dcsimg

Conheça o edital do Enem 2020 e todas informações importantes

Veja aqui todas as datas e regras do edital do Enem 2020 e fique bem preparado!

Se você vai fazer o Enem 2020, precisa ficar de olho no edital para conhecer todas as regras de participação e não perder nenhuma etapa, desde a inscrição, passando pela realização das provas até a divulgação do resultado!

Sabendo que a preparação para o Enem pode consumir muito tempo e a energia dos candidatos, resolvemos facilitar as coisas e preparamos um artigo completo com todas as informações importantes do edital.

Quer saber quem pode participar do Enem 2020? Ou quando começam as inscrições? Confira isso e muito mais a seguir!

Edital do Enem 2020

O edital do Enem 2020 é o documento oficial que traz todas as informações sobre o Exame Nacional do Ensino Médio, especificamente para a edição de 2020. É elaborado pelo Inep, órgão ligado ao MEC, responsável pelo Enem.

Embora o edital do Enem 2020 ainda não tenha sido divulgado, podemos adiantar as informações com base na edição passada, já que as regras não costumam mudar de uma edição para a outra, assim como a época de realização de cada etapa e a estrutura das provas.

De qualquer forma, assim que o edital sair, vamos atualizar o artigo e avisar se surgir alguma novidade, combinado?

Regras de participação

Na verdade, não existem pré-requisitos para participar do Enem, como uma idade mínima ou ano de conclusão do ensino médio.

Porém, para poder utilizar a nota do Enem em programas de acesso ao ensino superior, como Sisu, ProUni e FIES, o candidato precisa concluir o ensino médio em 2020 ou já ter concluído.

Quem vai concluir o ensino médio após 2020 ou não concluiu nem está cursando o ensino médio só pode participar do Enem 2020 como “treineiro”. Treineiros são candidatos que fazem o exame somente para avaliar os próprios conhecimentos.

Cronograma

Veja agora os meses em que cada etapa do Enem 2020 deve ocorrer:

  • Publicação do edital: março de 2020;
  • Solicitação de isenção da taxa de inscrição: abril de 2020;
  • Justificativa de ausência no Enem 2019: abril de 2020;
  • Período de inscrições: maio de 2020;
  • Solicitação de atendimento especial ou específico: maio de 2020;
  • Divulgação dos locais de prova: outubro de 2020;
  • Aplicação das provas: novembro de 2020;
  • Divulgação dos resultados individuais: janeiro de 2021;
  • Resultado dos treineiros: março de 2021;
  • Divulgação dos espelhos da redação: março de 2021.

Taxa de inscrição

A taxa de inscrição do Enem 2020 deve custar aproximadamente 87 reais. Porém, é possível pedir isenção do pagamento.

Matérias das provas

O Enem é composto de quatro provas de múltipla escolha, contendo 45 questões cada e uma redação. Veja as matérias cobradas em cada prova:

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação.

Ciências Humanas e suas Tecnologias: História, Geografia, Filosofia e Sociologia.

Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Química, Física e Biologia.

Matemática e suas Tecnologias: Matemática.

Redação: na prova de redação é necessário desenvolver um texto do tipo argumentativo-dissertativo em prosa de até 30 linhas, contendo uma proposta de intervenção sobre o tema proposto.

Como usar a nota do Enem 2020

Você pode usar a nota do Enem 2020 de diferentes formas para ingressar em uma faculdade pública ou privada.

Sisu

Quem fizer o Enem 2020 e não zerar na redação poderá participar do Sisu 2021 para concorrer a vagas em universidades públicas de todo o país.

Os candidatos no Sisu são selecionados pela nota do Enem e, como a concorrência costuma ser grande, a nota mínima (nota de corte) para conseguir uma vaga pode ser bem alta, acima de 800 pontos, dependendo do curso e da universidade.

As inscrições para o Sisu costumam abrir em janeiro, logo após a divulgação dos resultados individuais do Enem, e devem ser feitas na página oficial do Sisu-MEC.

ProUni 

Candidatos que obtiverem nota média a partir de 450 pontos e nota acima de zero na redação do Enem 2020 poderão participar do ProUni 2021.

O ProUni oferece bolsas integrais e parciais em faculdades privadas, selecionando os candidatos pela nota do Enem. Para conseguir uma bolsa, também é preciso atender aos requisitos socioeconômicos do programa.

As inscrições para o ProUni geralmente começam logo após o Sisu e devem ser feitas no site oficial do ProUni.

FIES

O FIES é um programa governamental que oferece financiamentos, a juros baixos ou zero, de cursos privados, permitindo que o estudante comece a quitar a dívida somente após se graduar.

Para se inscrever no FIES, é preciso ter feito alguma edição do Enem a partir de 2010, com nota média das provas igual ou maior que 450 pontos e nota acima de zero na redação.

No FIES, os candidatos também são selecionados pela nota do Enem e é preciso estar dentro dos limites de renda familiar do programa para receber o benefício.

As inscrições costumam abrir após o ProUni e devem ser feitas pelo site oficial do FIES.

Ingresso direto em faculdades particulares

Várias faculdades particulares aceitam a nota do Enem para ingresso direto, que é quando o aluno entra sem fazer vestibular.

Na maioria das faculdades e cursos, para aproveitar essa facilidade, é preciso ter nota média do Enem a partir de 300 pontos, sem ter zerado na redação.

O mais legal é que algumas instituições dão bolsas de estudos de até 100% para os candidatos que usam a nota do Enem como forma de seleção.

Onde estudar

Pesquisamos para você algumas faculdades autorizadas e bem avaliadas pelo MEC que aceitam a nota do Enem para ingresso direto e concedem bolsas de estudos e descontos especiais aos novos alunos. Clique nos links abaixo para obter mais informações:

Saiba mais:

Descubra como conseguir a isenção da taxa do Enem

Exemplos de redações nota 1.000 do Enem para você se inspirar

Depois de ficar por dentro das informações do edital do Enem 2020, conte para a gente nos comentários: em qual curso você quer entrar com a nota do Enem?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin