaliada pelo MEC. Assim seu diploma terá validade no mercado e poderá se destacar entre os demais.

Conheça a seguir algumas boas faculdades onde você encontra o curso de Fotografia presencial e a distância:

Veja também:

Curso técnico é a mesma coisa que tecnólogo?

O que achou do preço do curso de Fotografia? Vai fazer o presencial ou o online? Conte para a gente!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin