dcsimg

Veja o cronograma do ProUni 2020 e não perca nenhuma data

Programe-se e garanta sua bolsa de estudos o quanto antes. Confira todas as datas do ProUni 2020!

Falta pouco para começar a grande seleção do ProUni 2020!

Este ano, milhões de pessoas devem se inscrever com o objetivo de conseguir uma bolsa integral ou parcial em inúmeras faculdades particulares brasileiras.

Tudo deve acontecer muito rapidamente. Em menos de uma semana, o candidato irá participar da seleção e, se der sorte, conseguir a bolsa desejada.

Mas para que isso se realize e é preciso estar muito atento a todas as datas e procedimentos do ProUni 2020.

Você já está por dentro?

Veja a seguir o cronograma do ProUni 2020 e não perca nenhuma data!

O cronograma do ProUni 2020

O edital do ProUni 2020, com todo o cronograma detalhado, ainda não foi divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), mas com base em edições anteriores a gente pode ter uma ideia e começar a se preparar desde já.

É que os períodos não de seleção não mudam tanto assim.

Então vamos lá:

  • Inscrição do ProUni 2020 – Assim que os resultados do Enem 2019 forem divulgados, pode começar a contagem regressiva. Cerca de dez dias depois começa o ProUni 2020. O MEC só costuma anunciar a data exata um pouco antes, portanto fique de olho. O ProUni abre inscrições no dia seguinte à divulgação do resultado do Sisu (que distribui vaga em universidades públicas). Haverá uma outra edição do ProUni 2020, provavelmente no mês de julho.
  • Seleção do ProUni 2020 – As inscrições para o ProUni abrem numa terça e se encerram na sexta-feira da mesma semana. Nesse curto período, os candidatos terão de fazer duas escolhas de curso dentre os milhares de opções disponíveis no sistema. As notas para entrar em cada um deles pode ir mudando conforme novos participantes vão se inscrevendo. Por isso o sistema permite trocar de curso ou faculdade quantas vezes for necessário, até o encerramento.

Quem perder o prazo terá de esperar pela segunda edição, em julho.

  • Divulgação dos resultados do ProUni 2020 – Tanto na primeira quanto na segunda edição do ProUni, a seleção normalmente encerra numa sexta e os resultados são divulgados dois dias depois, numa segunda-feira. A partir daí é hora de se atentar ao cronograma das matrículas. Veja como.
  • Matrícula do ProUni 2020 – No mesmo dia da divulgação dos resultados do ProUni, quem for selecionado já pode se preparar para levar todos os documentos necessários à faculdade onde conseguiu bolsa. O prazo geralmente é de sete dias a partir desse momento. Quem perder fica de fora do ProUni e passa a bolsa para outro candidato. É preciso observar o horário e o local para entrega dos documentos especificados pela instituição. Algumas delas exigem que o aluno passe por um teste, uma espécie de vestibular.
  • Segunda chamada do ProUni 2020 – Nem todo mundo que é selecionado de cara no ProUni confirma a bolsa. Por isso, muitas vagas sobram ao longo do processo de matrícula. A segunda chamada é mais uma chance de ser aprovado. Cerca de 15 dias após a divulgação dos resultados oficiais, o programa começa a convocar mais bolsistas. Há também um prazo para levar os documentos à faculdade onde conseguiu bolsa.
  • Lista de espera do ProUni 2020 – A lista de espera é uma terceira chance de conseguir bolsa, mas os candidatos precisam manifestar interesse em participar – o processo não é automático como na segunda chamada. As inscrições abrem cerca de um mês após a divulgação dos resultados da primeira chamada do ProUni. É preciso ficar bem esperto porque a lista recebe inscrições durante apenas dois dias. Os resultados saem pouco depois. O prazo para apresentação da documentação na faculdade também é mais curto, apenas cinco dias.
  • Vagas remanescentes do ProUni 2020 – São as bolsas que sobram após a as duas chamadas principais e a lista de espera do ProUni 2020. As inscrições abrem cerca de 45 dias após a divulgação dos resultados oficiais. Aqui é um novo processo seletivo, com nova inscrição e menos critérios de participação (dá, por exemplo, para tentar vaga com a nota de qualquer Enem a partir de 2010).

Quem pode tentar bolsa pelo ProUni 2020

Para tentar bolsa pelo ProUni 2020 o candidato deve, obrigatoriamente, ter feito o Enem 2019 e obtido pelo menos 450 pontos na média das provas, sem ter zerado a redação.

O programa é destinado a pessoas com renda familiar de até três salários mínimos e formação de ensino médio em escola da rede pública (ou bolsistas integrais de escola particular).

Por lei, os participantes não podem ter diploma de nível superior – a única exceção são os professores da rede pública de ensino.

Faculdades para estudar com bolsa do ProUni 2020

Existe um bocado de ótimas faculdades no ProUni 2020. Juntas, elas oferecem milhares de vagas em cursos presenciais e a distância por todo o país.

Abaixo, a gente escolheu algumas onde você pode estudar com a garantia de ter um diploma bem reconhecido no mercado de trabalho. Além de participarem do ProUni, todas elas têm seus próprios programas de bolsas, descontos e financiamentos sem burocracia:

Veja também:

Saiba qual é a nota de corte do ProUni 2020 para o seu curso

Preparadíssimo para encarar o ProUni 2020? Conte para a gente em qual curso você gostaria de ganhar a bolsa!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin