dcsimg

Fies 2019: Descubra tudo e veja como entrar em uma faculdade

Pretende entrar na faculdade, mas não sabe se consegue arcar com as mensalidades? Que tal tentar um financiamento no FIES 2019? Saiba tudo agora mesmo!

Ingressar em um curso superior é fundamental para se destacar no mercado de trabalho. Ele garante a você conhecimento mais amplo sobre a área de atuação e ainda te dá a possibilidade de continuar os estudos. Após finalizar a graduação, você pode optar por uma pós graduação, aumentando ainda mais as suas possibilidades na carreira. Porém, isso só é possível se você der o primeiro passo e iniciar seu curso superior.

Sabemos que essa não é uma decisão simples. E um dos pontos que mais pesam na decisão é a questão financeira. Na maioria das vezes, é muito difícil pagar o valor da mensalidade e muitas pessoas acabam desistindo de obter um diploma universitário.

Se esse é seu caso, saiba que existem várias possibilidades para você estudar pagando pouco ou até mesmo nada. Parece bom demais para ser verdade, não é mesmo? Mas é real!

Você já ouviu falar do FIES? Se você quer saber como participar desse programa, confira nossas dicas abaixo!

O que é o FIES?

O FIES é um financiamento estudantil promovido pelo Ministério da Educação (MEC). Essa ação garante que pessoas de baixa renda tenham a oportunidade de cursar o ensino superior. Trata-se, basicamente, de um empréstimo do governo para as pessoas que não têm condições de pagar a mensalidade da faculdade.

E o melhor: o valor do empréstimo só começa a ser devolvido após a formatura, e a juros muito baixos. Até lá você já estará empregado e não terá problemas para pagar as parcelas!

Quando acontece o FIES 2019?

Este ano, as inscrições para a primeira edição do FIES acontecem entre os dias 5 e 12 de fevereiro de 2019.

O resultado sai logo em seguida, no dia 18 de fevereiro.

A previsão é de oferecer 100 mil vagas!

Quais são os pré-requisitos para participar do FIES 2019?

As regras do FIES mudaram! Até julho de 2017, as pessoas que desejavam participar do processo seletivo precisavam realizar o Enem. Era exigido do candidato uma nota superior a 450 pontos nas provas objetivas e maior que zero na redação. Além disso, a renda familiar bruta mensal deveria ser de até 3 salários mínimos por pessoa.

Hoje, as exigências referentes ao Enem continuam as mesmas, porém aquelas relacionadas à situação financeira do candidato foram modificadas.

O FIES 2019 foi dividido em duas modalidades: FIES e o P-Fies.

No FIES, são atendidos os candidatos com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa. Nesse caso, o financiamento oferecido tem juros zero.

Durante o curso, o aluno deve pagar um valor mensal referente aos encargos educacionais não financiados. E ao final, deve pagar a diferença do valor do curso. A quantidade paga por parcela será definida de acordo com a situação financeira do aluno.

Já os candidatos com renda bruta familiar de até cinco salários mínimos por pessoa estão inseridos na segunda modalidade, denominada de P-Fies. A eles são oferecidos financiamentos oriundos de Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento ou de bancos privados participantes. As condições do financiamento devem ser definidas entre o banco participante, a faculdade e o estudante.

No caso do P-Fies, tem uma mudança importante para 2019. Quem for pré-selecionado para o financiamento precisa correr com as etapas seguintes do processo. O motivo: para liberar o contrato, o P-Fies vai dar prioridade àqueles estudantes que fizerem primeiro as comprovações  de documentos junto à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da faculdade. Importante: a classificação continua a ser pela nota do Enem, mas a liberação dos contratos, que é uma etapa posterior, vai acontecer por ordem de chegada.

Vale ressaltar que em ambas modalidades, o candidato deve iniciar o pagamento das parcelas somente quando tiver renda.

Como participar do FIES 2019?

Para participar do FIES 2019, você deve ter:

  • Realizado o Enem a partir de edição de 2010,
  • Obtido pelo menos 450 pontos na média das provas,
  • Atingido nota maior do que zero na redação,
  • Renda familiar mensal bruta, por pessoa, até três salários mínimos para participar do FIES ou de até cinco salários mínimos por pessoa para participar do P-Fies.

A inscrição do FIES é gratuita e acontece somente pelo site oficial do programa. Basta seguir as orientações da tela e ir preenchendo as informações. O candidato pode escolher até três opções de curso entre as vagas disponíveis.

Quais faculdades participam do FIES 2019?

Existem diversas faculdades que participam do programa. Para te ajudar nessa busca, fizemos uma seleção de boas opções. Todas as instituições selecionadas são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) e possuem cursos em diversas áreas. Confira!

Caso você não consiga passar no FIES, ainda assim é possível estudar nas universidades sugeridas acima. Elas possuem mensalidades bem acessíveis, que com certeza vão se encaixar no seu orçamento. Além disso, oferecem programas próprios de bolsas e descontos em mensalidades. Elas também aceitam o Enem como forma de ingresso em seus cursos!

Veja também:

10+ dicas rápidas para estudar para o vestibular da forma correta
Como fazer o FIES

O sonho de fazer um curso superior já não parece tão distante, não é mesmo? O FIES pode te ajudar a entrar na faculdade e conseguir o emprego na área em que você tanto deseja.

Então agora conte para nós: qual curso você pretende fazer? Deixe seu comentário aqui embaixo.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin