dcsimg

Entenda quando começam os pedidos da isenção do Enem 2020

Veja se você pode pedir a isenção da taxa do Enem e saiba tudo o que precisa fazer para ter esse benefício!

Pedir a isenção da taxa do Enem é bastante simples, porém, você precisa se atentar aos prazos e às exigências que o Inep faz para que o benefício seja concedido.

Muitos estudantes que não teriam como cobrir o custo do exame conseguem fazer a prova por causa dessa gratuidade da inscrição, podendo, assim, concorrer a vagas em universidades públicas e privadas.

Isso mesmo: sabemos que nas universidades públicas sua pontuação é obrigatória, mas nas universidades privadas ela também é válida e pode garantir bolsas de estudo em diversos cursos. 

Vamos entender a importância de fazer o Enem e como todo processo de pedido de isenção de taxa funciona neste artigo. Não deixe de ler!

Quando começam os pedidos de isenção do enem 2020?

Os prazos do Enem seguem o cronograma que está no edital, divulgado no início do ano.

Para 2020, ainda não há previsão de quando sairá, mas, em 2019, todos ficaram sabendo dos detalhes da prova no dia 25 de março. 

Os pedidos de isenção são feitos antes da data de inscrição e têm seus resultados finais homologados durante um processo que dura aproximadamente 15 dias.

Essas foram as datas do último ano:

  • Publicação do edital: 25 de março.
  • Pedidos de isenção: entre 1º e 10 de abril.
  • Resultados do pedido de isenção: 17 de abril.
  • Pedido de recursos para isenção: entre 22 e 26 de abril.
  • Resultado final para pedidos de isenção: 2 de maio.
  • Período de inscrição do Enem: entre 7 e 18 de maio.

Sendo assim, quem pedir a isenção tem que acompanhar as datas e, caso o pedido seja negado, pode entrar com um recurso, também nos dias determinados no edital.

Após o resultado final, todos devem fazer a inscrição no sistema do Enem. 

Ter o pedido aceito não significa que você estará automaticamente inscrito, então não descuide deixando passar alguma data.

Esse ano, entre março e abril, fique ligado no site do Enem diariamente!

Quais são os dias para pedir a isenção?

O pedido de isenção é feito em dias previamente determinados. No último ano, foi entre 1º e 10 de abril.

Dessa forma, apenas nessas datas é que você pode solicitar a dispensa de pagamento, mesmo que tenha direito a ela, conforme os critérios que mencionaremos mais adiante. 

Se você perder esse prazo, não pode mais pedir! 

Quem pode pedir a isenção do Enem 2020?

Os critérios adotados para o pedido de isenção estão ligados à renda do estudante e ao tipo de instituição de ensino que ele frequentou. 

Podem, portanto, pedir a isenção da taxa do Enem:

  • Candidatos que estejam no terceiro ano do ensino médio em escolas públicas.
  • Estudantes do terceiro ano do ensino médio com bolsa integral em escola particular e renda familiar comprovada de até 1,5 salário mínimo per capita.
  • Candidatos inscritos no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal), com renda de até meio salário mínimo ou renda familiar total de até 3 salários mínimos.
  • Alunos que fizeram o Encceja e conquistaram a certificação do ensino médio.

Fora desses critérios e sem provar vulnerabilidade econômica, os demais candidatos pagam pela realização da prova.

Como pedir a isenção da taxa do Enem 2020?

O pedido de isenção é feito pela internet, na página do Enem, que fica dentro do portal do Inep.

Ao clicar em “Solicite sua isenção”, você será direcionado ao sistema do Enem, no qual precisará fazer um cadastro, informando o seu CPF e data de nascimento, além de criar uma senha, que será utilizada até a divulgação dos resultados finais das provas.

Os passos seguintes são:

  • Escolher uma categoria que mais representa a sua realidade socioeconômica.
  • Aceitar os termos da página e prosseguir.
  • Completar os seus dados pessoais.
  • Informar sua escolaridade e o tipo de instituição na qual cursou o ensino médio.
  • Verificar os dados fornecidos até o momento para passar para a próxima etapa.
  • Iniciar a etapa de preenchimento de questionários socioeconômicos, com os dados de renda, características de onde mora etc.
  • Terminar o cadastro informando um e-mail e telefone celular para contato.
  • Criar a senha de acesso.

Todas as etapas podem ser acompanhadas no sistema, e o Inep raramente envia mensagens e avisos por SMS ou e-mail. A responsabilidade de não perder os prazos é do candidato! 

Quando saem os resultados do pedido de isenção?

Os resultados finais são divulgados depois de todos os pedidos serem analisados. Aqueles que forem negados têm a chance de pedir recurso e, caso a decisão se mantenha, os candidatos em questão terão que pagar pela prova.

Em 2019, os resultados saíram em 2 de maio, praticamente uma semana antes do início das inscrições. 

Qual a data do Enem 2020?

As provas do Enem acontecem em dois domingos seguidos, normalmente nos últimos meses do ano, quando já se fechou o semestre letivo.

A última edição aconteceu em 3 e 10 de novembro, portanto, é provável que em 2020 a data seja próxima, nos primeiros domingos de novembro.

Onde estudar com a nota do Enem 2020?

Algumas pessoas deixam de prestar o Enem porque acreditam que a nota do exame só serve para as faculdades públicas, mas estão enganadas!

Uma boa pontuação pode garantir bolsas de estudo e descontos em milhares de cursos, sejam presenciais ou a distância.

Só não se esqueça de optar por instituições de ensino reconhecidas pelo MEC, para ter um diploma com validade em todo o território nacional, como essas abaixo:

Fazer sua inscrição e começar uma graduação em 2020 é apenas uma questão de escolha pessoal, já que em qualquer uma dessas faculdades você terá ensino de qualidade e condições especiais de pagamento, que não pesarão no seu bolso no final do mês.

Tudo isso concorrendo a muitas bolsas com a sua pontuação do Enem!

Veja também:

Saiba se você pode usar o Enem de anos anteriores

Descubra onde é possível usar a nota do Enem 2020

Está preparado para o Enem 2020? Conte para a gente como vai fazer para acompanhar seus pedidos e não perder nenhum prazo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin