dcsimg

Descubra tudo sobre o FIES 2018.2

Conheça agora mesmo todos os detalhes sobre o FIES 2018 do segundo semestre, como participar e quando sai o resultado!

Temos uma ótima notícia para quem pretende tentar um financiamento do FIES ainda em 2018.

O governo federal vai oferecer mais de 150 mil vagas no segundo semestre deste ano (o dobro de oportunidades que foram abertas em 2017.2).

Como tudo o que envolve o FIES, é importante ficar de olho nos detalhes. O programa vem apresentando pequenas modificações a cada edição – principalmente nos requisitos de participação e procedimentos que devem ser seguidos à risca para garantir a vaga.

Fomos consultar o edital do FIES 2018.2 e trazemos a seguir um resumo do que você precisa saber desde já. Confira!

Inscrições para o FIES 2018.2

As inscrições para a segunda edição do FIES em 2018 vão ficar abertas por sete dias corridos. Os interessados terão o prazo de 16 a 22 de julho – de segunda-feira a domingo.

Esse prazo vale tanto para quem vai concorrer ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) como para quem vai tentar o Programa de Financiamento Estudantil (P-FIES). Se você não sabe ainda de qual deles participar, fique aqui com a gente. Vamos explicar as diferenças no próximo tópico.

FIES ou P-FIES: em qual devo me inscrever?

Recentemente, o governo federal lançou mais uma modalidade de financiamento estudantil, o P-FIES. A mudança deu um nó na cabeça de muita gente. Será que devo me inscrever no FIES ou no P-FIES? Tem diferença? Qual dos dois é mais vantajoso?

Se você está se fazendo as perguntas acima, não precisa se preocupar.

A primeira grande diferença entre o FIES e o P-FIES é a renda do público-alvo. Aqui, já dá para saber se você se encaixa em um ou outro programa.

O FIES é destinado a quem tem renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Já o P-FIES é voltado a quem tem renda familiar bruta mensal de até cinco salários mínimos por pessoa.

Nos dois casos, para se inscrever é obrigatório ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e ter alcançado desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas, sem ter zerado a redação. É possível apresentar a nota do Enem de qualquer edição a partir de 2010.

Se você se enquadrar no requisito de desempenho no Enem e renda familiar, vale mais a pena tentar o FIES. Essa modalidade tem juro zero e a prestação da dívida do financiamento não pode ultrapassar 10% da renda familiar.

Mas e as condições do P-FIES, quais são? Qual a taxa de juros? Aqui, não temos uma resposta única. No P-FIES, a taxa de juros, o número de parcelas e os valores são definidos pelo Agente Financeiro Operador de Crédito (AFOC), ou seja, a instituição (banco, financeira, etc.) onde o estudante assina o contrato de financiamento. Outra diferença é que, no P-FIES, além de ser pré-selecionado pela nota do Enem, o candidato precisa ter o crédito aprovado pelo AFOC para poder usar o benefício.

Onde faço a inscrição para o FIES 2018.2?

Independentemente do perfil de renda e do financiamento escolhido, o prazo e os procedimentos de inscrição são os mesmos. O candidato interessado deve:

  1. Acessar o site oficial do FIES Seleção.
  2. Informar o número de seu CPF, data de nascimento e um e-mail pessoal válido.
  3. Preencher as informações sobre os membros do grupo familiar (nome, CPF, data de nascimento e renda bruta mensal).
  4. Fazer uma pesquisa no FIES Seleção para chegar ao “grupo de preferência” (a partir da busca por estado, município e curso).
  5. Indicar, por ordem de prioridade, 3 opções de vaga (curso, turno, local de oferta e faculdade) disponíveis naquele grupo.
  6. Preencher as demais solicitações e confirmar a inscrição.

Enquanto durarem as inscrições, você vai poder modificar suas opções quantas vezes quiser.

Quando sai o resultado do FIES 2018.2?

De acordo com o edital da edição 2018.2, o resultado – do FIES e do P-FIES – sai no dia 27 de julho, uma sexta-feira.

Para saber se você foi contemplado com o financiamento, basta acessar o FIES Seleção (o mesmo site onde se inscreveu), inserir seus dados de acesso e entrar no sistema.

O que preciso fazer se for selecionado?

Vamos por partes…

Em primeiro lugar, parabéns! Não é fácil vencer a concorrência por um financiamento estudantil do FIES.

Em segundo lugar, nosso conselho é: redobre a atenção. Dependendo da modalidade conseguida, você terá que seguir procedimentos diferentes. Em comum, eles têm os prazos rígidos – quem perder alguma data perde também a vaga.

Todas as informações podem ser encontradas no site oficial do FIES e no edital do programa. Na dúvida, você pode também consultar a faculdade onde conseguiu a vaga.

São vários detalhes e documentos a providenciar, mas vamos passar um resumo rápido para você.

Caso tenha passado na primeira chamada do FIES, você vai ter até o dia 31 de julho para complementar algumas informações no site do FIES. Em seguida, terá um prazo também para validar informações na faculdade onde conseguiu a vaga e outro prazo para fazer a contratação do financiamento junto ao agente financeiro.

Caso tenha passado no P-FIES, há uns passos extras a cumprir. Mais uma vez, alertamos: fique de olho no edital e no site do FIES para não perder nenhum prazo!

O FIES 2018.2 tem quantas chamadas?

Tanto o FIES como o P-FIES trabalham com apenas uma chamada.

Caso você esteja tentando o FIES, vai poder contar com uma lista de espera. A lista é automática e obedece aos mesmos critérios de seleção. Conforme forem sobrando vagas (por desistência, não apresentação de documentos, etc.), os próximos classificados vão sendo chamados.

Esse processo de convocação via lista de espera vai de 1 a 24 de agosto. É preciso entrar todos os dias no site do FIES para ver se você foi contemplado. Em caso positivo, terá um prazo (curto!) para concluir os procedimentos de cadastro e comprovação de informações.

Faculdades que participam do FIES

Selecionamos para você algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC).

Além de participarem do FIES, elas oferecem outras formas de financiamento sem burocracia, bolsas de estudos, convênios e bons descontos. Confira:

Veja também:

Descubra como fazer a transferência de curso pelo ProUni

Vai tentar o FIES 2018.2? Qual curso você quer financiar? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin