dcsimg

Descubra que nota precisa no Enem pra passar em Enfermagem

Saiba quanto é preciso tirar nas provas do Enem para entrar no curso de Enfermagem em faculdades públicas e particulares!

Nos próximos anos, quase 300 mil estudantes devem ingressar em um dos mercados de trabalho mais sólidos e abrangentes do país: o da Enfermagem!

O curso está entre os 10 mais procurados pelos brasileiros, e a oferta cresce bastante por aqui.

Para você ter ideia, está disponível em mais de 800 faculdades, presenciais e a distância!

Está pensando em fazer Enfermagem e quer saber que nota precisa tirar no Enem para passar nesse curso? A gente tem as respostas mais adiante. Descubra!

Que nota precisa tirar no Enem para passar em Enfermagem

Todos os anos, você pode usar sua nota do Enem em pelo menos três grandes processos seletivos – e todos eles oferecem vagas em Enfermagem.

Estamos falando do Sisu, do ProUni e do FIES. Eles distribuem vagas em universidades públicas, dão bolsas de estudos em faculdades particulares ou financiam os estudos.

Veja abaixo quais são as notas mínimas, máximas e médias para garantir lugar em cada um deles.

Que nota precisa tirar no Enem para passar em Enfermagem pelo Sisu

Por distribuir vagas em universidades públicas de todo o país, o Sisu é um dos processos seletivos mais concorridos do Brasil.

Para ter chances de conseguir uma vaga em Enfermagem por aqui é essencial ter obtido uma boa nota no Enem!

A média para passar é de aproximadamente 690 pontos.

Com um pouco de sorte e muita procura, dá para encontrar vagas com uma nota de corte mais baixa, por volta de 650 pontos – mas essas são um pouco mais raras.

Em algumas universidades, a nota mínima para entrar em Enfermagem chega a superar os 800 pontos – como foi o caso, recentemente, na Universidade Federal do Pará (UFPA).

Mas, no geral, as notas mais altas dificilmente ultrapassam os 760 pontos, mesmo em instituições bastante conhecidas, como a Universidade Federal de Pernambuco (730 pontos) e a Universidade Federal de Minas Gerais (723 pontos).

As menores notas, na casa dos 650 pontos, apareceram na Universidade Estadual do Piauí (UFPI), Universidade Federal do Acre (UFAC) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE).

Essas notas, obviamente, podem mudar de acordo com a edição do Sisu.

Para participar do programa, o candidato só precisa ter feito o Enem mais recente e não ter tirado zero na redação. O Sisu acontece duas vezes ao ano, sempre no início dos semestres letivos. A inscrição é gratuita.

Que nota precisa tirar no Enem para passar em Enfermagem pelo ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) distribui semestralmente milhares de bolsas de estudos parciais e integrais em faculdades particulares de todo o país.

As bolsas estão disponíveis em cursos de diversas áreas do conhecimento.

Para ter chances de conseguir a sua em Enfermagem é preciso chegar na disputa com uma boa nota no Enem. A média necessária para entrar é de 620 pontos, aproximadamente.

Nas faculdades mais disputadas, a nota mínima supera os 700 pontos. Nas mais tranquilas, fica entre 530 e 570 pontos.

Uma curiosidade: as notas mais baixas são, na maioria dos casos, para cursos de Enfermagem na modalidade a distância.

Para concorrer ao ProUni, o candidato precisa atender a alguns requisitos: pelo menos 450 pontos na média das provas do Enem mais recente, sem ter zerado a redação, ter renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa e ter feito o ensino médio em escola pública (ou na particular na condição de bolsista integral).

As inscrições abrem duas vezes ao ano.

Que nota precisa tirar no Enem para passar em Enfermagem pelo FIES

Se você está precisando de um incentivo financeiro para estudar Enfermagem, talvez o FIES seja a solução.

O programa ajuda a pagar o curso de Enfermagem e permite suavizar a dívida em muitas parcelas, a juros baixos, só começando a pagar depois da formatura.

Para tentar o financiamento do FIES também é preciso ter feito o Enem – só que aqui vale qualquer edição a partir de 2010.

A nota média para conseguir financiar o curso de Enfermagem é de 555 pontos – bem mais tranquilo que o ProUni e o Sisu.

A maior nota de corte costuma ficar entre 650 e 690 pontos, enquanto a mínima fica na casa dos 450 pontos.

Para entrar na disputa pelo financiamento é preciso apresentar renda familiar mensal bruta de até cinco salários mínimos por pessoa, além de ter desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas do Enem, sem ter zerado a redação. O FIES também abre inscrições duas vezes ao ano.

Que nota precisa tirar no Enem para passar em Enfermagem pelo ingresso direto

O ingresso direto é uma forma de seleção que utiliza a nota do Enem de forma mais simples e sem burocracia.

É um formato já bastante popular entre as faculdades privadas do Brasil.

Basta você localizar a vaga no curso desejado e informar as notas obtidas em qualquer edição do Enem a partir de 2010. Na hora você já sabe se conseguiu passar ou não.

O diferencial é que o ingresso direto tem notas de corte bem mais baixas que o ProUni, o FIES ou o Sisu, além de não ser nada burocrático (não precisa, por exemplo, comprovar renda, ter estudado em escola pública, etc.).

As notas mínimas para entrar variam de faculdade para faculdade. O ingresso direto normalmente fica disponível próximo ao período em que a instituição abre seu processo seletivo geral.

Onde estudar Enfermagem com a nota do Enem

Além das centenas de universidades públicas, você pode tentar uma vaga em Enfermagem em milhares de faculdades particulares com sua nota do Enem, seja pelo ingresso direto ou pelos processos seletivos do governo federal.

Conheça algumas boas instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC onde você vai encontrar o curso Enfermagem:

As instituições acima também trabalham com programas próprios de bolsas, descontos e parcelamento facilitado. Vale a pena conferir as facilidades!

Veja também:

Qual o salário de Enfermagem?

E aí, o que achou das notas para entrar em Enfermagem? Qual processo seletivo você vai tentar? Conte para a gente!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin