Descubra quem tem direito à isenção da taxa do Enem

Sabia quem nem todo mundo precisa pagar a inscrição pra fazer o Enem? Veja aqui se você pode solicitar isenção da taxa!

Fazer a inscrição do Enem custa menos do que participar de muitos vestibulares grandes por aí. Mas não podemos dizer que a taxa é troco de pão.

Para muitos brasileiros esse o valor, que chega próximo a 10% do salário mínimo, faz muita diferença no orçamento.

E é justamente para essa parcela da população que existe a isenção da taxa de inscrição do Enem.

Será que você se enquadra no perfil? Descubra agora mesmo!

Quem tem direito à isenção da taxa de inscrição do Enem?

O Ministério da Educação (MEC) prevê três situações em que o interessado em fazer o Enem pode solicitar a isenção da taxa:

  1. Estudante matriculado no terceiro ano do ensino médio de escola pública devidamente declarada no Censo Escolar.
  2. Estudante que tenha renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa e estudou durante todo o ensino médio em escola da rede pública ou em escola da rede particular como bolsista integral.
  3. Estudante que pertence a uma família de baixa renda com Número de Identificação Social (NIS), único e válido; além de ter renda familiar, por pessoa, de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Se você se enquadra em um dos perfis que acabamos de descrever, pode solicitar a isenção da taxa. Ela não é automática!

Veja como fazer a seguir.

O que fazer para ganhar isenção da taxa de inscrição do Enem

O primeiro passo para receber isenção da taxa do Enem é consultar o edital e conferir ali o prazo de solicitação.

As inscrições gerais costumam abrir em maio e o prazo para pedir a isenção abre uns 30 a 40 dias antes disso, ou seja, por volta de abril.

No período determinado para solicitar a isenção, acesse o site oficial do Enem e cadastre-se com seu CPF e senha. O sistema é bem fácil de usar, basta prestar atenção às instruções.

Para pedir a isenção você precisa, além de se cadastrar, preencher todas as informações solicitadas.

Muita calma nessa hora, viu?

É superimportante conferir todos os dados que você colocar ali no sistema. O motivo: qualquer erro pode resultar na suspensão do benefício. Além disso, prepare-se para apresentar os documentos comprobatórios, pois o MEC pode solicitar essas provas de que você realmente cumpre os requisitos.

Depois de confirmar tudo pelo sistema do Enem, é só aguardar alguns dias para descobrir se a sua solicitação foi aprovada.

Caso o seu pedido tenha sido recusado, você pode tentar mais uma vez, no período determinado pelo MEC.

Independentemente do resultado, você tem mais uma etapa importante a concluir. Conheça!

Mesmo que seja isento da taxa, você precisa se inscrever para fazer a prova do Enem

Vamos repetir: mesmo que tenha o seu pedido de isenção da taxa aprovado pelo MEC, ainda assim você precisa se inscrever para fazer as provas do Enem.

Por isso, assim que abrir o período de inscrições, volte ao site oficial do Enem e faça a sua inscrição, preenchendo todas as informações solicitadas. Entre elas, você vai poder escolher um idioma (inglês ou espanhol) para as cinco questões de língua estrangeira, informar se precisa de atendimento especializado e selecionar o município onde quer fazer as provas.

Caso não tenha conseguido a isenção, vai precisar pagar a taxa no período determinado para concluir sua inscrição no Enem.

Onde usar a nota do Enem

O Enem abre muitas portas para quem quer turbinar a carreira com um curso superior. Com ele dá para participar de vários processos seletivos.

Se você quer entrar num curso presencial de universidade pública, pode tentar o Sisu. Basta não ter zerado na redação do Enem mais recente para concorrer a uma vaga.

Se quiser ganhar bolsa de estudos para cursar uma graduação presencial ou a distância em faculdade particular, a pedida é o ProUni. O programa é voltado a quem cumpre alguns requisitos de renda familiar, formação e desempenho no Enem mais recente.

Se o que procura é financiamento estudantil a juros baixos, pode tentar o FIES. Aqui também é preciso se encaixar em determinados requisitos de renda familiar e desempenho no Enem.

Por fim, se o seu objetivo é entrar na faculdade privada com a nota do Enem da forma mais simples possível e sem burocracia, tem à disposição o ingresso direto.

Separamos algumas faculdades onde você pode usar sua nota do Enem para fazer um bom curso superior, reconhecido pelo MEC, e entrar com tudo no mercado de trabalho.

Clique e conheça:

Veja também:

Saiba que nota você precisa tirar no Enem para passar no Sisu

Vai fazer o Enem para aumentar suas chances de entrar na faculdade? Em qual curso você está de olho? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin