Saiba se é possível fazer uma faculdade de Odontologia EAD

Quer saber se o curso de Odontologia EAD existe? Entenda isso e muito mais sobre essa graduação tão popular entre os estudantes brasileiros!

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC), divulgou em 2019 que, pela primeira vez, o número de vagas em cursos a distância foi superior à oferta de cursos presenciais pela primeira vez em universidades brasileiras.

Ao todo, foram mais de 7 milhões de vagas oferecidas em 2018, ano de referência do levantamento. São mais de 2 milhões de alunos matriculados em cursos de ensino a distância (EAD) no Brasil.

O curso de Odontologia também é um dos vestibulandos do país procuram muito entre a área da saúde. Mas será que há essa oferta de cursos a distância de Odontologia?

Há casos de áreas, como Medicina, Psicologia e Direito, que não contam com aulas online na graduação. Veja agora sobre o curso de Odontologia.

Mas então, existe curso de Odontologia EAD ou não?

A resposta é: não! Não há instituições de ensino autorizadas a oferecer o curso de Odontologia EAD e esse curso não existe na modalidade a distância.

Assim como os casos citados acima (Medicina, Psicologia e Direito), o MEC não autoriza ou reconhece faculdades de Odontologia a distância.

O conselho profissional da categoria, que é o Conselho Federal de Odontologia (CFO), se posicionou contra a existência dessa modalidade de ensino para essa área. Segundo reportagem publicada na Revista Quero, esse fato se dá porque há disciplinas desta graduação que devem ser ministradas exclusivamente com aulas presenciais.

Assim, o CFO proibiu que alunos formados em curso integralmente a distância pudessem se registrar no conselho e, assim, exercer a profissão.

Na reportagem da Revista Quero, o CFO se coloca a favor de que até 20% do curso possa ser oferecido de forma online, mas o restante o conselho alerta pela necessidade de acontecer presencialmente.

No entanto, com o constante crescimento da oferta de vagas e cursos EAD, essa realidade pode ser alterada ao longo dos anos, já que a tendência de virtualização do ensino segue em alta.

Como é o curso de Odontologia?

A graduação de Odontologia está na lista das mais buscadas por estudantes brasileiros que querem atuar na área da saúde. O curso tem duração média de cinco anos e possui muitas atividades práticas em sua grade curricular, o que dificulta o oferecimento dele a distância

No início do curso, as aulas tendem a ser mais teóricas. Esse conteúdo teórico também é muito importante e essencial para a formação, pois traz disciplinas sobre Anatomia, Biologia e Fisiologia humana, que vão fazer os alunos entenderem sobre estrutura e funcionamento do corpo.

A parte prática conta com aulas que já são voltadas para a atuação profissional, em laboratórios e consultórios.

Os estudantes devem realizar uma carga horária de estágio supervisionado obrigatório durante o curso. Esses estágios são divididos em diferentes áreas ao longo da formação, sendo estágio comunitário, estágio observacional, estágio em clínica multidisciplinar, estágio em urgências em Odontologia e estágio supervisionado profissional.

A graduação é finalizada com a entrega do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Conheça algumas das disciplinas que fazem parte da grade do curso de Odontologia:

  • Anatomo-fisiologia em Odontologia;
  • Atenção em Saúde Bucal e Coletiva;
  • Bioética e Deontologia;
  • Cirurgia;
  • Dentística
  • Diagnóstico Bucal;
  • Imunologia e Microbiologia Oral;
  • Estágios Supervisionados;
  • Materiais Odontológicos;
  • Oclusão;
  • Odontologia Legal;
  • Prótese Fixa e Removível;
  • Saúde Coletiva.

Após a formação completa e o diploma de Odontologia, os dentistas podem se especializar em mais de 20 áreas de especializações reconhecidas pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO).

Mercado de trabalho

O mercado para dentistas é sempre aquecido. E isso já começa na faculdade, onde os estudantes já ingressam em estágios obrigatórios durante o curso, mesmo que nem sempre esses estágios sejam remunerados.

Como o Brasil possui uma carência na área da saúde bucal, há espaço e necessidade para esses profissionais. Como são bastante especializações (ao todo são 23, segundo o CFO), há diferentes áreas de atuação, que podem envolver consultórios particulares ou o sistema público de saúde.

Onde estudar Odontologia?

Na hora de escolher onde estudar, é preciso ter atenção naquilo que falamos no começo deste texto: as faculdades precisam ser reconhecidas pelo MEC.

Então é necessário calma e muita pesquisa para decidir por uma universidade. Por isso, vamos te ajudar com algumas instituições. Confira:

O diferencial da Anhanguera é possuir unidades espalhadas por todo o país. Todas formam profissionais que são bem vistos pelo mercado de trabalho.

As duas melhores faculdades de Odontologia avaliadas pelo Guia da Faculdade com 5 estrelas são de São Paulo: a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp).

Veja também:

Odontologia: carreira, perfil e mercado de trabalho 

4 profissões em alta na área da saúde

Então, o que achou do curso e da área da Odontologia? Conte para a gente nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin