Saiba tudo sobre a inscrição do Sisu 2021

Descubra quando, como e onde se inscrever para o Sisu nos dois semestres 2021!

Assim que passam as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os alunos ficam ansiosos para saber quando começa o período de inscrição do Sisu 2021. Além disso, muitos têm dúvidas de como se inscrever, principalmente agora que é preciso criar uma conta gov.br.

Para te ajudar a ficar por dentro do processo e conseguir a tão sonhada vaga na universidade, preparamos esse artigo com tudo o que você precisa saber sobre a inscrição do Sisu 2021. Continue a leitura para ver o passo a passo para se inscrever neste processo seletivo.

Cronograma de inscrição do Sisu 2021

Para o primeiro semestre de 2021, as inscrições do Sisu estavam previstas para ocorrer entre 22 e 27 de março. No entanto, frente à pandemia o calendário acadêmico precisou ser alterado. O resultado do Enem 2020 só será liberado em 29 de março, o que fez com que o Sisu adiasse seu cronograma.

Até o momento, o Ministério da Educação não divulgou datas para inscrição, resultado da chamada regular e da lista de espera. Podemos esperar que estas informações, bem como as datas do segundo semestre, sejam anunciadas por meio do edital até o início do mês de março.

Como realizar a inscrição no Sisu 2021?

Para realizar a sua inscrição do Sisu, você deverá seguir o seguinte passo a passo durante o período de abertura das inscrições:

  1. Entre no site oficial do Sisu 2021 (https://sisu.mec.gov.br/) durante o período de inscrição;
  2. Na página de principal, clique em “Fazer inscrição”;
  3. Entre com a conta gov.br ou faça cadastro caso ainda não tenha uma. Agora todos os processos seletivos do governo solicitam o cadastro no portal gov.br. A conta pode ser criada por meio das seguintes opções:
    • Validação Facial no App Meu gov.br
    • Bancos Credenciados
    • Internet Banking
    • Número do CPF
    • Certificado digital
    • Certificado digital em nuvem
  4. Escolha a opção CPF e após realizar o cadastro, volte ao portal do Sisu;
  5. Confirme seu e-mail e telefone celular para que o Sisu entre em contato com você, caso seja selecionado;
  6. Na tela “Minha inscrição” você poderá se inscrever em duas opções de curso:
    • Clique em “Fazer inscrição da 1° opção” para manifestar interesse pelo curso na instituição que é sua prioridade;
    • Em seguida, clique em “fazer inscrição da 2° opção” para manifestar interesse pelo curso na instituição que ocupa o segundo lugar em sua lista de prioridades;

Obs: É importante ser sincero ao definir prioridades aqui, uma vez que passando na primeira opção o aluno não poderá mais concorrer à segunda.

  1. Observe também o turno e as modalidades de curso que deseja concorrer. O Sisu oferece a Ampla Concorrência, mas também disponibiliza um percentual de suas vagas para que os alunos que correspondem aos critérios socioeconômicos disputem por vagas de cotas:
    • Alunos que cursaram o ensino médio em escolas públicas;
    • Pessoas com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e que estudaram em escola pública;
    • Candidatos autodeclarados pretos, pardos, quilombolas e indígenas.
  2. Agora é só confirmar e aguardar!

O Sisu dura cerca de quatro dias, portanto o aluno só poderá realizar este passo a passo neste período. Nós sugerimos sempre que a inscrição seja realizada no primeiro dia da abertura do período, assim o aluno poderá acompanhar diariamente sua classificação e as notas de corte do curso, para saber se realmente tem chances ou se a melhor alternativa é trocar as opções de curso.

Aliás, o aluno pode trocar suas opções inúmeras vezes durante o período de inscrição. No entanto, como de costume, a classificação parcial e as notas de corte são atualizadas diariamente, e podem ser vistas com maior precisão no dia seguinte à troca de curso.

Quais faculdades irão participar do Sisu 2021?

Com os atrasos no calendário, muitas universidades retiraram suas ofertas de vagas do Sistema de Seleção unificada para não atrasar o início do ano letivo no primeiro semestre de 2021. Entretanto, muitas outras universidades decidiram ofertar suas vagas, por não conseguirem realizar um vestibular próprio e respeitando os protocolos de distanciamento social.

Inclusive, o Ministério da Educação lançou recentemente um edital com cronograma e procedimentos para a adesão das universidades públicas ao Sisu. As instituições de ensino superior poderão manifestar interesse oficialmente de 8 a 12 de fevereiro.

Como visualizar a lista de universidades disponíveis para inscrição no Sisu 2021?

O sistema do Sisu não oferece uma lista geral de universidades disponíveis para inscrição. No entanto, é possível realizar consultas públicas utilizando recortes de município, nome da instituição ou nome do curso.

Por meio desses filtros, você poderá realizar um comparativo e decidir pela instituição pública na qual deseja estudar. Mas caso seu interesse seja estudar na rede privada, existem outros processos seletivos que podem te ajudar a realizar seu sonho. Veja a seguir!

Além do Sisu, quais as outras opções para entrar no ensino superior?

Apesar de ser o maior processo seletivo do Brasil, o Sisu não é o único método de entrar na faculdade para os candidatos do Enem. Além do Sistema de Seleção Unificada, é possível se matricular em universidades particulares por meio do Ingresso direto, do Prouni e do Fies.

Tanto o Prouni quanto o Fies possuem critérios próprios de classificação. Em ambos os casos, os alunos precisam ter obtido ao menos 450 pontos na média geral do Enem 2020 e não ter zerado a redação.

Além das notas, os dois processos seletivos são bem rígidos em seus critérios socioeconômicos:

  • O Prouni oferece bolsas de 50% a alunos com renda per capta de até 3 salários mínimos e de 100% a alunos com renda per capta de até 1,5 salários mínimos.
  • O Fies disponibiliza financiamento sem juros a candidatos com renda bruta familiar de até 3 salários mínimos e juros baixos a candidatos com renda bruta familiar de até 5 salários mínimos.

Já o ingresso direto, oferece menos burocracias para a realização de matrículas. Por não depender do governo, a inscrição na modalidade é feita na própria faculdade mediante apresentação da nota do Enem. Para escolher uma boa instituição é preciso se atentar a parâmetros como o reconhecimento do Ministério da Educação.

Para te ajudar nesse processo, separamos algumas universidades reconhecidas pelo MEC que oferecem o ingresso direto:

Veja também: Entenda a diferença entre Sisu, Prouni e Fies

Pronto! Agora que você já sabe como fazer sua inscrição no Sisu 2021, compartilhe sua escolha de curso conosco: Deixe aqui nos comentários o nome da graduação que pretende cursar na faculdade!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!