dcsimg

Redação do Enem: Quantos pontos vale na prova?

Vai fazer o Enem? Descubra agora mesmo que nota vale a prova de redação!

Não é exagero falar que a prova de redação é o bicho-papão do Enem.

É preciso cabeça fria para criar um texto de 30 linhas a partir de um tema surpresa, ser coerente, escrever em português correto, dar uma solução para o problema apresentado, revisar tudo com cuidado, passar o texto todinho a limpo e isso tudo dentro do prazo de uma hora – que passa voando, aliás!

Um zero nessa parte do Enem pode botar a perder um ano inteirinho de estudos, já que muitos processos seletivos (Sisu, ProUni e FIES, principalmente) exigem nota acima de zero na redação.

Nessa situação, quem investir na preparação vai sair ganhando – e muito!

Praticar o modelo de redação pedido no Enem é a providência número um. A número dois é saber exatamente quantos pontos vale essa prova e como ela vai ser corrigida.

Vamos lá?

Quantos pontos vale a redação do Enem

A nota máxima que alguém pode tirar na redação do Enem é 1.000 pontos.

A mínima, zero.

Entenda a seguir como a redação é corrigida e como se dar bem nessa prova.

Como a redação do Enem é corrigida

O processo de correção da redação do Enem é demorado e cheio de detalhes.

Cada um dos milhões de textos passa pelas mãos de pelo menos dois avaliadores diferentes. E cada um deles, sem conversar com o outro, lê a redação dá uma nota. Se as notas dos dois avaliadores forem muito diferentes, a redação vai para uma terceira correção e, se ainda assim a diferença entre as avaliações for muito grande, o texto vai para uma comissão de avaliadores.

Esse processo é sigiloso e os avaliadores não sabem quem é o autor de cada redação. Aliás, uma das regras da redação do Enem é que o participante não pode assinar seu nome nem colocar qualquer tipo de identificação pessoal fora do local determinado para isso na folha da redação. Falaremos sobre isso mais adiante.

É importante saber que todos os avaliadores da redação do Enem são treinados e seguem os mesmos critérios para corrigir as provas.

Eles vão analisar cinco competências, cada uma valendo de 0 a 200 pontos:

  • Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa.
  • Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.
  • Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
  • Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
  • Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Uma redação nota 1.000, portanto, significa que o participante atingiu a nota máxima em cada uma dessas cinco competências.

Mas e o temido zero? O que pode “dar ruim” e causar um zero na redação do Enem? Veja agora mesmo para não cair nessa roubada!

O que pode causar zero na redação do Enem

Os motivos para alguém, tirar zero na redação do Enem são até que bem numerosos. Mas conhecendo todos eles, dá para desviar dessas armadilhas.

De acordo com a Cartilha da Redação do Enem, publicada todo ano pelo Ministério da Educação (MEC), uma redação recebe nota zero se tiver qualquer uma destas características:

  • assinatura, nome, apelido, codinome ou rubrica fora do local designado para a assinatura do participante
  • cópia integral de qualquer texto da prova de redação e/ou do caderno de questões
  • ter até 7 linhas
  • folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho
  • fuga total do tema
  • palavrões, xingamentos, desenhos e outras formas propositais de anulação, em qualquer parte da folha de redação
  • não respeitar o modelo dissertativo-argumentativo
  • números ou sinais gráficos fora do texto e sem função clara
  • parte propositalmente desconectada do tema
  • texto em língua estrangeira (total ou predominantemente)

Por que você deve investir em tirar uma boa nota na redação do Enem

Quem se dá bem na redação do Enem pode chegar aos processos seletivos que usam a nota do Exame com uma vantagem e tanto.

É que, ao contrário das provas objetivas, cuja nota máxima dificilmente ultrapassa muito os 900 pontos, a redação vale mil pontos. Além disso, é o primeiro critério de desempate quando dois candidatos disputam a mesma vaga com notas iguais.

E mais: uma boa nota na redação aumenta sua média geral, o que significa muito mais chances de passar em seleções como o Sisu, para entrar em universidade pública, o ProUni, para conseguir bolsa de estudos, o FIES, para obter financiamento estudantil a juros baixos, e o ingresso direto, para entrar automaticamente na faculdade, sem vestibular.

E aí, vale ou não vale a pena fazer aquele esforcinho extra?

Quer saber onde usar sua nota do Enem? Confira agora mesmo!

Onde usar a nota do Enem

Quem faz o Enem sonha em entrar na faculdade.

Mas não em qualquer faculdade, né?

Precisa ser uma instituição respeitada, com diploma reconhecido pelo MEC e valorizado pelo mercado, com o qual você vai poder turbinar sua carreira.

Separamos algumas para você conhecer agora mesmo:

Veja também:

Veja qual pontuação precisa pra entrar na faculdade com Enem

Está se preparando para a redação do Enem? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin