Descubra quanto custa uma faculdade de Engenharia Elétrica

Veja quanto custa uma faculdade de Engenharia Elétrica e, além da mensalidade, saiba mais sobre esse curso!

Existem mais de 40 tipos de cursos de engenharia no Brasil. Há muitas que não são muito conhecidas e tão populares, mas há outras que atraem o olhar de muitos brasileiros buscando uma carreira.

Entre as cinco engenharias mais populares do país está a Engenharia Elétrica, de acordo com levantamento realizado pela Revista Quero. Bons salários, boas perspectivas de carreira e bastante espaço no mercado de trabalho são alguns dos fatores que tornam a profissão de engenheiro eletricista interessante para muita gente.

Os primeiros passos dessa carreira são dados em uma faculdade de Engenharia Elétrica, onde os alunos vão aprender na teoria e na prática todos os conceitos necessários para começar a entrar nessa jornada profissional.

Quer saber quanto dinheiro é preciso investir em uma faculdade de Engenharia Elétrica? Veja quais são os valores das mensalidades do curso e conheça outras informações para você ficar por dentro de tudo que precisa saber antes de entrar na faculdade!

Quanto é a mensalidade de uma faculdade de Engenharia Elétrica?

São diversos fatores que fazem com que as faculdades de Engenharia Elétrica no Brasil apresentem valores de suas mensalidades bem variados. É preciso levar em consideração alguns pontos importantes na hora de buscar o preço, como a modalidade do curso, qual faculdade estudar e a localização da instituição.

Não existe um preço padrão para os cursos de Engenharia Elétrica em universidades privadas, mas é possível ter uma noção da média de valores nas faculdades do país. O fator mais importante é a modalidade, já que cursos de ensino a distância (EAD) são mais baratos que os cursos presenciais.

Para se ter uma ideia, os valores das graduações em Engenharia Elétrica EAD costumam variar entre R$ 450,00, em faculdades como Universidade Cruzeiro do Sul Virtual (UNICSUL) e a Universidade Cidade de São Paulo (UNICID), e R$ 750,00 por mês.

Os cursos presenciais apresentam valores mais altos, e podem ser encontrados em médias de R$ 1.000,00 até R$ 1.800 por mês.

Em diversas faculdades privadas é possível encontrar bolsas de estudo ou créditos de financiamento para reduzir os preços das mensalidades, além de contarem com os programas do governo, como o Programa Universidade Para Todos (Prouni), que oferece bolsas de estudo de 50% e 100% para pessoas de baixa renda, e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Quantos anos para se formar em Engenharia Elétrica?

Para se formar em um curso de Engenharia Elétrica, o estudante passa uma média de cinco anos na faculdade. Praticamente todas as graduações de engenharias possuem essa duração, que exige dedicação para as recompensas, que são o diploma, a carreira como engenheiro elétrico e as oportunidades que ela abre.

Como funciona o curso de Engenharia Elétrica?

Uma faculdade de Engenharia Elétrica é um lugar muito propício para aqueles estudantes que se interessam muito pelas Ciências Exatas, principalmente por Matemática e Física. Serão cinco anos acompanhados por disciplinas que vão exigir números, cálculos e fórmulas.

As grades curriculares dos cursos costumam dar sempre maior ênfase na parte técnica da profissão. Depois do ciclo básico, que geralmente acontece durante os dois primeiros anos (quatro semestres), os estudantes passam a ficar mais tempo em laboratórios especiais e as disciplinas passam a ser mais específicas a partir do terceiro ano.

Daí até o fim do curso, o estudante terá contato verdadeiramente com a Engenharia Elétrica, enquanto nos anos iniciais as disciplinas são generalizadas no campo da engenharia.

Os cursos de Engenharia Elétrica podem ser oferecidos no ensino a distância (EAD), desde que a faculdade seja reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e tenha autorização para ter o curso EAD funcionando.

Quais são as matérias de uma faculdade de Engenharia Elétrica?

Para você ter uma ideia do que vem pela frente em uma faculdade de Engenharia Elétrica, trouxemos disciplinas que costumam fazer parte da grade curricular do curso. Elas podem variar entre cada universidade, mas seguem uma mesma linha de formação. Confira:

  • Álgebra linear
  • Cálculo
  • Circuitos e técnicas digitais
  • Circuitos elétricos
  • Computação científica
  • Conservação de recursos naturais
  • Conversão eletromecânica de energia
  • Desenho técnico para Engenharia Elétrica
  • Eletromagnetismo
  • Eletrônica básica e aplicada
  • Eletrônica de potência
  • Física e Física Experimental
  • Geometria analítica
  • Laboratório de transdutores
  • Materiais elétricos
  • Mecânica dos sólidos
  • Microprocessadores
  • Ondas e propagação
  • Princípios de sistemas de comunicação
  • Projeto de instalações elétricas
  • Química geral
  • Segurança em Engenharia Elétrica
  • Sinais e sistemas discretos
  • Sistemas de controle
  • Sistemas lineares

Onde estudar Engenharia Elétrica?

Agora que você sabe o investimento que precisa para entrar em uma faculdade particular de Engenharia Elétrica e mais outros detalhes importantes do curso, chegou a hora de começar a pesquisar em que universidade estudar.

A principal dica é buscar por uma faculdade que seja bem avaliada e tenha um preço que caiba no seu bolso. Outra coisa importante é garantir que a instituição de ensino seja reconhecida pelo MEC, requisito obrigatório para que o curso possa oferecer um diploma com validade no mercado de trabalho.

Confira algumas faculdades com esse perfil e bem avaliadas:

Além disso, as faculdades acima contam com bolsas de estudo e unidades espalhadas por todo o país, facilitando o acesso de estudantes ao ensino superior.

Veja também: Quanto ganha um Engenheiro Eletricista?

Se interessou pela faculdade de Engenharia Elétrica? Conte nos comentários abaixo o que achou do curso e o que pretende fazer a partir de agora!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!