dcsimg

Quanto preciso tirar no Enem 2019 pra conseguir ProUni?

Saiba quantos pontos você precisa tirar no Enem para garantir uma bolsa no ProUni e ingressar com tudo no ensino superior!

Garantir um bom desempenho no Enem é um passo primordial para quem sonha em cursar o ensino superior.

Para aqueles que não podem arcar com as mensalidades de uma faculdade particular, ter uma boa pontuação no exame pode ser a solução.

Isso porque, dependendo da sua nota, o candidato está apto a conseguir uma bolsa de estudo parcial ou integral em diversas faculdades privadas espalhadas por todo o Brasil, por meio do ProUni.

O processo seletivo do ProUni é realizado duas vezes por ano e, para participar, é preciso cumprir alguns requisitos socioeconômicos. 

Além disso, é claro, ter boas notas no Enem é fundamental, já que o sistema usa a nota do exame para a classificação dos candidatos.

Por isso, a seguir, você irá conferir qual é a pontuação necessária para conseguir uma bolsa no ProUni, além de saber como participar do processo seletivo e o que fazer caso sua pontuação não seja suficiente para garantir uma vaga pelo programa do governo.

Nota necessária no Enem 2019 para conseguir passar no ProUni

Para realizar a inscrição no ProUni, um desempenho de 450 pontos e uma nota maior que zero na redação já são suficientes. Porém, dependendo do curso, a pontuação mínima exigida para passar pode chegar a mais de 700 pontos, como é o caso de Medicina.

Fique sabendo quais são as notas de corte – mínimas e máximas – previstas para os principais cursos que oferecem bolsas pelo ProUni.

  • Administração: 610 a 674
  • Arquitetura e Urbanismo: 611 a 729
  • Audiovisual: 571 a 690
  • Biologia: 526 a 667
  • Biomedicina: 641 a 712
  • Ciências Contábeis: 459 a 639
  • Ciências da Computação: 671 a 737
  • Ciências Sociais: 456 a 703
  • Direito: 660 a 702
  • Design: 531 a 705
  • Educação Física: 594 a 606
  • Enfermagem: 563 a 707
  • Engenharia Civil: 590 a 736
  • Engenharia Mecânica: 618 a 714
  • Engenharia de Produção: 599 a 715
  • Fisioterapia: 559 a 752
  • História: 671 a 694
  • Jornalismo: 569 a 709
  • Logística: 453 a 661
  • Marketing: 452 a 669
  • Matemática: 458 a 759
  • Medicina: 707 a 814
  • Medicina Veterinária: 599 a 742
  • Odontologia: 518 a 743
  • Pedagogia: 476 a 652
  • Psicologia: 464 a 732
  • Publicidade e Propaganda: 547 a 704
  • Relações Públicas: 563 a 692
  • Sistema de Informação: 498 a 716
  • Turismo: 455 a 663

Como participar do ProUni

Para participar do ProUni, o candidato precisará ter realizado o Enem 2019, com desempenho de pelo menos 450 pontos nas provas objetivas, sem ter zerado a redação.

Uma vez tendo cumprido as exigências iniciais de inscrição e atingido a nota de corte do curso desejado, também é necessário se enquadrar em pelo menos uma das condições abaixo:

  • Estudantes que tenham concluído todo o ensino médio na rede pública de ensino, ou na rede particular na condição de bolsista integral.
  • Professores da rede pública de ensino para cursos de licenciatura.
  • Pessoa com deficiência.

Existe também um critério de renda familiar para a concessão das bolsas de estudos:

  • Para bolsas parciais: o candidato deve ter uma renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.
  • Para bolsas integrais: o candidato deve ter uma renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.

Lembrando que professores da rede pública não precisam comprovar renda, mas isso se aplica somente quando optam por cursos de licenciatura.

Como conseguir bolsa com a nota do Enem se não for aprovado no ProUni

Adotado por diversas faculdades particulares, o ingresso direto é atualmente o método mais fácil de iniciar uma nova graduação. Com a nota do Enem, o estudante pode ingressar no curso desejado sem precisar prestar vestibular.

Além disso, diversas faculdades oferecem bolsas de estudo de até 100% para os alunos que optam por ingressar nessa modalidade de seleção.

Como muitos acabam não conseguindo vaga pelo ProUni devido ao processo burocrático e, muitas vezes, às notas de corte altas, essa é uma alternativa interessante para quem tem o desejo de cursar o ensino superior com bolsa.

No ingresso direto, em geral, uma pontuação acima de 300 pontos nas provas objetivas e uma nota acima de zero na redação já garantem vaga.

Além disso, se atingir a pontuação mínima exigida para o curso escolhido, é só levar o boletim de desempenho individual junto com a documentação solicitada para efetuar a matrícula. Sem burocracia.

Onde estudar com a nota do Enem

Confira, a seguir, uma lista com algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC), nas quais você pode usar sua nota do Enem para ingressar direto e garantir uma bolsa de até 100%. Em geral, todas elas também participam do ProUni:

Veja também:

Descubra quais são as notas de corte do Enem 2019

Depois de saber quanto é preciso tirar no Enem para passar no ProUni, acha que consegue uma bolsa para o curso que você quer fazer? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin