dcsimg

Veja como solicitar a isenção da prova do Enem 2020

Aprenda a fazer a solicitação de isenção no Enem 2020 para participar sem pagar taxa de inscrição.

Alguns candidatos têm direito a pedir isenção do pagamento da taxa de inscrição do Enem 2020, podendo assim fazer a prova gratuitamente.

Para isso, é necessário fazer a solicitação de isenção da forma correta, dentro do prazo estipulado no edital.

Veja em nosso artigo completo quem tem direito, quando e como fazer a solicitação!

Como solicitar isenção da taxa do Enem 2020

O primeiro passo para realizar a solicitação é descobrir se você se enquadra em alguma das condições que garantem o benefício. Têm direito à isenção da taxa do Enem:

  • Estudantes da rede pública que estejam cursando o último ano do ensino médio em 2020.
  • Candidatos com renda mensal de até um salário mínimo e meio, que tenham cursado todo o ensino médio na rede pública ou com bolsa integral na rede privada.
  • Candidatos que se declarem em situação de vulnerabilidade econômica, inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar, por pessoa, de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Vale dizer que esses foram os critérios de concessão da isenção na edição passada do exame, já que o edital de 2020 ainda não foi divulgado pelo Inep. Porém, é provável que os critérios continuem os mesmos em 2020.

Como enviar a solicitação

Você deve fazer o pedido pela internet, no site do Enem-Inep. Veja o passo a passo:

  • Acesse a Página do Participante, no site oficial do Enem 2020.
  • Clique na opção “Isenção Enem 2020”.
  • Informe seu CPF, data de nascimento, selecione corretamente a figura pedida e clique em “Enviar”.
  • Leia os termos da solicitação de isenção, marque a caixa “Li e concordo” e em seguida clique em “Continuar”.
  • Na tela seguinte, confira se seus dados pessoais estão corretos e preenchas os dados de endereço. Clique em “Continuar”.
  • Preencha as informações relativas ao ensino médio e clique em “Continuar”.
  • Informe seu número do NIS, caso possua, verifique as informações e clique em “Continuar”.
  • Confirme se todas os dados estão corretos.
  • Preencha com atenção o questionário socioeconômico, lembrado que as informações serão checadas pelo Inep.
  • Preencha os dados de contato (telefones e e-mail).
  • Crie uma senha, que servirá para acompanhar o andamento da sua solicitação.
  • Na tela de conclusão da solicitação, verifique se todas as informações estão corretas e clique em “Enviar solicitação”. Na tela seguinte, aparecerá uma mensagem confirmando que esta foi enviada com sucesso.

Prazo para solicitação

Como informamos, o edital do Enem 2020 ainda não saiu, mas é provável que o período para pedir a isenção e justificar a ausência no Enem 2019 comece no início de abril de 2020.

Justificativa de ausência no Enem 2019

É obrigatório justificar a ausência no Enem 2019, caso o estudante tenha obtido a isenção, para ter direito ao benefício novamente em 2020. A justificativa também deve ser enviada pela Página do Participante, no site do Enem-Inep.

Apresentação de recursos

Quem tiver o pedido de isenção negado ainda poderá entrar com um recurso. O prazo para apresentá-lo geralmente dura quatro dias, iniciando cinco dias após a divulgação do resultado dos pedidos.

Como saber se consegui a isenção do Enem?

Os resultados dos pedidos de isenção devem ser consultados por meio da Página do Participante, utilizando a senha cadastrada no ato da solicitação.

Quem conseguir a isenção precisa fazer a inscrição?

Sim, mesmo quem tiver a solicitação de isenção aprovada deverá fazer a inscrição no Enem 2020. O período de inscrições deve abrir no início de maio.

Já quem não tiver a isenção concedida precisará pagar a taxa de inscrição, dentro do prazo estipulado no edital, para confirmá-la e poder fazer as provas do Enem 2020.

Provas do Enem 2020

O Inep já confirmou a data de aplicação das provas do Enem 2020:

  • Provas digitais: 11 e 18 de outubro de 2020.
  • Provas tradicionais (impressas): 01 e 08 de novembro de 2020.

As provas digitais são uma novidade do Enem 2020, e o aluno poderá optar entre a prova digital ou impressa no momento da inscrição. A aplicação das provas digitais estará disponível apenas em 15 capitais.

Estrutura da prova

A estrutura do Enem 2020 seguirá a mesma de edições anteriores, com quatro provas objetivas, cada uma contendo 45 questões de múltipla escolha, mais uma prova de redação.

Como usar o resultado do Enem

Com a nota do Enem 2020 você pode: 

  • Participar do Sisu 2021 para concorrer a vagas em instituições públicas.
  • Participar do ProUni 2021, para tentar uma bolsa de estudos integral ou parcial em instituições privadas.
  • Se inscrever no FIES para tentar um financiamento da faculdade particular a juros baixos, para começar a quitar a dívida somente após se formar.
  • Entrar direto em uma faculdade particular com bolsa de estudo.

Onde estudar com a nota do Enem

Como vimos, é possível usar a nota do Enem para entrar direto em uma faculdade particular, ou seja, sem fazer o vestibular interno, e ainda receber uma bolsa de estudo parcial ou integral.

Essa modalidade de seleção, conhecida como ingresso direto, é utilizada por diversas instituições em todo o Brasil, tanto para cursos presenciais quanto EAD.

Na sequência você confere uma lista de faculdades autorizadas e bem avaliadas pelo MEC que aceitam a nota do Enem para ingresso direto e concedem bolsas de estudo de até 100%:

Saiba mais:

Entenda tudo sobre o Sisu e como começar a estudar

O que é o ProUni?

Entenda de uma vez por todas como funciona o FIES

Depois de ver como solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição do Enem 2020, responda nos comentários: você pretende usar a nota do Enem para entrar em qual curso?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin