dcsimg

Conheça o calendário do Prouni e tente sua vaga

Conhecer o calendário do ProUni é o primeiro passo para conseguir uma bolsa de estudos para a faculdade por meio desse programa do governo!

Como os prazos costumam ser apertados, é preciso ficar atento para não perder nenhuma etapa do processo seletivo.

Além disso, existem alguns requisitos para concorrer às bolsas do ProUni —  você sabe se preenche todos eles? Para ficar bem informado sobre o calendário do ProUni e entender quem pode participar, continue a leitura!

Calendário do ProUni

O ProUni costuma ter duas edições anuais, uma no primeiro e outra no segundo semestre. Veja a seguir quando as etapas do processo seletivo geralmente ocorrem:

ProUni do primeiro semestre

Inscrições: final de janeiro/início de fevereiro
Divulgação do resultado: meados de fevereiro
Comprovação de informações junto à faculdade: final de fevereiro
Prazo para se inscrever na lista de espera: geralmente apenas dois dias, em fevereiro
Resultado da lista de espera: início de março
Comprovação de informações da lista de espera: meados de março

ProUni do segundo semestre

Inscrições: meados de junho
Divulgação do resultado: meados de junho/início de julho
Comprovação de informações junto à faculdade: final de junho/início de julho
Prazo para se inscrever na lista de espera: meados de julho
Resultado da lista de espera: final de julho
Comprovação de informações da lista de espera: final de julho

Vale dizer que as datas e prazos exatos devem ser consultados no edital de cada edição do ProUni.

Quem pode participar do ProUni?

O Programa Universidade Para Todos (ProUni) do governo federal concede bolsas de estudos integrais (de 100%) e parciais (de 50%) em instituições privadas de ensino superior.

Porém, nem todo mundo pode participar do programa, pois há diferentes requisitos que precisam ser atendidos, como mostraremos a seguir.

Os pré-requisitos para participar do ProUni são:

  • Ter feito a última edição do Enem, com pontuação geral igual ou maior a 450, e nota acima de zero na redação.
  • Não possuir diploma de nível superior.

Além disso, é preciso cumprir pelo menos uma das condições abaixo:

  • Ter feito o ensino médio completo na rede pública.
  • Ter cursado todo o ensino médio com bolsa de estudos integral na rede privada.
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente na rede pública e parcialmente na rede privada, como bolsista integral.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor em exercício da rede pública na educação básica, integrando o quadro de pessoal permanente da instituição.

Limites de renda

Existem limites máximos de renda familiar mensal bruta por pessoa para concorrer às bolsas do ProUni:

  • Bolsas de 100%: até um salário mínimo e meio (R$ 1.497) por pessoa.
  • Bolsas de 50%: até 3 salários mínimos (R$ 2.994) por pessoa.

Para calcular a renda familiar por pessoa, deve-se somar a renda bruta dos integrantes do grupo familiar (que têm alguma fonte de renda) e dividir pelo número total de pessoas que formam o grupo (incluindo as que não têm renda).

Como se inscrever no ProUni

As inscrições para o programa são gratuitas e devem ser feitas exclusivamente pela internet, no site do ProUni.

Saiba como conseguir bolsa de estudos sem ProUni

Como vimos, nem todos podem concorrer às bolsas do ProUni, pois existem vários requisitos para participar do programa.

Uma pessoa que fez o ensino médio em escola particular sem bolsa integral, por exemplo, fica fora do ProUni, mesmo que atualmente não tenha condições de pagar a mensalidade de uma faculdade privada.

Mas sabia que algumas faculdades têm programas próprios de concessão de bolsas? Isso mesmo, você pode conseguir uma bolsa diretamente com a faculdade, sem a burocracia do ProUni!

Para isso, há duas opções principais:

  • Utilizar a nota do Enem (qualquer edição a partir de 2010) para entrar na faculdade sem fazer a prova do vestibular (ingresso direto) e receber a bolsa, cujo percentual de desconto em geral varia de 30 a 70%.
  • Prestar o vestibular interno das faculdades, que costumam dar bolsas para os candidatos que tiverem melhor desempenho nas provas.

Para solicitar a bolsa diretamente à faculdade por ingresso direto, basta entrar em contato com a instituição, informar que você deseja utilizar sua nota do Enem no processo seletivo e agendar a data para fazer a matrícula no curso desejado.

No Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA), por exemplo, o resultado do Enem dá direito de bolsas de até 100% em seus cursos presenciais e EAD.

Já o processo de concessão de bolsas por desempenho no vestibular costuma variar de uma faculdade a outra.

Um exemplo é a Universidade Cruzeiro do Sul Educacional, que dá bolsa de 100% aos candidatos que acertam a partir de 75% da prova no vestibular tradicional!

Onde fazer uma faculdade com bolsa de estudos

Pesquisamos para você quatro faculdades que são bem avaliadas pelo MEC, oferecem diversos cursos presenciais e a distância, estão presentes em diferentes regiões do país e ainda têm programas próprios de bolsas, além de participarem do ProUni:

Veja também:

Confira todos os cursos que são oferecidos a distância

Descubra como conseguir uma bolsa de estudo da Anhanguera

Depois de conhecer o calendário do ProUni e saber como conseguir uma bolsa de estudos sem recorrer ao programa, conte para a gente nos comentários: qual faculdade você quer cursar?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin