dcsimg

Descubra como você pode pedir a isenção da prova do Enem

Para pedir a gratuidade na inscrição do Enem, é preciso ficar atento às regras e aos prazos que vamos mostrar agora!

A taxa cobrada pela prova do Enem serve para cobrir os custos que a organização da prova tem, desde o planejamento até a sua aplicação.

Mesmo que o governo alegue que o valor cobrado ainda está abaixo do necessário, esse montante é bem representativo para os candidatos de baixa renda.

Segundo os dirigentes do Inep, quase 70% dos alunos conseguem a isenção da prova. Assim, o que falta é coberto por um fundo específico, que vem do Ministério da Educação.

A gratuitidade é um direito e ajuda muitos alunos que não têm condições de pagar pela inscrição. Sem a possibilidade de pedir a isenção, eles não teriam como fazer a prova e concorrer às vagas disponíveis em universidades públicas e privadas.

Mas não é apenas fazer o pedido em qualquer data e de qualquer maneira. Para obter a isenção da prova do Enem, você precisa seguir as datas que saem no edital e ter em mãos todos os documentos que provem que você realmente não pode pagar por ela. Veja como funciona!

Tem como não pagar para fazer a prova do Enem?

Sim, você pode pedir a isenção da taxa de inscrição se:

  • Estiver cursando o terceiro ano do ensino médio em escolas públicas.
  • Cursar o terceiro ano do ensino médio com bolsa integral em escola particular e ter renda familiar comprovada de até 1,5 salários mínimos per capita.
  • Estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), comprovando renda de até meio salário mínimo ou renda familiar total de até 3 salários mínimos.
  • Tiver cursado o Encceja e conquistado a certificação do ensino médio.

É importante comprovar sua situação social por meio de documentos oficiais. Apenas uma declaração não serve para a avaliação e pode fazer com que o pedido seja negado.

Como peço a isenção da prova do Enem?

Dentro da página do Enem existem algumas abas de atalho para facilitar a navegação. Na aba “Antes da Prova”, está a opção que você precisa selecionar que é “Solicite Isenção”.

Lá está explicado quem pode pedir a isenção, o prazo do ano vigente e há um link que direciona o candidato ao Sistema do Enem, onde está a Página do Participante.

Essa página contém os dados dos candidatos e as informações que eles fornecem ao realizarem seu cadastro, que começa com o preenchimento do número do CPF e da data de nascimento.

Logo após, é preciso:

  • Optar pela categoria que você se encaixa para pedir o benefício.
  • Aceitar os termos da página e prosseguir.
  • Preencher seus dados pessoais.
  • Informar sua escolaridade e o tipo de instituição na qual cursou o ensino médio.
  • Fazer uma verificação prévia para passar para a próxima etapa.
  • Iniciar a etapa de preenchimento de questionários socioeconômicos, com os dados de renda, características de onde mora etc.
  • Finalizar informando um e-mail e telefone celular para contato.
  • Criar uma senha de acesso, que será a mesma utilizada durante todas as etapas do Enem.

O preenchimento do pedido de isenção é bem fácil e bastante intuitivo. As telas aparecem na sequência, conforme a anterior for completada.

Quando sai o resultado da isenção da prova do Enem?

Todo o processo para o pedido e aprovação da isenção da taxa de inscrição do Enem passa por um período determinado no edital. Por isso, é bom ter lido esse documento com atenção e não perder nenhum detalhe!

Ainda não há datas definidas para 2020. O que podemos fazer é nos basear no cronograma de 2019:

  • Pedidos de isenção: entre 1 e 10 de abril. 
  • Resultados do pedido de isenção: 17 de abril.
  • Pedido de recursos para isenção: entre 22 e 26 de abril.
  • Resultado final para pedidos de isenção: 2 de maio.

Como você deve ter notado, até a aprovação final da isenção, os pedidos passam por uma análise bem rígida e, caso sejam negados em um primeiro momento, ainda existe a possibilidade de pedir um recurso.

Que dias são as provas do Enem?

Após os pedidos de isenção, começam as inscrições. Em 2019, elas foram abertas entre 7 e 18 de maio.

As provas, como todos os anos, são aplicadas em dois domingos, dividindo as áreas de conhecimento e a redação.

O último Enem aconteceu em 3 e 10 de novembro e os resultados finais ainda são aguardados para janeiro de 2020.

Onde posso estudar com a nota do Enem?

A nota do Enem pode ser usada tanto para faculdades públicas quanto privadas. Nas públicas é uma exigência, já nas privadas, uma grande vantagem! Sabe por que?

Além de você poder entrar direto, sem prestar outras provas, sua pontuação pode garantir bolsas de estudos e descontos especiais.

É a oportunidade de começar a sua graduação em 2020, em instituições reconhecidas pelo MEC e com mensalidades que cabem no seu bolso!

Como assim não conhece nenhuma faculdade particular que ofereça essas vantagens? Acha que é mentira? 

Confira então algumas de nossas sugestões: 

Se você já entrou no site de todas, a dúvida agora é escolher qual curso vai fazer e onde vai cursar.

Ah, e você viu que ainda pode optar por cursos presenciais e a distância? E concorrer a bolsas em todos eles!

Não se preocupe também se não prestou o último Enem, porque, em muitas delas, a pontuação é válida desde a edição de 2010.

Vamos ver qual será a desculpa agora para não começar o ensino superior em 2020 e alavancar a sua carreira.

Veja também:

Como usar a nota do Enem 2019 para entrar na faculdade EAD?

Descubra onde é possível usar a nota do Enem 2020

Como será esse ano? Vai pedir a isenção da prova do Enem? Comente conosco se essa forcinha vai lhe ajudar a entrar na faculdade de seus sonhos!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin