dcsimg

Descubra quais são os cursos mais fáceis no Sisu

Confira tudo o que você precisa saber sobre esse programa do governo e ainda descubra os cursos mais fáceis no SiSu!

Se você está pensando em prestar vestibular, com certeza já ouviu falar do SiSu. O programa de incentivo ao estudo do governo já ajudou muitas pessoas a alcançar o tão sonhado diploma, porém conseguir vaga em alguns cursos pode ser mais desafiador do que em outros.

Ligado diretamente ao Enem, o SiSu oferece oportunidades nas duas metades do ano; o primeiro semestre sempre contando com mais vagas do que o segundo. Com tantos participantes e limitação de chances, é normal perguntar-se quais são os cursos mais fáceis no SiSu.

Para ajudar você a entender o que é SiSu, como o programa funciona e quais são os cursos mais fáceis para garantir uma vaga, continue a leitura deste post!

Antes de tudo, o que é SiSu?

O Sistema de Seleção Unificada, conhecido popularmente como SiSu, foi criado pelo Ministério da Educação (MEC) e tem como objetivo facilitar a entrada de estudantes em faculdades públicas.

O SiSu é totalmente gratuito, exigindo apenas que o aluno inscreva-se no sistema e participe da última edição do Enem. Ao contrário de programas como o ProUni, o Sistema não oferece bolsas de estudos, e sim a oportunidade de concorrer a uma vaga em universidades e institutos tecnológicos públicos por meio da nota obtida no Enem.

O aluno que se candidatar ao SiSu poderá concorrer a vagas em instituições públicas de todo o Brasil.

Como funciona e o que faço para entrar nesse programa?

Como citado, o SiSu exige que o participante tenha se inscrito na última edição oferecida pelo Enem. Nessa hora, ele recebe um número de inscrição e uma senha que também dão acesso ao SiSu, formando uma integração entre ambos.

De acordo com as regras do programa, o participante pode escolher até dois cursos: um como primeira e outro como segunda opção. As notas de corte de cada um pode variar de acordo com a instituição até o encerramento das inscrições. O candidato só é aprovado se a nota que ele conseguiu no Enem for maior que a mínima pedida pelo curso escolhido.

Por exemplo, se a nota de corte atual do curso de Arquitetura na Universidade Federal de Santa Catarina for 600, o participante deverá ter uma nota maior que essa para ingressar nessa opção, mesmo que a mínima inicial tenha sido outra.

Se o estudante não tiver a nota necessária para ingressar na primeira opção, ele poderá concorrer, ainda, na segunda escolha. Além disso, o SiSu oferece uma lista de espera, onde o aluno pode aguardar para ser chamado a preencher vagas que não foram ocupadas.

Outro ponto importante é que o aluno pode mudar as opções de cursos quantas vezes quiser até o encerramento das inscrições.

Caso seja aprovado, o participante deverá entrar em contato com a instituição de ensino e conferir os documentos necessários para seu ingresso.

Quais são os cursos mais fáceis no SiSu?

Agora que você já sabe como funciona o programa, separamos uma lista com alguns dos cursos mais fáceis no SiSu. Confira:

Cursos com nota de corte de até 540 pontos

  • Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia – Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
  • Gestão Ambiental – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul-Rio-Grandense (IFSUL)
  • Produção de Grãos – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IFFARROUPILHA)
  • Ciências Exatas – Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
  • Física – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI)
  • Letras – Português e Espanhol – Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
  • Ciências Naturais e Matemática/Física – Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT)
  • Produção Sucroalcooleira – Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS)
  • Ciências da Natureza – Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
  • Matemática – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IFFARROUPILHA)
  • Computação – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IFFARROUPILHA)
  • Gestão de Turismo – Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
  • Gestão Ambiental – Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS)
  • Ciências da Natureza – Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF)
  • Gestão de Cooperativas – Universidade Federal do Tocantins (UFT)

Cursos com nota de corte de até 600 pontos

  • Pedagogia – Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)
  • Gestão da Tecnologia da Informação – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IF GOIANO)
  • Gestão em Logística – Universidade de Pernambuco (UPE)
  • Agronomia – Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Ciências Contábeis – Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)
  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (IFES)
  • Letras (Português) – Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)
  • Alimentos – Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • Zootecnia – Universidade Federal de Roraima (UFRR)
  • Engenharia Florestal – Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
  • Gestão de Recursos Humanos – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá (IFAP)
  • Educação Física – Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)
  • Turismo – Universidade Estadual do Piauí (UESPI)
  • Engenharia de Biossistemas – Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
  • Ciências Agrícolas – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense (IF CATARINENSE)

Cursos do SiSu com nota de corte de até 630 pontos

  • Química – Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
  • Administração – Universidade Federal do Tocantins (UFT)
  • Filosofia – Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA)
  • Pedagogia – Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
  • Filosofia – Universidade Federal do Maranhão(UFMA)
  • Engenharia Têxtil – Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)
  • Engenharia Florestal – Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
  • Química – Fundação Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
  • Biblioteconomia – Universidade Estadual de Londrina (UEL)
  • Matemática – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ)
  • Ciências Biológicas – Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
  • Gestão de Políticas Públicas – Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
  • Ciências Contábeis – Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)
  • Design de Moda – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS)
  • Radialismo – Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

E se eu perder o prazo ou não atingir a nota de corte no SiSu?

Hoje em dia existem outros programas, como o ProUni e o FieS, que facilitam a entrada de alunos em faculdades privadas. Além disso, muitas instituições oferecem por si própria descontos e oportunidades de parcelamento.

Separamos abaixo algumas das principais instituições que além de aceitarem programas governamentais, são aprovadas pelo MEC:

Veja também:

Descubra como usar o Enem 2018 para entrar na faculdade

Saiba tudo sobre a prova do Enem 2018

E você? Já conhecia algum dos cursos mais fáceis no SiSu? Já participou do programa? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin