dcsimg

Saiba como fazer a sua inscrição no Fies 2020

Veja quando, como e onde se inscrever no FIES 2020 do primeiro ou do segundo semestres.

Pensando em financiar uma graduação presencial pelo FIES em 2020? Esse programa disponibiliza financiamentos sem juros e com juros abaixo da média do mercado com um longo prazo para pagamento.

Para você ter uma ideia, o Ministério da Educação (MEC) disponibilizou mais de 100 mil contratos para financiamento em 2019, sendo 46 mil para a modalidade sem juros.

 Interessado? Para se inscrever no FIES 2020, é necessário ter realizado uma edição do Enem a partir de 2010 e ter obtido nota igual ou superior a 450 pontos na média das provas e nota superior a zero na redação.

Além disso, há o critério de renda familiar bruta mensal para cada modalidade:

  • FIES: até 3 salários mínimos por pessoa.
  • P-FIES: de 3 a 5 salários mínimos por pessoa.

Continue a leitura para conferir o cronograma de inscrição do FIES 2020 e o passo a passo para se inscrever nesse processo seletivo.

Inscrição FIES 2020: cronograma do 1º e do 2º semestre

Os dias exatos ainda serão divulgados pelo MEC em 2020, mas listamos abaixo os meses que esse processo seletivo costuma acontecer no primeiro e no segundo semestres:

Etapas do FIES do primeiro semestre:

  • Publicação do Edital: janeiro/2020
  • Período de Inscrições: fevereiro/2020
  • Divulgação dos Resultados: fevereiro/2020
  • Complementação de Inscrição: fevereiro-março/2020
  • Inscrição na lista de espera: fevereiro-março/2020
  • Convocação da lista de espera: março/2020

Etapas do FIES do segundo semestre:

  • Publicação do Edital: maio/2020
  • Período de Inscrições: junho-julho/2020
  • Divulgação dos Resultados: julho/2020
  • Complementação de Inscrição: julho-agosto/2020
  • Inscrição na lista de espera: julho-agosto/2020
  • Convocação da lista de espera: agosto/2020

Inscrição FIES 2020: onde e como se inscrever

Veja o passo a passo para se inscrever no FIES 2020 do primeiro ou do segundo semestre:

1. No período de inscrições, acesse o site oficial do FIES (fies.mec.gov.br).

2. Clique em “Minha Inscrição” e, logo depois, em “Primeiro Acesso”.

3. Digite o número do seu CPF e a sua data de nascimento nos campos indicados.

4. Em seguida, aguarde um momento. O sistema faz uma busca automática pelo seu registro de participação no Enem para identificar se você obteve 450 pontos na média e nota maior que zero na redação.

5. Encontrando o registro, o sistema pede para você cadastrar uma senha de acesso e um email válido. Digite essas informações e anote-as em caderno, pois você precisará delas para acessar o sistema posteriormente.

6. Depois disso, abra o seu email. Busque a mensagem de ativação do cadastro no site do FIES e clique no link que consta no email (se a mensagem não aparecer na sua caixa de entrada, verifique a caixa de spam/lixo eletrônico). Ao clicar no link do email, você será redirecionado para uma página de confirmação no portal do FIES. 

7. Retorne ao site do FIES (fies.mec.gov.br), clique em “Já sou cadastrado” e digite o seu CPF e a sua senha para entrar no sistema.

8. Preencha os dados pessoais exigidos pelo sistema do FIES.

9. Em seguida, informe os dados e a renda de todos os membros do seu grupo familiar (parentes que vivem na mesma casa que você e colaboram com os rendimentos ou dependem da renda familiar). 

10. Por fim, escolha o grupo de preferência e as 3 opções de graduação presencial com vagas disponíveis, seguindo o seu perfil e interesse.

Nas etapas de cadastro de informações pessoais e de familiares, fique ligado aos campos de preenchimento obrigatório. Se você deixar algo de fora, não poderá seguir com a inscrição.

Para auxiliar, o sistema de inscrição do FIES 2020 emite alertas coloridos. As mensagens em amarelo indicam que você esqueceu de preencher algum campo. 

Já as vermelhas sinalizam informações não condizentes com os critérios para participar do FIES —  esse tipo de alerta restringe sua inscrição no processo seletivo.

Onde estudar com desconto sem precisar do FIES

Você sabia que existem diferentes alternativas para financiar uma graduação? Muitas faculdades privadas contam com programas próprios de financiamento e aceitam crédito universitário privado, como o CREDUCSUL, o PEP e o PRAVALER.

Essas mesmas faculdades que permitem financiar o curso sem burocracia também disponibilizam bolsas de estudos parciais (10% a 50%) e integrais (100%) para cursos presenciais e EAD. 

O desconto varia segundo a sua nota do Enem: quanto maior a pontuação, maior a bolsa válida até o final do curso.

Conheça algumas dessas faculdades reconhecidas pelo MEC que possuem programas próprios de financiamento e de concessão de bolsas de estudos, o que possibilita estudar com desconto sem precisar do FIES:

Veja também:

Entenda a diferença entre Sisu, ProUni e FIES

Pronto! Agora você já sabe como fazer sua inscrição no FIES 2020. Compartilhe sua escolha conosco: comente o nome da graduação que pretende cursar na faculdade!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin