Enem 2021: descubra como saber a sua nota

nota do enem 2021O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é um dos vestibulares mais importantes do país. Diversas instituições de ensino superior tanto privadas quanto públicas utilizam a nota da prova como forma de ingresso em seus cursos.

Encontre bolsas de estudo de até 80%

Além disso, na última edição mais de 3 milhões de estudantes se inscreveram para participar da prova. Apesar de ter sido o menor número de inscrições desde 2005, pelo reflexo da pandemia, o exame continua sendo uma das principais portas de entrada para o ensino superior.

A prova é composta por uma redação dissertativo-argumentativa, além de 180 questões, sendo:

  • 45 de Linguagens, códigos e suas tecnologias;
  • 45 de Ciências Humanas, códigos e suas tecnologias;
  • 45 de Ciências da Natureza, códigos e suas tecnologias;
  • 45 de Matemática, códigos e suas tecnologias.

Na edição de 2021, o exame foi aplicado nos dias 21 e 28 de novembro. Já a reaplicação e o Enem PPL, destinado a pessoas privadas de liberdade, a prova foi aplicada nos dias 9 e 16 de janeiro.

Se você fez a prova em alguma dessas datas, com certeza já está ansioso para saber como foi o seu desempenho no exame. A seguir, você confere quando será divulgada a nota do Enem e como visualizar o seu boletim individual. 

Quando sai a nota do Enem 2021?

O Ministério da Educação (MEC) informou que a nota do Enem será divulgada aos participantes no dia 11 de fevereiro de 2022. O órgão ainda não informou o horário em que os resultados serão disponibilizados na Página do Participante, mas basta ficar de olho aqui no Guia da Carreira, porque divulgaremos a informação assim que o MEC se pronunciar.

Em relação ao espelho da prova de redação, é comum que seja disponibilizada aos estudantes 60 dias após a divulgação do resultado do exame. Mas, o Guia da Carreira também informará a data oficial, por isso, mantenha-se sempre atento ao site.

Como visualizar a nota do Enem 2021?

O acesso à nota do Enem é feito por meio da Página do Participante. Ao entrar na página, você será direcionado para o site do gov.br e o login será feito através dos dados da sua conta do governo.

Após o login, basta clicar em boletim de desempenho e pronto! Você vai poder conferir as suas notas em cada uma das provas: Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias e Redação.

Conheça as faculdades que aceitam a nota do Enem 2021

Como a nota do Enem é calculada?

A prova é calculada de acordo com o TRI (Teoria de Resposta ao Item). Neste formato, cada questão é avaliada de acordo com o nível de dificuldade, ou seja, quanto mais difícil for a questão, mais alta será a sua pontuação. Dessa forma, se você acertar a mesma quantidade de questões que outra pessoa, as notas poderão ser diferentes, de acordo com o peso de cada uma.

Já a prova de redação tem a pontuação máxima de 1000 pontos e é avaliada de acordo com cinco competências:

Competência 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa.

Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto

dissertativo-argumentativo em prosa.

Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado que respeite os direitos humanos.

Onde usar a nota do Enem?

A nota do Enem pode ser utilizada em três programas do governo federal: o Sisu, o Prouni e o Fies. Cada um deles possui regras e requisitos diferentes, mas todos têm o objetivo de auxiliar os estudantes a ingressarem nas universidades públicas e privadas de todo o país.

Você sabe como funciona cada um desses programas? A gente te explica!!

Sisu (Sistema de Seleção Unificada): possibilita que os candidatos ingressem em uma das universidades públicas espalhadas pelo Brasil. Ao fazer a inscrição, o candidato pode selecionar duas opções de curso ou faculdade e acompanhar a nota de corte durante os dias em que as inscrições do programa estão abertas. Portanto, para participar do Sisu o candidato precisa ter feito a prova do Enem, ter atingido nota superior a zero na redação. Além disso, não pode ser treineiro, ou seja, estudantes que ainda não concluíram o ensino médio e fizeram a prova apenas para testar os seus conhecimentos, não poderão participar do programa;

Fies (Fundo de Financiamento Estudantil): Como o próprio nome já diz, é um programa de financiamento. Foi criado em 1999 em substituição ao Crédito Educativo e tem o objetivo de facilitar o acesso de estudantes de baixa renda ao ensino superior. Atualmente, o Fies oferece três modalidades de financiamento:

  • Modalidade I:  destinada a estudantes de todo o Brasil, com renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. É possível conseguir, no mínimo, 50% de financiamento até 100%. Esse valor varia conforme as necessidades dos estudantes. Nessa modalidade, não há cobrança de taxa de juros;
  • Modalidade II: essa modalidade atende os alunos das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e que possuem renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos. As taxas de juros são variáveis, de acordo com os critérios estabelecidos pela instituição financeira responsável pelo financiamento;
  • Modalidade III: já essa modalidade é destinada a estudantes de todo o Brasil, que possuem renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos. As taxas de juros também são variáveis. 

Podem participar do programa, os estudantes que fizeram a prova do Enem a partir de 2010 e que tenham atingido uma pontuação de, no mínimo, 450 pontos e ter uma pontuação superior a zero na redação.

Prouni (Programa Universidade para Todos): O Prouni é um programa de bolsas de estudos parciais (50%) ou integrais (100%), ou seja, o estudante pode ingressar em uma instituição de ensino superior privada com descontos durante o curso. Para participar do Prouni você precisa se enquadrar em um dos itens listados a seguir, confira:

  • Renda familiar per capita: se a sua renda for inferior a 1,5 salários mínimos, você pode se inscrever para concorrer a uma bolsa integral. Agora, se a sua renda for entre 1,5 e 3 salários mínimos, você pode concorrer a uma bolsa parcial;
  • Ensino Médio: podem participar do programa os alunos que cursaram o ensino médio em escolas públicas ou em escolas particulares com bolsas de estudo de 100%. É importante lembrar que em dezembro de 2021, o presidente Jair Bolsonaro assinou uma medida provisória permitindo que alunos de escolas privadas, mesmo sem bolsa, participem do programa, porém essa medida passa a valer somente no dia 1 de julho de 2022;
  • Pessoa com deficiência: é necessário comprovar a documentação no ato da matrícula;
  • Ser professor da rede pública: neste caso, podem se inscrever apenas os professores dos cursos de licenciatura.

Os candidatos também  precisam ter atingido, no mínimo, 450 pontos na prova do Enem e ter nota superior a zero na redação para participar do programa.

Universidades que aceitam a nota do Enem

Além dos programas do governo listados anteriormente, é possível utilizar a nota do Enem no lugar do vestibular tradicional de diversas instituições do país. Uma opção simples e prática, ótima para quem não deseja fazer mais uma prova para concorrer a uma vaga no ensino superior.

A seguir, você confere uma lista de universidades que aceitam o resultado do Enem como forma de ingresso e que oferecem condições especiais na mensalidade. Além disso, todas elas são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Confira:

Saiba tudo sobre a reaplicação do Enem 2021

Fez o Enem 2021? Comente se este post te ajudou e em qual universidade você pretende ingressar neste ano.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin