dcsimg

Entenda como saber a nota do Enem e onde estudar com ela

Veja como consultar seu desempenho no Enem e participar das seleções pra entrar na faculdade, ganhar bolsa e financiamento!

Não há melhor garantia de entrar no ensino superior do que uma boa nota no Enem.

Um desempenho lá em cima permite entrar na universidade pública, ganhar bolsa de estudos, financiar os estudos e entrar em milhares de faculdades sem precisar fazer vestibular.

Por isso é tão importante caprichar nos estudos!

A seguir, entenda como saber a nota do Enem e onde estudar com ela!

Como saber a nota do Enem

Todo ano, pessoas por todo o Brasil encaram, ao mesmo tempo, as cinco grandes provas do Enem:

  • Linguagens e Códigos
  • Ciências Humanas
  • Redação
  • Matemática
  • Ciências da Natureza

No total são 180 questões objetivas e um texto dissertativo-argumentativo acerca de um tema que só é conhecido na hora.

O Enem atrai mais de quatro milhões de candidatos todos os anos – e a maioria está interessada em conseguir vaga numa faculdade.

Os resultados levam um tempo para sair. Como o volume de provas é muito grande, os organizadores levam dois meses para corrigir tudo. As redações, por exemplo, são analisadas uma a uma, manualmente, por dois avaliadores diferentes.

É assim que, em meados de janeiro, o Ministério da Educação (MEC) anuncia o acesso aos resultados tão esperados.

O candidato só precisa acessar o site oficial do Enem com CPF e senha para ver o boletim de desempenho. Na própria página ele saberá quanto tirou em cada uma das provas objetivas e na redação.

Os resultados são individuais, não dá para ver quanto os seus concorrentes tiraram!

Sabendo das notas, é hora de se preparar para os processos seletivos que estão por vir.

Tem ideia do que espera por você? Pois veja a seguir!

O que fazer com a nota do Enem

A nota do Enem pode ser usada em uma série de programas e processos seletivos. Com uma boa pontuação, só não faz faculdade quem não quer!

Dê uma olhada nas oportunidades que se abrirão para você:

Sisu – Quem não sonha em estudar numa boa universidade pública? Pois com o Sisu esse sonho é possível! Duas vezes por ano, qualquer pessoa que fez o Enem mais recente e não tirou zero na redação pode tentar uma entre os milhares de vagas disponíveis todos os semestres, distribuídas em mais de uma centena de faculdades pelo país. O segredo para garantir entrada é uma boa nota nos exames – de preferência acima de 680 pontos, mas quanto maior, melhor. A concorrência do Sisu é a maior se comparado aos demais processos seletivos do governo federal. O programa só distribui vagas em cursos presenciais.

ProUni – O ProUni permite fazer curso superior com uma bolsa, parcial ou integral, paga pelo governo federal. Para concorrer a essa oportunidade, o candidato precisa ter uma boa nota no Enem mais recente (450 pontos, no mínimo, sem ter zerado redação) e atender a algumas exigências de renda e formação escolar. As notas aqui também precisam ser altas, acima dos 620 pontos, já que o ProUni é quase tão concorrido quanto o Sisu. O programa permite escolher entre cursos presenciais e a distância. São duas edições anuais, no primeiro e no segundo semestre.

FIES – O crédito estudantil do governo federal permite financiar os estudos a juros baixos – uma boa oportunidade para fazer aquele curso tão desejado sem ter que esperar pelo Sisu ou ProUni. Para concorrer ao benefício o candidato precisa ter uma boa nota em qualquer Enem a partir de 2010 (pelo menos 450 pontos na média das provas, sem ter zerado a redação) e atender a alguns critérios de renda familiar. A nota conta muito para a seleção, portanto capriche nos estudos – de preferência, tente obter mais de 550 pontos. O FIES conta com duas edições anuais, no início e no meio do ano.

Ingresso automático – Não há forma mais fácil de entrar na faculdade! O ingresso direto permite entrar em centenas de cursos presenciais e EAD sem precisar fazer qualquer tipo de vestibular. O modelo é adotado por inúmeras instituições particulares em todo o Brasil. Para passar, só é preciso ter uma boa pontuação em qualquer edição do Enem. Caso o candidato tenha nota igual ou superior à determinada para cada curso, já garante direito à matrícula imediatamente. Daí é só correr, se inscrever e aguardar o início das aulas. Pode acreditar: é simples assim!

Onde estudar com a nota do Enem

Quem faz o Enem tem centenas e centenas de opções de faculdades à disposição.

São tantas que às vezes a gente até perde o foco, fica sem saber para onde ir.

Para não cair nessa armadilha, abra bem o olho: só vale tentar vaga em instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC – afinal, quem não gostaria de concluir os estudos numa faculdade valorizada no mercado de trabalho?

É praticamente uma garantia de sucesso mais adiante.

Abaixo, a gente separou algumas faculdades bem legais onde você pode entrar com ajuda do ProUni, FIES e ingresso automático. Confira:

Veja também:

Como saber se fui bem no Enem? Entenda agora!

E aí, qual sua expectativa de nota para o Enem? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin