dcsimg

Descubra quando você pode fazer a inscrição do Enem 2020

Fique por dentro da inscrição do Enem 2020: veja o passo a passo para se inscrever, descubra o que fazer com a nota e onde estudar com bolsa de estudo!

Pensando em fazer o Enem 2020? Neste artigo você fica por dentro de quando abrem as inscrições, quem tem direito à isenção, confere o cronograma do exame e descobre o que fazer com a sua nota, além de onde estudar usando o resultado.

Inscrição Enem 2020: quando e onde fazer

Marque no calendário: o período de inscrições no Enem será em maio — entre os dias 11 e 22 de maio de 2020.

As inscrições acontecem online no Sistema Enem (enem.inep.gov.br/participante) e a taxa do exame será de R$ 85,00.

Inscrição Enem 2020: passo a passo para se inscrever

Veja um tutorial para facilitar esse processo e garantir seu lugar no Enem 2020:

  1. Acesse a página oficial do participante do Enem 2020 (enem.inep.gov.br/participante) durante o período de inscrição estipulado no edital;
  2. Na página do participante, resolva o desafio da imagem;
  3. Informe o número do seu CPF;
  4. Digite a data do seu nascimento;
  5. Clique em “Iniciar inscrição”;
  6. Informe o nome completo do seu pai. Se não quiser adicionar esse dado, marque a caixinha “Não quero declarar”;
  7. Preencha os dados pessoais solicitados (sexo, cor/raça, estado civil e nacionalidade);
  8. Informe o estado e a cidade onde você nasceu;
  9. Digite o número do seu RG, o estado onde o documento foi emitido e o órgão expedidor;
  10. Digite o CEP do local onde você mora;
  11. Complemente as informações do seu endereço residencial;
  12. Informe se necessita de atendimento específico ou especializado e os recursos que precisará para os dias de provas. Preencha todos os dados solicitados pelo sistema e envie os documentos comprobatórios da sua necessidade;
  13. Escolha o idioma para a prova de língua estrangeira (inglês ou espanhol);
  14. Informe sua atual situação do ensino médio, qual tipo de escola frequentou e qual tipo de ensino (Regular, Educação Especial ou Educação de Jovens e Adultos);
  15. Responda honestamente as perguntas do questionário socioeconômico;
  16. Informe seus dados de contato (telefone fixo, celular e e-mail);
  17. Escolha entre o Enem Digital e o Enem Impresso e indique a cidade onde você irá realizar a prova;
  18. Envie uma foto atual e nítida (a partir de 2020, esta etapa é obrigatória);
  19. Revise todos os dados cadastrados e confirme sua inscrição;
  20. Em seguida, caso não tenha direito à isenção da taxa de inscrição, abra o arquivo do boleto e imprima-o para pagá-lo dentro do prazo.

Importante: cadastre dados verdadeiros. O Inep eliminará do Enem 2020 os participantes que prestarem informações falsas, inexatas ou que não atendam todas as condições determinadas no edital do Enem e nos instrumentos normativos do exame.

Inscrição Enem 2020: isenção da taxa de inscrição

Todo ano, o Ministério da Educação (MEC) concede gratuidade a milhões de brasileiros interessados em fazer o Enem. 

Para fazer as provas sem precisar pagar um boleto de R$ 85, é necessário ter um dos perfis listados no edital do Enem 2020.

Se você se encaixa em dos perfis abaixo, tem direito à isenção na taxa do Enem:

  • Ser um estudante, em 2020, que cursa a última série do ensino médio em uma escola pública declarada ao Censo da Educação Básica;
  • Ter feito todo o ensino médio em escola pública e ter renda per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo;
  • Ter realizado o ensino médio completo em uma escola privada como bolsista integral e ter renda per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo;
  • Estar inscrito no CadÚnico e declarar estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda.

Fique ligado: a solicitação de isenção é realizada antes da abertura das inscrições do Enem. No entanto, em 2020 o MEC irá garantir a gratuidade também no momento da inscrição. De acordo com as informações fornecidas pelo estudante, o sistema do Inep identificará se ele está dentro dos requisitos e concederá o benefício automaticamente, se for o caso.

Cronograma do Enem 2020: todas as datas importantes

O MEC divulgou as datas previstas para quase todas as etapas do Enem 2020 no edital do Exame:

ANTES DAS PROVAS

  • Publicação do edital: 31 de março de 2020
  • Pedido de isenção da taxa de inscrição: 06 a 17 de abril de 2020
  • Justificativa de ausência no Enem 2019: 06 a 17 de abril de 2020
  • Período de inscrição: 11 a 22 de maio de 2020
  • Pedido de atendimento especial ou específico: 11 a 22 de maio de 2020
  • Divulgação do cartão de confirmação e local de prova: data ainda não foi confirmada, mas costuma acontecer duas ou três semanas antes da prova (em outubro)

PROVAS

  • Aplicação das provas (Enem Regular): 1º e 8 de novembro de 2020 
  • Aplicação das provas (Enem Digital): 22 e 29 de novembro de 2020

DEPOIS DAS PROVAS

  • Resultados individuais: data não confirmada – normalmente, em janeiro do ano seguinte (2021)
  • Resultado dos treineiros: data não confirmada – normalmente, em março do ano seguinte (2021)
  • Liberação dos espelhos da redação: data não confirmada – normalmente, em março do ano seguinte (2021)

Nota do Enem 2020: o que fazer com o seu resultado

Com o seu Boletim de Desempenho Individual no Enem, você pode usar a nota para: 

  • Se inscrever no Sisu 2021 e disputar uma vaga em um curso presencial de uma faculdade pública;
  • Disputar uma bolsa de estudo integral ou parcial via ProUni 2021;
  • Concorrer a um financiamento via Fies 2021 sem juros ou com juros reduzidos;
  • Participar do processo seletivo de universidades portuguesas conveniadas ao Inep;
  • Ingressar direto em uma faculdade privada com uma bolsa Enem de até 100% de desconto na mensalidade de um curso presencial ou a distância.

O Sisu, o ProUni e o FIES são alternativas mais burocráticas e demoradas. Esses processos seletivos acontecem somente duas vezes por ano. 

Já o ingresso direto está aberto durante todo o ano letivo. Para graduações EaD, por exemplo, acontecem cerca de quatro processos seletivos anualmente. 

Bolsa Enem 2020: onde estudar com bolsa de até 100% válida durante todo o curso

Para te ajudar, listamos algumas faculdades reconhecidas pelo MEC. São instituições que aceitam a nota do Enem e disponibilizam bolsas parciais e integrais, válidas até a formatura. Confira:

Além disso, também permitem financiar a graduação facilmente e possuem programas que ajudam o aluno a ingressar rápido no mercado de trabalho.

Veja também:

Descubra por quanto tempo vale o Enem

7 dicas rápidas para ganhar bolsa de estudo para graduação

Pronto! Agora você está por dentro da inscrição do Enem 2020. Já decidiu como usar a sua nota para começar a faculdade? Deixe seu comentário!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin