dcsimg

Descubra quanto tempo dura a faculdade de Arquitetura

Saiba quantos anos você precisará investir para se formar na área – e aproveite para conhecer algumas faculdades legais onde estudar!

Arquitetura é um daqueles cursos que seduzem a gente logo de cara. A ideia de projetar casas e edifícios, de pensar na utilização dos espaços físicos, de melhorar o que não está tão bom, e até de conceber cidades inteiras, bate forte no imaginário de qualquer um.

Não é à toa que o curso se tornou, ao longo dos tempos, um dos queridinhos dos brasileiros. Hoje, está disponível em mais de 400 instituições de ensino e já conta com quase 170 mil matriculados.

A graduação é dinâmica e tem um forte componente técnico, o que se traduz, para o estudante, em muitas aulas de laboratório, visitas a campo e pesquisa de tendências artísticas e de materiais.

Com tantas atividades no currículo, quanto tempo será que leva para concluir uma faculdade de Arquitetura? Onde encontrar uma faculdade legal, com uma boa estrutura de salas de aula e laboratório? Dá para estudar em menos tempo por meio de um curso a distância?

A resposta a todas essas perguntas você vê agora!

Quanto tempo dura a faculdade de Arquitetura

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o curso de Arquitetura e Urbanismo oferecido por qualquer instituição de ensino no Brasil deve ter duração de no mínimo 3.600 horas. Isso se traduz em exatos cinco anos de estudos.

Desse total, cerca de 20% devem ser reservados a atividades de estágio, ou seja, 720 horas.

Quem está pensando em fazer Arquitetura dificilmente vai conseguir concluir o curso em menos tempo. O volume de atividades e matérias para estudar muitas vezes exige uma dedicação extra por parte dos alunos. Se você vir por aí alguma faculdade que oferece o curso em “tempo recorde”, desconfie na hora.

Uma dúvida muito comum entre os futuros estudantes de Arquitetura é se dá para fazer a faculdade em tempo mais curto por meio do ensino a distância. Será? Vamos ver!

Quanto tempo dura a faculdade de Arquitetura a distância

Fazer um curso de Arquitetura distância é uma realidade cada vez mais palpável no Brasil. Por incrível que pareça, já temos um bom número de faculdades que oferecem essa opção de estudos.

O curso deve ser feito de forma semipresencial, no qual parte das atividades é feita a distância e parte em sala de aulas e laboratórios, como no formato tradicional.

O ensino a distância ajuda a flexibilizar os estudos de forma que o aluno pode adequar melhor o curso à sua rotina. Mas quanto a terminar a graduação em menos tempo, infelizmente não rola. O tempo mínimo estabelecido pelo MEC vale tanto para graduações presenciais quanto para os cursos a distância.

Onde encontrar uma faculdade Arquitetura

Convidamos você a conhecer algumas faculdades que oferecem o curso de Arquitetura.

Elas contam com infraestrutura de primeira e unidades em diversas cidades brasileiras, além de serem reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC. Algumas delas oferecem também a opção a distância.

Dê uma olhada:

Para atuar como arquiteto é obrigatório ter diploma de curso superior em Arquitetura reconhecido pelo MEC, além do registro profissional no Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) do estado onde atua.

Opções de cursos na área de Arquitetura que duram menos tempo

Quem tem pressa de entrar na área de Arquitetura pode optar por um tipo de curso diferente: os de formação tecnológica.

São cursos de nível superior com até três anos de duração que oferecem uma entrada mais rápida e focada no mercado de trabalho de Arquitetura.

Por aqui, encontramos duas opções:

  • Design de Produtos: curso para quem gosta de pensar, projetar e produzir objetos em geral, especialmente móveis. Por enquanto está disponível apenas na modalidade presencial.
  • Design de Interiores: para quem gosta de trabalhar com decoração e organização de espaços internos – tem muito a ver com a parte estética da Arquitetura. Este está disponível tanto na modalidade presencial quanto a distância.

Os dois têm carga horária mínima de 1.600 horas, que pode ser cumprida em apenas dois anos de estudos.

Embora quem se forma esse tipo de curso não possa atuar legalmente como arquiteto (assinando projetos de prédios, por exemplo), o mercado de trabalho é amplo e cheio de oportunidades – inclusive para quem pensa em seguir carreira como autônomo.

Além disso, quem faz um curso de tecnólogo também pode disputar vagas de emprego que exijam nível superior, fazer concursos públicos, entrar em pós-graduação ou mesmo abrir seu próprio escritório.

Sobre o curso de Arquitetura

Nos cinco anos em que estiverem se dedicando ao curso de Arquitetura, os estudantes farão uma imersão completa no universo da física, dos materiais, da arte, da matemática, do design e da engenharia – é ou não é uma graduação para lá de diversificada?

As atividades em laboratório – e fora dele – serão uma constante durante todo o curso. Práticas de desenho, análise e teste de materiais, produção de maquetes, visita a pontos de interesse arquitetônico (inclusive com viagens) farão parte do dia a dia do estudante.

Do lado teórico, matérias sobre história da arte, teoria da arquitetura, sociologia, tendências de consumo, empreendedorismo, etc.

Os estágios acontecem normalmente em escritórios de arquitetura ou em órgãos públicos.

Hoje, é comum que o arquiteto trabalhe por projeto, sem necessariamente ter um emprego fixo. Por isso, uma formação voltada ao empreendedorismo pode fazer toda diferença. Fique de olho.

Veja também:

Engenharia Civil: saiba sobre a carreira e onde cursar

Está pensando em fazer Arquitetura ou vai optar por um dos cursos tecnológicos na área? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin