dcsimg

Descubra por quanto tempo vale a nota do Enem

Fez o Enem, mas não sabe até quando vai poder utilizar a sua nota? Então, descubra agora até quando vai poder utilizá-la!

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a maior avaliação aplicada em todo o país. 

O exame possui 180 questões objetivas, consideradas de média complexidade,  e uma redação com temas também complexos. 

Sabemos que realizar uma prova dessa não é fácil, por isso muitos estudantes ficam curiosos para saber até quando vão poder utilizar a sua pontuação para ingressar em uma faculdade pública ou privada e até concorrer a bolsas de estudos. 

Se você também está curioso, vem com a gente que te mostraremos agora! 

Por quanto tempo vale a nota do Enem? 

A resposta é: depende! 

Se você quer utilizar a sua nota do Enem para ingressar em uma universidade pública, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), é necessário ter realizado a última edição do Enem. 

Se quiser conseguir bolsas parciais e integrais para estudar em faculdades particulares pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), também será imprescindível ter realizado o último Enem. 

Mas existem processos seletivos que usam notas de edições anteriores do Enem. 

Não esqueça que, além de ser necessário ter realizado a última edição do Enem, o Sisu e o ProUni ainda exigem pontuação mínima de 450 pontos na prova e não ter zerado a redação, além de terem alguns requisitos específicos. 

Onde utilizar notas das edições anteriores do Enem?

Veja alguns processos seletivos nos quais você pode utilizar notas de edições anteriores do Enem.

FIES 

O processo seletivo do Financiamento Estudantil (FIES) ocorre todos os semestres. Com ele, o aluno consegue financiar toda a sua graduação, em juros zero, e só começar a pagar após se formar. 

Para participar do FIES, o candidato deve ter realizado alguma edição do Enem, desde 2010, obtido nota igual ou superior a 450 pontos e não ter zerado a redação. 

Além disso, é necessário comprovar renda familiar bruta mensal de até cinco salários mínimos por pessoa.

Lembrando que o Financiamento Estudantil só pode ser utilizado em cursos presenciais. 

Ingresso direto pelo Enem 

Outra forma de usar a sua nota da edição anterior do Enem para entrar em uma faculdade é o ingresso direto. 

Com o ingresso direto, você não precisa realizar nenhum vestibular para entrar na faculdade, apenas se inscrever pelo site da instituição e informar as notas das provas do Enem.

Além de ser um processo rápido e sem burocracia, algumas instituições ainda dispõem de bolsas e descontos para estudantes que escolhem entrar por este processo seletivo. 

Para se inscrever pelo ingresso direto, o aluno precisa ter feito alguma edição do Enem, desde 2010, mas não é necessário ter notas altas nas provas do exame, comprovar renda e ter estudado em escola pública, o que torna essa a forma mais simples de ingressar em uma faculdade.

Este processo abrange cursos de todas as áreas e modalidades (presencial, semipresencial e a distância), facilitando ainda mais a vida dos estudantes. 

Universidades que possuem o  ingresso direto 

Antes de escolher onde estudar, é fundamental verificar se a faculdade é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), pois apenas as instituições com essa certificação poderão emitir diplomas válidos, assim você não tem problemas para exercer a sua profissão. 

Para te dar uma ajudinha, fizemos uma lista com ótimas faculdades, que oferecem o ingresso direto, são reconhecidas pelo MEC e ainda possuem bolsas, descontos e financiamentos próprios, sem burocracia. Confira:

Veja mais:

Descubra como ver sua nota do Enem 

As 10 profissões do futuro 

Como vai usar a sua nota do Enem? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin