dcsimg

Veja o passo a passo de como fazer uma redação nota mil

Fazer um texto impecável é mais fácil do que você imagina. Veja as nossas dicas para tirar nota máxima na sua redação!

A redação é o calcanhar-de-Aquiles de muita gente na hora de fazer provas do Enem, do Vestibular ou de concursos.

Quem não conhece uma história triste de algum candidato que tirou uma baita nota nas provas objetivas, mas acabou escorregando na redação?

Para não passar por isso, basta seguir algumas dicas simples que a gente separou para você.

A seguir, veja o passo a passo de como fazer uma redação nota mil!

Como fazer uma redação nota mil

Uma coisa que você precisa ter bem clara em relação à redação: não existe fórmula mágica!

Para fazer um texto nota mil é preciso praticar, praticar e praticar.

Mas esse “praticar” não diz respeito apenas a escrever. É preciso estar atento a todos os outros componentes que ajudam a gente a desenvolver uma narrativa coerente e que corresponda às expectativas dos avaliadores.

As dicas que preparamos aqui servem para a redação do Enem, dos vestibulares tradicionais e para a maioria dos concursos públicos.

Acompanhe:

  1. Entenda o formato da redação – Normalmente os concursos adotam o formato dissertativo-argumentativo em prosa – o mesmo tipo utilizado pela redação do Enem. Esse modelo testa o conhecimento do candidato a respeito do tema porque, além de reforçar os argumentos com dados consistentes (estatísticas, citações, pesquisas, fatos, etc.), o autor precisa convencer o avaliador da validade do seu ponto de vista. O formato é composto de uma introdução, um desenvolvimento bem estruturado e uma proposta de intervenção para a problemática apresentada.
  2. Saiba o que está em jogo – As redações não são avaliadas apenas pelas ideias apresentadas. Tem muito mais coisa envolvida. No caso do Enem, por exemplo, o edital mostra que os avaliadores vão levar em consideração cinco habilidades:
    1. O domínio da língua escrita em sua modalidade formal.
    2. A construção deve evidenciar que o candidato domina o formato do texto e que o tema será desenvolvido dentro do modelo solicitado.
    3. O texto deve ser coerente e bem argumentado.
    4. A construção da argumentação deve ser feita utilizando recursos linguísticos apropriados.
    5. A proposta de intervenção precisa fazer sentido e respeitar os Direitos Humanos.

A redação é corrigida por dois avaliadores diferentes. Ou seja, para tirar nota mil é preciso fazer 200 pontos em cada um desses itens nas duas avaliações. Não é fácil, mas está longe de ser impossível!

  1. Acesse as redações nota mil de edições anteriores – Essa é a melhor forma de entender o modelo do texto e as expectativas dos avaliadores. No caso do Enem, as redações que tiraram nota mil de outras edições são publicadas na internet por diversos sites, não é difícil de achar. Baixe os textos e leia com um olhar crítico, prestando atenção em todos os quesitos de avaliação (veja no tópico acima), em especial para o encadeamento de ideias, a apresentação dos argumentos e a conclusão do texto.
  2. Leia muito, todos os dias – Uma escrita fluida é resultado de muita leitura. Com a leitura vem o conhecimento e com o conhecimento vem a confiança necessária para fazer um texto rico, bem estruturado e dentro dos moldes solicitados pela organização do exame. Por isso é fundamental ler todo tipo de texto: literário, noticioso, ensaístico, acadêmico, enfim. Como você estará estudando para provas, vale ler conteúdos que enriqueçam sua rotina de estudos, evite fugir muito dos temas.
  3. Pratique – Escrever bem não é talento ou dom divino, é prática. Mesmo os autores mais consagrados já fizeram textos inconsistentes. Por isso, reserve em seu dia uma horinha para desenvolver um texto dentro dos parâmetros exigidos pelo Enem ou por qualquer outro concurso que você vá fazer. É importante monitorar o tempo, pois normalmente você terá apenas uma hora para pensar nos argumentos que irá utilizar, desenvolver o tema no rascunho e passar a versão final a limpo na página oficial. Isso não é fácil. Treine sempre com um relógio do lado. O texto deve ter, em média, 30 linhas.
  4. Antecipe-se ao tema – Ninguém sabe qual vai ser o tema da redação no ano que você for fazer a prova. Por isso o melhor remédio é se antecipar e estudar vários assuntos que podem potencialmente ser abordados. Nos últimos anos o Enem tratou, por exemplo, de publicidade infantil, educação de surdos, violência contra a mulher, ética nacional, Lei Seca, intolerância religiosa, democratização do acesso ao cinema e por aí vai. Repare que são sempre questões de interesse público – o que devem se manter em pauta nos próximos anos.
  5. Submeta os textos a uma avaliação – É importante os textos que você produz nos treinos sejam avaliados por alguém de fora. Isso ajuda a melhorar a fluidez das ideias, a ajustar erros, identificar vícios, etc. Essa pessoa pode ser um professor, um jornalista, um escritor ou qualquer outro conhecido que tenha bom conhecimento na área.

Por que é importante ter boa nota na redação?

Uma boa nota na redação pode ser decisiva. Em concursos, aumenta as chances de conquistar o cargo dos sonhos. No Enem e vestibular, de entrar na faculdade desejada.

Caso você esteja competindo com alguém que tem a mesma nota geral, o primeiro critério de desempate é a nota da redação. Leva quem tem a nota melhor.

Essa também é a única prova do Enem na qual os candidatos conseguem obter uma nota mil cravada. Pelo sistema da Teoria de Resposta ao Item, as pontuações máximas das provas objetivas são dinâmicas e flutuam para mais ou para menos de acordo com o desempenho coletivo – por isso é tão difícil obter a máxima.

Sem falar que uma boa nota nas provas objetivas e na redação é praticamente garantia de sucesso em qualquer processo seletivo por uma vaga no ensino superior:

  • Sisu, para estudar em universidade pública.
  • ProUni, para conseguir bolsa de estudos em faculdade privada.
  • FIES, para obter crédito facilitado e financiar os estudos a juros baixos.
  • Ingresso direto, para entrar em faculdades privadas sem ter de fazer um novo vestibular.

Onde estudar com a nota do Enem

Por falar em processos seletivos, você pode participar de vários deles para garantir vaga numa boa faculdade.

Algumas têm qualidade reconhecida pelo MEC e oferecem vagas em tudo quanto é curso que você possa imaginar, presenciais ou a distância.

Quer algumas dicas de onde estudar? Anote aí:

Veja também:

Veja como funciona e quem pode fazer a prova digital do Enem

E aí, pronto para encarar a redação? Conte para a gente como você está treinando para esta prova!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin