Veja quando sai a nota do Enem 2020

Saiba a partir de quando você poderá acessar sua pontuação nas provas e na redação do Enem 2020!

O momento mais esperado por quem faz o Enem vai demorar um pouco mais para sair em 2020.

É que a pandemia de covid-19 atrasou tudo. As provas que deveriam acontecer em novembro foram adiadas, e, junto com elas, obviamente, os resultados também tiveram o calendário modificado.

Enquanto isso, a expectativa de quem está se preparando para os exames vai aumentando.

A seguir, veja quando sai a nota do Enem 2020 e tudo o que você pode fazer com ela!

Quando sai a nota do Enem 2020

O Enem de 2020 precisou ser remanejado para 2021. Até a segunda ordem, as provas devem acontecer em janeiro, em quatro domingos diferentes.

Não estranhe: são quatro datas porque essa edição tem também a estreia do Enem digital, a primeira vez que o exame poderá ser feito em computador.

Mas vamos às datas.

Primeiro acontece o Enem impresso. As provas de Linguagens e Códigos, Redação e Ciências Humanas serão aplicadas dia 17 de janeiro. No domingo seguinte, dia 24, é a vez de Matemática e Ciências da Natureza.

O Enem digital começa no dia 31, com as mesmas áreas do conhecimento do primeiro dia do Enem impresso. No dia 7 de fevereiro são aplicadas as duas restantes. Essa edição será feita pelo computador, mas é preciso estar presencialmente em laboratórios de informática montados pela organização nos locais de prova.

Por fim, nos dias 24 e 25 de fevereiro acontece o Enem destinado às pessoas privadas de liberdade.

Considerando que o MEC precisa de pelo menos 40 dias para corrigir as provas objetivas e a redação, os resultados do Enem 2020 devem sair a partir da segunda quinzena de março.

A data exata deve ser anunciada alguns dias antes na grande imprensa.

Quando estiverem disponíveis, o participante vai poder acessar o site oficial do Enem, informar o CPF e a senha, e saber quantos pontos tirou nas quatros provas e na redação. A consulta é individualizada.

Então, basta aguardar a abertura dos processos seletivos que dão acesso à universidade, que você vê em detalhes mais adiante.

Muda alguma coisa nas provas do Enem 2020?

A pandemia pode ter mudado as datas do Enem 2020, mas o formato se mantém exatamente o mesmo de anos anteriores.

No total, os participantes terão de encarar 180 questões objetivas, divididas da seguinte forma:

  • 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • 45 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • 45 questões de Matemática e suas Tecnologias
  • 45 questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

No primeiro dia ainda tem a redação, uma das provas mais temidas, na qual os participantes precisam discorrer sobre um tema da atualidade.

Os locais onde acontecerão os exames devem ser conhecidos a partir do dia 17 de dezembro junto ao cartão de confirmação da inscrição, que poderá ser acessado no site do Enem ou no aplicativo oficial.

Lembrando que os participantes devem chegar ao local de prova entre as 12h e 13h (horário de Brasília) ? depois disso, os portões serão fechados.

No primeiro dia, a organização dá cinco horas e meia para que os participantes façam as provas; no segundo, são cinco horas.

Como usar a nota do Enem 2020 para entrar na faculdade

O primeiro processo seletivo a abrir inscrição é o ingresso direto, aquele que permite entrada automática em faculdades privadas por todo o país. Os candidatos podem usar a nota do Enem 2020 ou de qualquer outra edição a partir de 2020 para garantir uma vaga sem precisar fazer vestibular. É o que tem mais vagas disponíveis, tanto em cursos presenciais quanto em EAD.

Pouco depois da divulgação dos resultados do Enem, abrem as inscrições do Sisu. Esse é o programa mais esperado pela grande maioria dos participantes do Enem, porque distribui vagas em universidades públicas e institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Quem fizer a edição de 2020 e tirar nota acima de zero na redação está habilitado a tentar vaga pelo Sisu tanto no primeiro quanto no segundo semestre. A concorrência é alta para a maioria dos cursos, por isso ter uma boa pontuação é essencial para se dar bem.

Encerrado o Sisu, os candidatos terão mais uma chance de estudar sem pagar nada. Com ProUni, é possível concorrer a uma bolsa de estudos para fazer o curso desejado em faculdade privada de qualidade. É quase tão concorrido quanto o Sisu, e ainda exige dos candidatos uma série de requisitos: boa nota no Enem 2020, renda familiar de até três salários mínimos por pessoa, formação em escola pública. Dá para concorrer a vagas duas vezes por ano.

Encerrando o ciclo de seleções, depois do ProUni vem o FIES, programa que permite obter crédito estudantil para facilitar o pagamento das mensalidades de um curso superior. Aqui vale qualquer nota do Enem a partir de 2010 e a velha máxima: quanto mais elevada a pontuação, maior a chance de passar. A princípio, há duas edições previstas para 2021.

O melhor do Enem 2020 é ter um mundo de faculdades à sua escolha ? a maioria bem avaliada pelo MEC.

Se você pensa em concorrer a vagas em uma instituição privada, seja pelo ProUni, FIES ou ingresso direto, atente sempre à qualidade da faculdade para assegurar um diploma bem aceito no mercado de trabalho.

A gente tem algumas sugestões de qualidade para você incluir na sua lista. Confira:

Veja também:

Veja o passo a passo de como fazer uma redação nota mil

Contando as horas para o resultado do Enem 2020? Compartilhe suas expectativas com a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!