Descubra como entrar na lista de espera do Prouni

O Prouni (Programa Universidade para Todos) é muito popular entre estudantes que buscam uma chance de entrar no tão sonhado ensino superior. O programa foi criado pelo governo federal em 2004 e tem como objetivo conceder bolsas de estudos integrais e parciais para cursos de graduação em universidades particulares. No entanto, mesmo aqueles candidatos que não conseguem obter a bolsa de primeira, podem entrar na lista de espera do Prouni. 

Saiba mais: Encontre bolsas de estudo de até 80%

Essas bolsas são destinadas principalmente à parcela de estudantes brasileiros que não conseguem custear o ensino superior e atendem aos critérios estabelecidos pelo programa ao longo da sua graduação. Caso o candidato contemplado com o Prouni receba uma bolsa integral, conseguirá estudar em uma faculdade particular com a mensalidade custeada durante todo o curso. Ao conseguir uma bolsa parcial, no entanto, o estudante terá que custear a outra metade das mensalidades. 

Desde a criação do programa, mais de 2 milhões de estudantes já foram beneficiados com as diversas bolsas oferecidas pelas instituições privadas do país. Se você não conseguiu a sua de primeira, mas segue na luta para ter o seu benefício, atente-se para a divulgação das chamadas e da lista de espera. Confira mais detalhes sobre ela logo abaixo.

Faculdades EaD aceitam o Prouni?

Sim! O Prouni distribui bolsas de estudos em faculdades particulares, que é onde está a maior oferta de cursos a distância do país. 

O benefício pode ser utilizado em faculdades credenciadas de todo o Brasil e conta com cursos em todas as áreas do conhecimento. Atualmente, são ofertadas bolsas de estudo parciais e integrais para mais de 33 mil cursos, em aproximadamente mais de 1.100 instituições educacionais em todo o Brasil.

Como funciona a lista de espera do Prouni? 

O Prouni abre duas vezes por ano uma lista de espera para preencher as vagas que não foram ocupadas após a convocação em primeira e segunda chamadas nos cursos ofertados de graduação pelo programa.

Essa lista é utilizada como uma fase de classificação e seleção de candidatos, que acontece logo depois de terminar o prazo de convocação das duas chamadas anteriores e obedece aos mesmos critérios de ordem de classificação segundo as notas obtidas no Enem.

Descubra como entrar na lista de espera do Prouni - Guia da Carreira

Como entrar na lista de espera do Prouni?

Para se inscrever na lista de espera, o estudante deve acessar a página do Prouni na internet e fazer sua inscrição. Para isso, é preciso da atual nota do Enem do candidato, referente à edição mais recente realizada por ele, junto com o acesso e a senha individuais do referido exame. 

Mas atenção: a página para a lista de espera fica aberta por pouco tempo. Em 2019, por exemplo, foram somente dois dias de inscrição nessa modalidade. Após a seleção de candidatos para essa lista, os estudantes pré-selecionados precisam apresentar a documentação na instituição escolhida para comprovar os dados inseridos na plataforma do Prouni. 

Então, se você quer concorrer a uma vaga na lista de espera, já comece a juntar sua documentação para não perder essa oportunidade e fique atento às datas!

Veja também: Saiba como e onde fazer a inscrição para o Prouni

Quando saem as datas de lista de espera do Prouni? 

Quando o prazo de inscrição para a segunda chamada de alunos pré-selecionados esgotar, o site do Prouni logo costuma divulgar a lista de espera por cerca de um ou dois dias. Então, nesta fase, acessar o site todos os dias é fundamental para acompanhar o cronograma e não perder o prazo e realizar sua inscrição. 

A lista de espera costuma ser divulgada após um ou dois meses depois da primeira chamada. De acordo com o MEC, as inscrições para o Prouni 2022 poderão ser feitas entre os dias 22 a 25 de fevereiro de 2022. Dessa forma, a lista de espera deve acontecer entre os meses de março e abril. Fique atento!

Como funcionam as chamadas do Prouni?

Preparamos para você um pequeno resumo para entender como funcionam as chamadas do Prouni. Acontece assim: na primeira chamada, são convocados os alunos que tiveram as melhores notas no Enem da edição anterior. Por isso mesmo é tão importante que o estudante tenha uma boa pontuação no exame para ficar bem classificado na lista do Prouni. 

A segunda chamada é aberta em seguida, aos candidatos das vagas remanescentes da primeira chamada. Isso acontece porque alguns candidatos não conseguem comprovar a documentação ou desistem das bolsas, então a lista roda.

E depois da segunda chamada ser concluída, a lista de espera abre-se em sequência. Então, fique atento ao que você precisa comprovar para não ter problema na hora de concorrer a uma vaga no Prouni – seja nas chamadas regulares ou na lista de espera.

Quais são os pré-requisitos para entrar na lista de espera do Prouni?

Para participar da lista de espera do Prouni, é preciso preencher a alguns requisitos:

  • Ter feito pelo menos 450 pontos na somatória das provas do Enem;
  • Ter tirado nota acima de zero na redação;
  • Não ter sido pré-selecionado nem na primeira e nem na segunda chamada;
  • Ter sido pré-selecionado para a segunda chamada, mas reprovado por não ter formado turma para aquele curso;
  • Ter realizado todo o ensino médio em escola pública ou ter realizado todo o ensino médio em escola particular como bolsista.

No entanto, vale reforçar que comprovar esses pré-requisitos não é a certeza de conseguir a bolsa de estudos na lista de espera. Além do que já foi apresentado acima, também é preciso comprovar sua situação social e econômica.

Saiba mais: Descubra quais documentos precisa para o Prouni

Para concorrer a uma bolsa integral, ou seja, de 100%, o estudante tem que ter uma renda mensal familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa. Já para as bolsas parciais, de 50%, o estudante precisa comprovar uma renda mensal familiar por pessoa de até três salários mínimos.

Onde posso estudar com o Prouni?

Para uma faculdade oferecer bolsas de estudos através do Prouni, é preciso ter uma boa avaliação no MEC. Sendo assim, os estudantes beneficiários do programa podem contar sempre com universidades e faculdades bem avaliadas e com a garantia de um ensino de qualidade no seu curso. 

Separamos para você algumas instituições de ensino que aceitam o Prouni como forma de ingresso para você conferir. Porém, se você não for contemplado com uma das bolsas, não se preocupe: ainda assim é possível realizar o sonho de cursar o ensino superior!

Muitas dessas instituições abaixo oferecem  descontos que podem chegar a 100% do valor da mensalidade, além da possibilidade de ingresso direto de acordo com sua nota no Enem e descontos progressivos de acordo com a pontuação de cada estudante. Legal, não é? Olha só:

Ainda por cima, essas faculdades particulares oferecem os cursos de graduação mais buscados entre os estudantes, como Engenharias, Odontologia, Psicologia, Pedagogia, Educação Física e muito mais. Ainda há a possibilidade de estudar na modalidade presencial, semipresencial ou a distância: sempre há o curso perfeito que atende às suas necessidades e realidade. Consulte todas as informações com as faculdades acima!

E aí, está tentando uma chance de estudar com o Prouni? Conte para a gente nos comentários se você já conseguiu juntar toda a documentação para se inscrever na lista de espera do programa!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin