dcsimg

Saiba o que é a cartilha do Enem e o que fazer com ela

Ouviu falar da cartilha do Enem e não sabe muito bem do que se trata? Aqui vamos explicar tudo direitinho para você!

A cartilha do Enem é uma importante ferramenta para os participantes que querem ter mais informações e dicas sobre a prova de Redação. Ela é publicada algumas semanas antes da aplicação do exame.

Além das dicas, ela explica como as redações são corrigidas e o que se espera do candidato em cada uma das competências analisadas. A intenção é tornar o processo de avaliação mais transparente.

A parte final da cartilha traz exemplos de redações que obtiveram nota máxima no último Enem, com os respectivos comentários dos corretores. É uma ajuda e tanto para quem quer fazer um texto nota mil!

Veja agora mesmo como é a cartilha do Enem e quais as recomendações e competências que você precisa ter para fazer uma Redação de sucesso!

Onde encontro a cartilha do Enem?

A cartilha fica disponível no site oficial do Enem.

Qual o conteúdo da cartilha do Enem?

A cartilha oficial do Enem traz informações gerais sobre a prova de Redação, os métodos de avaliação e, na sequência, explica detalhadamente as cinco diferentes competências que serão levadas em consideração na nota final.

Nessa última parte, além das recomendações gerais, são apresentados exemplos de redação que ganharam nota mil no último ano.

A cartilha deve ser lida atentamente, pois é útil para todos os participantes do exame.

Mesmo quem já estudou bastante o ano todo e praticou dezenas de redações pode extrair desse documento dados valiosos para melhorar seu texto.

E para quem não estudou muito e não praticou redações durante o ano, a leitura da cartilha é uma forma de, pelo menos, ficar por dentro de como funciona a correção da prova e da expectativa dos corretores sobre seu texto.

Vamos dar uma olhada, resumidamente, nas recomendações gerais e nas cinco competências que você deve demonstrar para obter uma boa nota na Redação do Enem.

Recomendações gerais da cartilha do Enem para a Redação

A Redação do Enem deve ser um texto dissertativo-argumentativo sobre um tema social, científico, político ou cultural que só é revelado no momento do exame.

O participante deve defender uma opinião apoiada em argumentos consistentes, coerentes e bem estruturados, utilizando para isso a norma culta da Língua Portuguesa escrita.

O texto deve ser concluído com uma proposta de intervenção social que busque solucionar o problema apresentado. É importante observar o respeito aos direitos humanos para não perder pontos.

Só para dar alguns exemplos: você não pode dar como solução coisas do tipo “matar todo mundo” ou “soltar uma bomba no país”. Seja sensato e proponha uma solução viável.

O texto deverá ter um mínimo de oito linhas e um máximo de 30. Nesse espaço, você não pode em nenhum momento desviar do tema proposto.

O título é opcional. Ele é considerado como linha escrita, mas não entra na avaliação. Então, coloque um título somente no caso de ter em mente uma boa frase, conectada com o que você escreverá a seguir.

Competências avaliadas na Redação do Enem

As competências são as qualidades que você tem que demonstrar na redação do seu texto.

São cinco:

Competência 1

O candidato deve demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa. Aqui, entram pontos como ortografia, acentuação, pontuação e concordância. As frases devem favorecer a fluidez da leitura.

Fuja de frases exageradamente longas. Quase sempre, o melhor caminho é usar uma estrutura mais simples, que exponha o argumento de forma clara e objetiva. Escolha bem as palavras e evite repetições, utilizando sinônimos e aproveitando para demonstrar domínio do vocabulário.

Competência 2

É esperado que o participante compreenda a proposta da Redação e aplique conceitos de várias áreas do conhecimento para desenvolver o tema.

Você deve assumir um ponto de vista e defendê-lo, não somente expor argumentos e pontos de vista de outras fontes.

Escreva somente sobre aquilo que foi pedido.

Os textos motivadores, que acompanham a proposta da Redação, podem servir para que você relembre o contexto e os diversos pontos de vista sobre o assunto. Mas tenha cuidado: não transcreva trechos desses textos motivadores em sua redação.

Competência 3

Tem a ver com as informações que você vai selecionar para defender seu ponto de vista. Analisa também o modo como estão organizadas essas informações.

Tudo tem que estar ordenado de forma que a Redação seja inteligível e coerente.

Uma dica importante: antes de começar a escrever, pense como vai ser a sua Redação. Selecione os argumentos que vai utilizar em cada parágrafo. Eles devem ser progressivos, culminando na conclusão, com a apresentação de sua proposta de intervenção.

Competência 4

O domínio dos mecanismos para construir uma argumentação forte e coesa será avaliado também. Essa competência tem a ver com o uso de preposições, conjunções, advérbios e locuções adverbiais, que conectam uma frase ou um parágrafo ao outro.

Lembre-se de que você estará tentando convencer o leitor sobre seu ponto de vista.

Competência 5

Aqui, você deve demonstrar competência para propor uma solução ao problema apresentado. Ela deve ser coerente com todos os argumentos que acabam de ser expostos na redação.

Tente elaborar propostas concretas, sugerindo quais entidades poderia executá-las, se for o caso, quem poderia participar e os mecanismos para a sua viabilização.

Como as competências são usadas na correção da prova?

Cada uma das competências vale 200 pontos. Como são cinco, a nota máxima da redação do Enem chega a mil pontos.

Pelo menos dois avaliadores corrigem a prova de forma independente, isto é, sem que um avaliador conheça a nota atribuída pelo outro.

A soma das notas dos avaliadores, dividida pelo número de avaliadores, dará a média aritmética que será a nota final da Redação.

Muita atenção aos itens que podem zerar o seu texto:

  • Fuga total ao tema
  • Apresentar qualquer outro tipo de texto que não seja dissertativo-argumentativo
  • Extensão de sete linhas ou menos
  • Cópia integral dos textos motivadores
  • Usos de xingamentos, palavrões, desenhos, número ou sinais gráficos
  • Texto predominantemente em língua estrangeira
  • Assinatura, nome ou apelido fora do local designado para isso
  • Redações no rascunho, com a folha de Redação em branco

A importância de uma boa Redação no Enem

A Redação é uma prova fundamental no Enem. Um zero significa a impossibilidade, por exemplo, de concorrer ao Sisu, FIES e ProUni.

Um bom desempenho, no entanto, pode abrir muitas e muitas portas.

Anote algumas faculdades reconhecidas pelo MEC que aceitam a nota do Enem como critério para seleção direta de novos alunos, sem a necessidade de vestibular, além de trabalharem com bolsas, financiamentos e descontos diversos.

Veja também:

Enem 2018 – saiba quais as notas de corte para cada curso

Entendeu a importância da cartilha? Já pegou a sua no site do Enem? Comente com a gente se ainda ficou alguma dúvida!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin