dcsimg

Quanto preciso tirar no Enem pra passar em Ciências Econômicas?

Saiba qual pontuação você precisa alcançar para entrar em Ciências Econômicas nos principais processos seletivos que utilizam a nota do Enem!

O curso de Ciências Econômicas é um dos mais procurados do país. Afinal, a profissão de economista apresenta boas perspectivas de carreira, com um mercado sempre aquecido mesmo em épocas de crise.

Quem se forma em Ciências Econômicas terá que lidar com processos de distribuição de renda, produção de bens e serviços. 

É uma profissão que exige domínio da Matemática e também conhecimentos sólidos em Ciências Humanas, uma vez que o economista precisa entender os padrões de comportamento, as questões políticas e as relações sociais a fim de analisar com precisão os fenômenos econômicos.

Se você pretende usar a nota do Enem para cursar Ciências Econômicas, saiba que poderá contar com processos seletivos variados. Há vagas em universidades públicas e privadas, bolsas de estudos e possibilidade de financiamento facilitado.

Confira a seguir que nota você deve tirar no Enem para passar em Ciências Econômicas nos principais processos seletivos do país!

Quais processos seletivos aceitam a nota do Enem?

Atualmente, são quatro os principais processos seletivos que usam a nota do Enem como critério de ingresso para novos alunos.

Em dois deles, é necessário ter prestado o Enem mais recente. Já os demais aceitam a nota de edições anteriores do exame. Saiba quais são eles:

Sistema de Seleção Unificada (Sisu): é um programa do governo federal que concede vagas em universidades públicas brasileiras. 

Para participar, é necessário ter feito a edição mais recente do Enem e tirar nota acima de zero na redação. Consegue a vaga quem alcança as maiores notas. O Sisu acontece duas vezes ao ano: em janeiro e em junho.

Programa Universidade para Todos (ProUni): é um programa governamental que concede bolsas de estudo parciais ou integrais para alunos de baixa renda. 

Quem quiser tentar uma vaga pelo ProUni deve apresentar desempenho mínimo de 450 pontos e nota acima de zero na redação da edição mais recente do Enem. 

Além disso, é necessário atender aos critérios de renda e escolaridade exigidos pelo MEC. O ProUni acontece duas vezes ao ano.

Fundo de Financiamento Estudantil (FIES): este programa concede crédito ao aluno para que ele possa financiar o valor do curso a juros baixos e longo prazo. 

Para concorrer ao benefício, é necessário alcançar o mínimo de 450 pontos e nota acima de zero na redação de qualquer edição do Enem a partir de 2010. 

O candidato também deve se enquadrar aos critérios de renda exigidos. Assim como os anteriores, o FIES ocorre duas vezes ao ano.

Ingresso direto: é um sistema adotado pelas faculdades privadas brasileiras em que o aluno pode utilizar a nota do Enem para entrar em um curso superior sem prestar vestibular. 

Basta apenas apresentar o Boletim de Desempenho Individual do Enem e se matricular, caso tenha a pontuação mínima exigida. O ingresso direto é válido para todos os cursos, exceto Medicina.

Como passar em Ciências Econômicas com a nota do Enem?

Como você pôde ver, o curso de Ciências Econômicas é concorrido e exige bastante estudo e dedicação do candidato.

Com esse desempenho, é possível ingressar em Ciências Econômicas em qualquer universidade brasileira. 

Em média, o número de acertos que você deve alcançar nas provas é o seguinte:

  • 35 em Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • 30 ou mais em Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • 35 em Matemática e suas Tecnologias
  • 30 ou mais em Ciências da Natureza e suas Tecnologias

É importante ressaltar que o modelo de correção do Enem não leva em consideração apenas o número de acertos. 

É necessário demonstrar um domínio coerente nas respostas para conseguir uma nota alta: isso porque o sistema consegue identificar chutes e atribui uma pontuação menor para questões acertadas por acaso.

Que nota preciso tirar no Enem para passar em Ciências Econômicas pelo Sisu?

Se você planeja prestar o Enem para ingressar em Ciências Econômicas em uma universidade pública, terá que alcançar um desempenho médio de 687 pontos.

Em algumas instituições de primeira linha, é necessário se esforçar bastante: a menor nota para conquistar a vaga pelo Sisu fica em torno de 810 pontos.

Já em outras, é possível entrar com 583 pontos. Esses números se referem à edição mais recente do programa e podem variar de um ano para outro.

A dica é entrar no site do Sisu e verificar as notas de corte durante o período de seleção. Isso porque você pode mudar de universidade, turno e curso até o encerramento do processo.

Que nota preciso tirar no Enem para passar em Ciências Econômicas pelo ProUni?

No ProUni, a nota média para passar em Ciências Econômicas é um pouco mais alta do que a do Sisu: 700 pontos, de acordo com a edição mais recente do programa.

Já a nota máxima pode chegar a 728 pontos, enquanto a mínima fica em torno de 677 pontos.

Pelo ProUni, você pode tentar conquistar uma bolsa parcial (50%) ou integral (100%) tanto em cursos presenciais quanto a distância.

Que nota preciso tirar no Enem para passar em Ciências Econômicas pelo FIES?

De acordo com as edições mais recentes do FIES, conseguir um financiamento facilitado em Ciências Econômicas exige um desempenho médio de 600 pontos no Enem.

Em faculdades particulares prestigiadas, a nota de corte chegou a 751 pontos. Já nas menos disputadas, a pontuação ficou um pouco acima do mínimo exigido para concorrer ao benefício: 486 pontos.

Que nota preciso tirar no Enem para passar em Ciências Econômicas por ingresso direto?

O ingresso direto é um sistema bem prático. Basta entrar no site da faculdade desejada e informar o seu desempenho no Enem no link de inscrições. O sistema verifica automaticamente se a sua pontuação é suficiente para conseguir uma vaga.

Embora cada instituição estabeleça uma nota de corte própria para conceder o benefício, o mais comum é que sejam exigidos 450 pontos nas provas objetivas. Em alguns casos é ainda mais simples: basta não ter zerado a redação.

Caso você tenha atingido a pontuação necessária, basta se dirigir à secretaria da instituição com seu Boletim de Desempenho Individual do Enem, a documentação exigida e se matricular no curso de sua preferência. 

Vale lembrar que é possível ingressar em cursos presenciais e a distância por meio do ingresso direto. Apenas o curso de Medicina não participa do sistema.

Onde estudar com a nota do Enem?

Selecionamos algumas instituições particulares reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que participam do ProUni, FIES e também aceitam ingresso direto no curso de Ciências Econômicas. Conheça:

As faculdades listadas acima também oferecem benefícios, como descontos na mensalidade, convênios, bolsas de estudo e financiamentos próprios sem burocracia.

Veja também:

Conheça as melhores faculdades de Ciências Econômicas

Descubra quanto ganha um economista

Você pretende usar a nota do Enem para entrar em Ciências Econômicas? Conte para a gente nos comentários em que faculdade gostaria de estudar!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin