dcsimg

Descubra como funcionam as provas do Enem e veja boas dicas

Quer saber tudo sobre o Enem? Este texto traz as principais informações resumidas e dicas para te ajudar!

Você já deve ter percebido que, se deseja fazer uma faculdade, a primeira sugestão que as pessoas dão é fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De fato, ela é, sem dúvidas, a avaliação mais importante para aqueles que pretendem fazer uma faculdade no Brasil.

Isso porque, com os resultados desse exame, é possível tentar uma vaga em diversas universidades, que utilizam as notas alcançadas pelos candidatos no Enem para selecionar aquelas pessoas que poderão ingressar na faculdade.

Vamos, então, conhecer mais detalhes dessa prova e saber como utilizar os resultados do exame para ter seu diploma de ensino superior.

Como é a prova do Enem

A prova do Enem é aplicada em dois dias diferentes, separados por um intervalo de uma semana. Simplificando, a realização acontece em dois domingos seguidos, que normalmente ocorrem no fim de outubro ou início de novembro.

As provas são divididas em 4 áreas e cada uma delas contém 45 questões de múltipla escolha (questões fechadas). Além dessas questões fechadas, também é solicitado que o aluno escreva uma redação de até 30 linhas.

Para entender um pouco melhor sobre a organização, divisão e duração das provas, elaboramos o quadro abaixo, que certamente te ajudará a compreender como o exame funciona.

Duração Quantidade Questões Área O que cobra?
Primeiro dia de prova 05h30min 45 Linguagens, códigos e suas tecnologias
  • Língua estrangeira (Espanhol ou Inglês)
  • Português (Interpretação,
  • Gramática e Literatura)
  • Artes
  • Educação Física
  • Tecnologias da Comunicação e Informação
01 Redação
  • Texto dissertativo-argumentativo sobre um tema atual
45 Ciências Humanas e suas tecnologias
  • Filosofia
  • Sociologia
  • História
  • Geografia
Segundo dia de prova 05h00min 45 Ciências da Natureza e suas tecnologias
  • Biologia
  • Química
  • Física
45 Matemática e suas tecnologias
  • Matemática

Inscrição no Enem: data, taxa e isenção

As inscrições para a prova do Enem ocorrem normalmente no mês de maio e devem ser feitas diretamente no site do Inep.

A taxa a ser paga para se inscrever é de cerca de R$ 80. O pagamento pode ser feito em qualquer agência bancária, em casas lotéricas e até mesmo em agências do correio, por meio de boleto bancário emitido após concluir sua inscrição no sistema.

A inscrição para a prova prevê a isenção em alguns casos. Mas o que é “isenção”? Trata-se da situação em que você não precisará pagar nenhuma taxa para fazer a prova. Para você ter direito à isenção, é preciso solicitar no site do MEC.

Dicas para se sair bem no Enem

Não existe mágica para se sair bem no Enem. A única certeza que se tem é a de que quanto mais você estudar, melhor será sua nota. Por isso, separamos algumas dicas aqui para te ajudar a organizar seus estudos.

  • Refaça provas anteriores do Enem: isso vai te ajudar a entender o estilo da prova e conhecer o nível de exigência das questões.
  • Marque o tempo gasto para fazer as questões e as provas: a maioria dos alunos que tentam o Enem relatam ter dificuldade para controlar o tempo. Por isso, é importante que, no dia da prova, você já tenha uma noção de quanto tempo vai gastar para não ter que sair chutando várias questões.
  • Escreva redações e busque um profissional para corrigi-las: existem diversos sites na internet que, de forma gratuita, liberam temas semanais e também oferecem correções gratuitas ou pagas. Isso é muito importante para você evoluir na escrita.

Onde usar nota do Enem

Depois que você já tiver acessado o resultado das notas que obteve no Enem, o próximo passo é buscar faculdades que utilizam a nota para selecionar os alunos. Vamos então conhecer as possibilidades.

Usar nota do Enem no Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um programa do governo federal que realiza um processo seletivo por meio de um sistema no qual alunos de todo o Brasil podem concorrer a vagas para as universidades públicas brasileiras utilizando a nota obtida na última prova do Enem.

Quando você se inscreve no Sisu, o sistema ‘puxa’ as notas que tirou na prova do Enem e assim você pode escolher o curso e a instituição em que deseja entrar para disputar uma das vagas. Para isso, basta acessar o site oficial do Sisu e clicar no link “Fazer Inscrição”.

Usar nota do Enem para ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni)  também é uma iniciativa do governo federal que fornece bolsas de estudo em faculdades particulares para estudantes. De maneira geral, o que acontece é que o governo vai “bancar” a sua faculdade, desde que você atenda a determinados pré-requisitos que confirmem que você e sua família não têm condições de pagá-la de fato.

Para concorrer às bolsas do ProUni, você precisará informar seu número de inscrição no Enem para que o sistema consulte as notas que você tirou. As inscrições acontecem duas vezes por ano, no primeiro e no segundo semestre, e devem ser feitas no site do ProUni.

Abaixo, listamos algumas faculdades particulares que fizeram parceria com o MEC e oferecem bolsas do ProUni. Vale a pena conhecê-las, saber um pouco mais sobre os cursos oferecidos e verificar as bolsas de Prouni disponíveis.

Usar nota do Enem para ingressar em faculdade particular

Antes da existência da prova do Enem, cada universidade elaborava sua prova. Depois que o Exame Nacional passou a existir, muitas faculdades privadas de todo o Brasil optaram por oferecer a possibilidade de o aluno usar a nota do Enem como forma de ingresso.

Cada instituição define como será o uso do Enem e por isso as regras variam bastante (são descritas no edital de processo seletivo da universidade). Em algumas delas, pode-se usar somente a nota do último Enem, enquanto em outras é possível disputar uma vaga com as notas do Enem de anos anteriores.

Aqui apresentamos uma seleção que fizemos de faculdades renomadas, credenciadas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação. Você pode buscar por informações detalhadas sobre como usar a nota do Enem em cada uma delas:

Usar nota do Enem para complementar nota do vestibular tradicional

É importante que você saiba que ainda existem universidades que optaram por continuar a realizar uma prova de vestibular própria, em vez de utilizar notas obtidas no Enem.

Ainda assim, em algumas dessas faculdades, mesmo fazendo a prova do vestibular tradicional, você pode usar a nota do Enem para complementar a nota que tirou no vestibular da instituição.

As regras de utilização da nota do Enem como complemento do vestibular variam bastante de acordo com a instituição, assim como o cálculo da pontuação. Por isso mesmo, é importante consultar o edital do vestibular para entender as regras internas e saber de que modo você poderá usar sua nota do Enem no processo seletivo da faculdade em que pretende ingressar.

Veja também:

Enem 2018 – saiba quais as notas de corte para cada curso
Saiba como fazer uma faculdade EAD com a nota do Enem

Agora que você já sabe mais detalhes sobre o Enem e como usar as notas obtidas para entrar em uma faculdade, conte pra gente quais são seus planos. Já sabe qual curso e faculdade quer fazer? Deixe um comentário abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin