dcsimg

Saiba como fazer a inscrição do Enem

Garantir a participação no Enem é fácil, mas requer bastante atenção. Veja aqui como fazer!

Todos os anos, o Enem atrai a atenção de milhões de pessoas por todo o Brasil – a esmagadora maioria delas com o objetivo de entrar na faculdade.

Para assegurar a participação no exame mais importante do ano é preciso redobrar a atenção e a disciplina.

O período de inscrição é relativamente curto e quem não seguir todo os procedimentos perde a chance.

Então não marque bobeira: saiba agora mesmo como fazer a inscrição do Enem!

Como fazer a inscrição do Enem

Qualquer pessoa pode fazer o Enem.

As inscrições abrem no mês de maio e o Ministério da Educação (MEC) estabelece um prazo de aproximadamente dez dias para os candidatos fazerem tudo com calma.

O processo em si não é complicado, mas é extenso e exige muita atenção aos detalhes.

Para se dar bem, basta seguir alguns passos básicos:

  • Acessar o site oficial do Enem
  • Informar dados básicos de identificação, que incluem:
    • CPF
    • Data de nascimento
    • E-mail
    • Número de telefone
    • Endereço
  • Escolher o tipo de prova de língua estrangeira que quer fazer (inglês ou espanhol).
  • Indicar a cidade onde vai prestar o exame.

Depois das informações básicas vêm os dados de formação no ensino médio e um punhado de informações de caráter socioeconômico. Preste bastante atenção nesse momento.

Candidatos que tenham qualquer tipo de deficiência devem indicar se precisam de atendimento especializado. O mesmo vale para mães que estejam em período de amamentação.

Depois disso é preciso criar uma senha de acesso ao site, que servirá mais adiante, por exemplo, para alterar dados, acessar o cartão de confirmação da inscrição e ver o resultado no boletim de desempenho individual.

Ao final de tudo, o candidato precisa pagar uma taxa de inscrição. Veja mais detalhes no próximo tópico!

Quanto custa a inscrição do Enem e como pagar

Para fazer o Enem é preciso pagar uma taxa de inscrição, cujo valor pode variar de ano para ano.

Sem o pagamento, a inscrição não é validada.

O boleto para pagamento é gerado automaticamente pelo sistema inscrição do Enem. O candidato deve imprimir e pagar essa taxa dentro do prazo determinado.

O pagamento da taxa de inscrição do Enem pode ser feito em qualquer agencia bancária (inclusive pela internet), casa lotérica ou agência dos correios.

Normalmente o Enem dá o prazo de alguns dias após o encerramento da inscrição para que isso seja feito. O candidato deve verificar no sistema se o pagamento foi processado e informado ao MEC.

A única exceção ao pagamento é feita a quem tem direito à isenção. Veja a seguir como isso funciona.

Inscrição do Enem sem pagar nada

É possível fazer o Enem sem pagar nada. Mas, para isso, é preciso atender aos critérios do MEC.

O benefício é direcionado a três grupos de candidatos:

  • A quem está regularmente matriculado no último ano do ensino médio em escola da rede pública.
  • A quem terminou o ensino médio em escola da rede pública (ou estudou numa particular como bolsista integral) e possui renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa.
  • A quem participa de programas direcionados à população de baixa renda, está inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal e tem renda familiar mensal total de até 3 salários mínimos (ou até meio salário mínimo por pessoa).

A solicitação de isenção ocorre entre o final de março e o início de abril, cerca de 40 dias antes da abertura das inscrições gerais.

Os resultados saem logo depois do encerramento. Os contemplados com a isenção devem fazer a inscrição no Enem normalmente.

O que fazer depois que se inscrever no Enem

Não pense que é só se inscrever no Enem e aguardar as provas, que acontecem uma vez ao ano, entre outubro e novembro.

Até lá você tem alguns compromissos.

O primeiro deles é verificar se a sua inscrição foi efetivada. Às vezes pode acontecer algum problema no processamento das informações ou no pagamento da taxa. É preciso se certificar de que está tudo certo dentro do período determinado (até alguns poucos dias após a inscrição).

Semanas mais tarde é a vez de fazer a solicitação para uso do nome social, para quem precisa.

Em outubro, hora de acessar o cartão de confirmação da inscrição e descobrir o local exato onde será aplicada a prova.

Em janeiro do ano seguinte, chega o momento tão esperando: os resultados!

Todas essas checagens são feitas no site oficial do Enem, com sua senha cadastrada durante a inscrição.

Como usar o Enem para entrar na faculdade

O Enem oferece diversos caminhos para quem quer entrar na faculdade.

Veja alguns programas que esperam por você:

Sisu – Todo mundo que faz o Enem pode concorrer a uma vaga em universidade pública ou instituto federal de educação. Basta não tirar zero na redação. Cada edição do Enem permite a participação em até dois Sisu: no primeiro e no segundo semestre. É um dos programas mais concorridos do Brasil!

ProUni – É o programa ideal para quem quer fazer uma boa faculdade privada com bolsa de estudos. A participação é aberta a candidatos de baixa renda, oriundos de escola pública e que tenham um bom desempenho no Enem mais recente. São duas edições por ano.

FIES – Programa que usa a nota do Enem para financiar cursos superiores em faculdades privadas reconhecidas pelo MEC. A vantagem são os juros baixos e o longo prazo para pagamento da dívida. Aqui o candidato pode usar a nota de qualquer edição do Enem a partir de 2010, desde que seja igual ou superior a 450 na média das provas, sem ter zerado a redação.

Ingresso direto – E quem prefere agilidade e praticidade pode entrar em centenas de faculdades privadas só com a nota do Enem: basta apresentar o desempenho obtido nas provas e garantir imediatamente o direito à matrícula, sem concorrência, sem dor de cabeça. Cada faculdade define seus próprios critérios de admissão, vale a pena consultar o regulamento na instituição onde você pretende entrar.

A seguir, a gente buscou algumas boas faculdades onde você pode estudar com sua nota do Enem. Nelas, dá para entrar por meio do ProUni, do FIES ou do ingresso direto.

Conheça:

Veja também:

Saiba quanto você tirou no Enem e veja onde estudar

Está com tudo pronto para fazer a inscrição do Enem? Compartilhe suas dúvidas com a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin