dcsimg

Descubra se é possível fazer uma segunda graduação em 1 ano

Dê um salto em sua carreira com uma segunda graduação em um ano! Menos tempo e mais um diploma para o seu currículo.

Terminar uma faculdade exige bastante tempo e esforço, por isso, muitas pessoas desanimam quando pensam em fazer uma segunda graduação.

Mesmo sabendo que vão eliminar algumas matérias, a grade curricular pode não bater e o tempo de estudos costuma chegar a dois anos ou mais. 

No entanto, existem carreiras que são muito semelhantes e o aluno só precisa de algumas disciplinas a mais, que podem ser cursadas em pouco tempo.

Em um ano? Por que não? Conheça agora essas graduações condensadas e veja se você pode conseguir uma vaga ainda esse ano.

Existem cursos para segunda graduação em 1 ano? 

A resposta é sim! Alguns cursos superiores têm grades curriculares bastante próximas, portanto, o aluno elimina as matérias já cursadas e diminui o tempo da segunda graduação.

Hoje, a maioria dos cursos que disponibilizam diplomas em um ano é de licenciatura, mas já existem alguns bacharelados.

A Cruzeiro do Sul Virtual (a distância), por exemplo, oferece vários cursos com duração de dois semestres, basta você ter uma formação inicial correlata à segunda graduação que deseja fazer.

Veja a tabela de cursos da instituição:

Primeira graduação

Segunda graduação em 1 ano

LICENCIATURAS

Física e Química Biologia
Física e Química Matemática
Filosofia Artes Visuais
Geografia, Filosofia e Ciências Sociais História
Geografia, Filosofia e História Ciências Sociais
História, Filosofia e Ciências Sociais Geografia
História, Geografia e Ciências Sociais Filosofia
Letras (Português e Espanhol)  Letras (Português e Inglês)
Letras (Português e Inglês) Letras (Português e Espanhol) 

BACHARELADO E TECNÓLOGO

Bacharel em Administração, Economia e Ciências Atuariais Ciências Contábeis
Tecnólogo na área de Negócios e Gestão de Tecnologia da Informação  Administração

Como é difícil conciliar os novos alunos com as turmas existentes, já que as disciplinas que faltam para a nova graduação podem ser distribuídas em semestres diferentes, a segunda graduação em um ano normalmente é oferecida na modalidade a distância.

Como pagar pela minha segunda graduação?

Os programas do governo como o ProUni não disponibilizam bolsas de estudos para quem já tem um diploma, já o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) aceita a solicitação de financiamento de até 100%. 

Porém, o FIES dá preferência para os candidatos não portadores de diploma, o que deixa a disputa mais acirrada pelas vagas.

Para conseguir o financiamento, é preciso:

  • Ter feito a prova do Enem de qualquer edição, desde 2010.
  • Ter obtido no Enem nota igual ou superior a 450 pontos nas questões objetivas e nota acima de zero na redação.
  • Comprovar renda bruta familiar de até 3 salários mínimos para a modalidade FIES, para financiamento com juros zero.
  • Comprovar renda bruta familiar de até 5 salários mínimos para a modalidade P-FIES, para financiamento com juros proporcionais à renda.

Muitas faculdades particulares apresentam vantagens para alunos que desejam fazer uma segunda graduação.

Os descontos e as bolsas de estudos variam, então é preciso pesquisar para encontrar as que têm melhores condições de pagamento e nas quais as mensalidades cabem no seu bolso.

Por que fazer uma segunda graduação em um ano?

Algumas profissões, apesar de trabalharem com coisas bem parecidas, têm diferenciações e isso exige matérias específicas da faculdade.

Um curso de Letras, por exemplo, tem uma grade comum, voltada para o ensino de línguas e linguagens, porém, quem fez uma licenciatura em Inglês não pode dar aulas de Espanhol. 

São duas línguas diferentes, que têm origens diferentes, mas o modo de se ensinar e a didática exigida nos cursos de graduação brasileiros são os mesmos.

Assim, para que o futuro professor seja habilitado em outra língua, pode fazer uma segunda graduação de um ano.

Uma pessoa formada em curso tecnólogo, que tem a duração de 2 anos, pode cursar um bacharelado em mais um ano para complementar sua formação.

Além de aprender um pouco mais, ela amplia as suas chances no mercado de trabalho.

Onde estudar?

Você precisa entrar em contato com as faculdades para saber quais cursos são oferecidos e apresentar o diploma da primeira graduação.

Cada instituição tem o seu processo interno e você pode encontrar as instruções nos seus sites ou ao visitar algum de seus polos presenciais.

Geralmente, não há necessidade de um vestibular ou outro tipo de prova, mas pode ser que haja alguma avaliação para a distribuição de bolsas de estudos e descontos nas mensalidades.

A nota do Enem pode ser válida para o processo seletivo.

Como a maioria das ofertas de segunda graduação em um ano é a distância, pesquise muito antes de fechar qualquer contrato.

Verifique se a instituição de ensino é reconhecida pelo MEC, porque assim o seu diploma terá validade em todo o território nacional.

Além disso, os cursos a distância têm o mesmo valor de um curso presencial, com todas as exigências e a grade curricular obrigatória.

Para não ficar a ver navios e jogar o seu dinheiro fora, confira algumas sugestões de excelentes faculdades, com segunda graduação em um ano, reconhecidas pelo MEC:

Caso não haja uma segunda graduação em um ano para o que você deseja, por que não fazer um curso de curta duração em dois anos? Com um pouquinho a mais de tempo, você consegue se formar em outro curso superior.

Para os cursos de tecnólogos, como são chamados, também é aceita a nota do Enem e, dependendo de onde você for estudar, pode entrar direto e concorrer a bolsas de estudos.

Nessas faculdades que citamos, existem muitos deles, presenciais e a distância, é só você escolher e fazer sua inscrição!

Veja também:

Saiba como fazer uma segunda licenciatura EAD em 1 ano

Descubra o que faz um tecnólogo

Gostou de saber que dá para fazer uma segunda graduação em um ano? Comente se você pretende fazer alguma delas!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin