dcsimg

Descubra como entrar na lista de espera do Prouni

O ProUni, Programa Universidade para Todos, foi criado pelo governo federal em 2004 e tem como objetivo conceder bolsas de estudos integrais e parciais para cursos de graduação em universidades particulares. 

Mais de 2 milhões de estudantes já foram beneficiados com as diversas bolsas oferecidas pelas instituições privadas do país e você pode conseguir a sua. É preciso ficar de olho na divulgação das chamadas e da lista de espera. Mas, você sabe como funciona essa lista? 

Como funciona a lista de espera do ProUni? 

O ProUni abre duas vezes por ano uma lista de espera para preencher as vagas que não foram ocupadas após a convocação em primeira e segunda chamadas nos cursos ofertados de graduação.

A lista é utilizada como uma fase de classificação e seleção de candidatos, que acontece logo depois de terminar o prazo de convocação das duas chamadas anteriores, e obedece aos mesmos critérios de ordem de classificação segundo as notas obtidas no Enem.

Como entrar na lista de espera do ProUni?

Para se inscrever na lista de espera, o estudante deve acessar a página do ProUni na internet e fazer sua inscrição com seu número atual do Enem (a edição mais recente realizada por você) e a senha mais atual do referido exame. 

Mas atenção: a página para a lista fica aberta por pouco tempo. Em 2019, foram somente dois dias de inscrição nessa modalidade. 

Após a seleção, o candidato deve apresentar a documentação na instituição selecionada para que comprove os dados inseridos na plataforma do ProUni. 

Então, se você quer concorrer a uma vaga na lista de espera, já comece a juntar sua documentação para não perder essa oportunidade. 

Quando saem as datas de lista de espera do ProUni? 

Quando o prazo de inscrição para segunda chamada de alunos pré-selecionados esgotar, o site do ProUni divulga a lista de espera por cerca de um ou dois dias.

Acessar o site todos os dias é fundamental para acompanhar o cronograma e não perder o prazo e realizar sua inscrição. A lista de espera costuma ser divulgada após um ou dois meses depois da primeira chamada. 

 As datas para a seleção do primeiro semestre de 2020 ainda não foram publicadas, mas você pode se basear na seleção de 2019, que aconteceu entre os dias 31 de janeiro e 2 de fevereiro para primeira chamada, e entre os dias 7 e 8 de março para a lista de espera. 

Como funcionam as chamadas do ProUni?

Preparamos para você um pequeno resumo para entender como funcionam as chamadas do ProUni. 

Na primeira chamada são convocados os alunos que tiveram as melhores notas no Enem, na edição anterior. 

Por isso, é importante que você tenha uma boa pontuação no exame para ficar bem classificado na lista do ProUni. 

 A segunda chamada é aberta aos candidatos das vagas remanescentes da primeira chamada. Isso acontece porque alguns candidatos não conseguem comprovar a documentação ou desistem das bolsas. 

Então, fique atento ao que você precisa comprovar para não ter problema na hora de concorrer a uma vaga no ProUni. 

Alguns pré-requisitos para entrar na lista de espera

Para participar da lista de espera é preciso preencher a alguns requisitos:

Ter feito pelo menos 450 pontos na somatória das provas do Enem.

  • Ter tirado nota acima de zero na redação.
  • Não ter sido pré-selecionado nem na primeira e nem segunda chamada.
  • Ter sido pré-selecionado para a segunda chamada, mas reprovado por não  ter formado turma para aquele curso.
  • Ter realizado todo o ensino médio em escola pública ou
  • Ter realizado todo o ensino médio em escola particular como bolsista.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor no magistério público, no exercício da função.

Mas comprovar esses pré-requisitos não é a certeza de conseguir a bolsa. Além do que já foi apresentado, é preciso comprovar também sua situação social e econômica.

Para concorrer a uma bolsa integral, ou seja, de 100%, o estudante tem que ter uma renda mensal familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa. 

Já para as bolsas parciais, de 50%, o estudante precisa comprovar uma renda mensal familiar por pessoa de até três salários mínimos.

Onde posso estudar com o ProUni?

Para fazer parte do ProUni como uma instituição parceira, é preciso ter uma boa avaliação no MEC. Por isso, o estudante conta sempre com universidades e faculdades bem avaliadas e tem garantida a qualidade de seu curso. 

Separamos para você algumas instituições que aceitam o ProUni. Além disso, se você não for contemplado com uma das bolsas, não se preocupe. 

Ainda assim é possível realizar o sonho de cursar o ensino superior. Muitas dessas instituições oferecem convênios e descontos que podem chegar a 100% do valor da mensalidade, de acordo com sua nota no Enem. 

Conte para a gente nos comentários se você já conseguiu juntar toda a documentação para se inscrever no ProUni. 

Veja também:

Saiba como e onde fazer a inscrição para o ProUni

Descubra quais documentos precisa para o ProUni 2020

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin