Entenda como funciona a isenção do Enem 2020

Saiba o que é a isenção do Enem 2020, quem não precisa pagar, como solicitar e descubra onde estudar com a sua pontuação do exame!

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é hoje a principal porta de entrada no ensino superior do país. Por meio dele, milhares de alunos realizam o sonho de cursar uma faculdade de qualidade e conseguir o seu diploma.

As inscrições para o Enem 2020 estão previstas para abrir em maio e não são gratuitas: os candidatos devem pagar uma taxa de R$ 85.

No entanto, é possível entrar com um pedido de isenção e garantir a gratuidade da taxa.

Vem saber como funciona a isenção do Enem 2020, descubra se você tem direito ao benefício e conheça boas faculdades onde estudar com a nota do exame!

O que é a isenção do Enem 2020?

A isenção do Enem é um benefício concedido pelo Inep — órgão que aplica o Exame — aos estudantes de escolas públicas e de baixa renda que podem ser isentos de pagar a taxa de inscrição para a realização do exame.

Portanto, se você quiser tentar garantir a gratuidade da inscrição, deve solicitar a isenção do Enem 2020 durante o período indicado.

A solicitação é feita no site do Enem e o candidato deve preencher um extenso formulário, indicando todas as informações pessoais e financeiras exigidas.

Quem pode solicitar a isenção do Enem 2020?

Em geral, alunos de escolas públicas e pessoas de baixa renda não precisam pagar a taxa de inscrição. Veja detalhadamente quem pode solicitar a isenção do Enem 2020:

  • Alunos que estejam cursando o terceiro ano do ensino médio em escolas públicas.
  • Alunos de escolas públicas ou bolsistas integrais de escolas particulares que comprovem renda mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa.
  • Pessoas que estejam inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.
  • Pessoas que tenham participado do Encceja e conseguido a certificação do ensino médio.

Como solicitar a isenção do Enem 2020?

Para solicitar a isenção da taxa de inscrição, você deve entrar no site do Enem 2020 e acessar a Página do Participante. Apesar de simples, o processo é longo e burocrático. Veja o passo a passo:

  • Entre na Página do Participante.
  • Informe o seu CPF e data de nascimento.
  • Verifique se você tem direito à isenção de taxa: o próprio sistema mostrará os grupos que podem solicitar o benefício.
  • Aceite os termos apenas se você se encaixar em algum grupo.
  • Preencha os seus dados pessoais.
  • Preencha seus dados de escolaridade.
  • Indique se possui ou não o NIS (Número de Identificação Social). Se não souber, você pode consultar no próprio sistema.
  • Confirme as informações que você preencheu.
  • Em seguida, você deve preencher um questionário socioeconômico, informando a renda da família e outros detalhes.
  • Informe um e-mail e número de telefone celular para contato.
  • Escolha uma senha: essa senha será a mesma que você usará para realizar a sua inscrição no Enem 2020.
  • Confirme suas informações e conclua a solicitação.

O pedido de isenção deve ser feito somente entre os dias 6 e 17 de abril, não sendo possível solicitar a gratuidade da taxa durante as inscrições do Enem 2020.

É importante manter seus dados atualizados e preencher somente informações verdadeiras. Isso porque o INEP exigirá o ressarcimento do prejuízo caso seja detectada alguma inconsistência em sua solicitação.

O resultado é divulgado uma semana após o encerramento das solicitações, no dia 24 de abril.

Quem conseguir a isenção deve se inscrever no Enem 2020? 

Sim. A isenção da taxa não garante a participação do candidato no Enem 2020.

Portanto, quem quiser realizar o exame terá que fazer a inscrição no período indicado, entre os dias 11 e 22 de maio. Caso contrário, o aluno não poderá realizar a prova.

O que fazer se a solicitação de isenção do Enem 2020 for negada?

Caso a sua solicitação seja negada, você será informado por e-mail ou SMS. Em seguida, poderá entrar com um recurso para tentar garantir a gratuidade. Para isso, deverá entrar no site do Enem e anexar a documentação exigida. 

Se ainda assim a isenção for negada, você deverá pagar a taxa de inscrição para poder participar do Enem 2020.

Consegui a isenção em 2019, mas não fiz prova. Posso pedir a isenção?

Quem conseguiu a isenção da taxa no Enem 2019, mas não compareceu ao exame, deverá entrar no site do Enem 2020 e justificar a sua ausência.

Para isso, você deve acessar a Página do Participante e anexar a documentação exigida. São aceitos documentos oficiais, como atestados médicos, boletins de ocorrência, entre outros. O período para justificar a ausência vai de 6 a 17 de abril.

Qual é o calendário do Enem 2020?

Embora o calendário oficial ainda não tenha sido divulgado, o Enem segue o mesmo cronograma todos os anos. Confira:

  • Pedido de isenção: 6 a 17 de abril
  • Justificativa de ausência no Enem 2019: 6 a 17 de abril
  • Resultado da solicitação de isenção: 24 de abril
  • Solicitação de recursos caso a isenção seja negada: 27 de abril a 1 de maio
  • Pagamento da taxa de inscrição: até 28 de maio
  • Inscrições: 11 a 22 de maio
  • Provas: 1 e 8 novembro
  • Resultado individual: janeiro de 2021

Onde estudar com a nota do Enem 2020?

Hoje em dia, inúmeras instituições privadas de ensino superior aceitam a nota do Enem para ingresso em cursos presenciais e a distância, sem exigir que o aluno faça um novo vestibular.

Em algumas delas, ainda é possível conseguir bolsas de estudo e descontos com a sua pontuação no exame!

Listamos algumas faculdades privadas reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC onde você pode ingressar em uma graduação usando a sua nota do Enem 2020 e até conseguir descontos. Confira:

As instituições selecionadas ainda oferecem benefícios, como convênios, bolsas de estudo e financiamentos sem burocracia!

Veja também:

Fique por dentro das notas de corte do Enem 2020

Como saber se fui bem no Enem? Entenda agora!

Vai pedir a isenção da taxa de inscrição do Enem 2020? Conte para a gente nos comentários onde você gostaria de estudar!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin