Lista de aprovados do ProUni 2020: Descubra onde ver!

Será que seu nome estará entre os que ganharam uma bolsa de estudos do ProUni em 2020? Veja aqui!

Em 2020, milhares de estudantes por todo Brasil vão conseguir fazer um curso superior com bolsa do ProUni.

O benefício, que chega a cobrir integralmente o valor do curso, faz a diferença na vida de muita gente.

Para ganhar um presentão desses é preciso passar por um processo seletivo bastante concorrido. Quem tiver uma boa nota no Enem sai na frente na corrida.

Os resultados não demoram a sair e, de lambuja, o programa ainda oferece várias chances de entrar.

A seguir, descubra onde ver a lista de aprovados do ProUni 2020 e todas as chances de conseguir sua bolsa ainda este ano.

Como é a seleção do ProUni 2020

O ProUni é destinado a pessoas que fizeram o ensino médio em escolas da rede pública e têm renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa.

Para participar, é preciso ter feito o Enem 2019 e obtido pelo menos 450 pontos na média das provas, sem ter zerado a redação.

As inscrições abrem duas vezes ao ano. A primeira edição, em fevereiro, é a que distribui a maior quantidade de vagas.

São quase 240 mil bolsas em cursos presenciais e a distância por todo país, sempre em faculdades privadas bem avaliadas pelo MEC.

A seleção se estende por quatro dias. Quem chegar com as maiores notas no Enem terá bem mais chances de ganhar a bolsa.

Ao todo, os participantes podem escolher até duas opções de curso entre o que estiver disponível no sistema.

Os resultados saem dois ou três dias depois do encerramento do processo seletivo.

No primeiro semestre de 2020, as inscrições acontecem entre os dias 28 e 31 de janeiro.

No total, o ProUni dá aos candidatos três chances de conseguir a bolsa em uma mesma edição.

Descubra no próximo tópico como ver a lista dos aprovados em cada uma delas.

Onde ver a lista dos aprovados no ProUni 2020

A primeira chamada do ProUni 2020 do começo do ano sai no dia 4 de fevereiro.

Assim que o MEC liberar acesso aos resultados do ProUni 2020, os participantes poderão acessar o site oficial do programa e conferir se conseguiram ou não a bolsa no curso desejado.

No ProUni não existe o tradicional listão com a relação dos nomes dos aprovados. A consulta é individualizada – afinal, nem dá para imaginar o tamanho de uma lista com 240 mil nomes!

A maioria dos aprovados é convocada na primeira chamada. A partir do momento em que passam no ProUni, os candidatos terão alguns dias para preparar a documentação e levar à faculdade onde conseguiram a bolsa, para validação e posterior liberação do benefício.

Nesse processo, uma boa quantidade de gente desiste da bolsa e outra não consegue comprovar os dados informados durante processo seletivo, o que não é permitido.

Sendo assim, várias bolsas ficam disponíveis novamente.

O MEC tenta distribuir essas bolsas fazendo uma segunda chamada, o que rende uma nova leva de aprovados. Os resultados desta etapa podem ser conferidos também no site do ProUni, no dia 11 de fevereiro.

Só que, ainda assim, sobram bolsas. Para distribuí-las, o ProUni abre a inscrição para a lista de espera entre os dias 6 e 9 de março — que é uma terceira chance de passar.

Na lista, o acesso aos nomes dos aprovados é diferente, já que o processo é coordenado pelas faculdades participantes. Isso significa que o candidato precisa estar em contato constante com a instituição para saber conseguiu vaga.

Ao final de tudo, se ainda houver bolsas disponíveis, o ProUni abre um outro processo seletivo, o das vagas remanescentes — que tem um sistema bastante diferente do ProUni tradicional. De qualquer forma, é uma quarta chance de conseguir a bolsa!

E quem não conseguir bolsa no ProUni 2020, faz o quê?

Após o encerramento do ProUni 2020, começam as inscrições para o FIES 2020, que é o programa de crédito estudantil facilitado do governo federal. Com ele, dá para fazer um curso superior em faculdade privada sem se preocupar com as mensalidades por enquanto.

As parcelas referentes à dívida do financiamento começam a ser cobradas depois da formatura, com juros baixos e prazo bastante longo. O programa também usa a nota do Enem distribuir o benefício. Mas, diferentemente do ProUni, aqui dá para usar o desempenho de qualquer edição do Enem a partir de 2010.

Além do FIES, dá pra contar com a facilidade do ingresso direto. Com ele, quem fez o Enem consegue entrar na faculdade privada sem ter de passar pelo vestibular. Basta apresentar a nota obtida no exame. O modelo é bastante utilizado por instituições de todo país e vale para cursos presenciais e a distância em todas as áreas.

No segundo semestre de 2020, tudo começa novamente — inclusive com uma nova edição do Sisu, que distribui vagas em universidades públicas.

Faculdades que estarão no ProUni 2020

O ProUni tem a grande vantagem de trabalhar apenas com boas faculdades, com qualidade atestada pelo MEC. Isso garante um diploma bem aceito no mercado de trabalho, pode ter certeza!

Abaixo, a gente separou algumas faculdades bem interessantes que estão presentes da maioria das edições do ProUni e, algumas delas, também no FIES. Sem falar que todas aceitam a nota do Enem como forma de ingresso e têm iniciativas próprias de financiamento e bolsas de estudos sem burocracia.

Conheça:

Veja também:

Descubra como conseguir vagas remanescentes do ProUni 2020

Comenta aí o que você achou da forma de divulgação dos resultados do ProUni 2020!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin