dcsimg

Descubra o que é e como funciona a lista de espera do ProUni

Tire todas as suas dúvidas sobre a lista de espera do ProUni agora mesmo!

A lista de espera do ProUni é um recurso utilizado para preencher as vagas remanescentes do programa. Ela existe porque mesmo quando um estudante é selecionado para uma bolsa em determinada faculdade, não significa que ele conseguiu a vaga.

Como muitos estudantes não apresentam a documentação ou não se encaixam nos requisitos necessários para a concessão de bolsas, sempre sobram vagas ― principalmente nos cursos com menor procura.

Essa sobra de vagas é uma oportunidade para quem não conseguiu uma bolsa de estudos na primeira ou segunda chamadas do programa.

Mas como funciona a lista de espera do ProUni? Como saber se fui selecionado e como fazer a matrícula? Responderemos estas e outras questões ao longo deste post, acompanhe!

Como funciona a lista de espera do ProUni?

O processo seletivo para bolsas do ProUni ocorre duas vezes ao ano e é feito em duas etapas. Quando um candidato não é selecionado, ele pode entrar na lista de espera do curso de seu interesse em busca de uma vaga remanescente ― desde que tenha alcançado uma boa pontuação no Enem.

A lista de espera do ProUni funciona com os mesmos critérios das duas primeiras chamadas: são selecionados aqueles que obtiveram as maiores notas. Para participar dessa etapa do processo seletivo, o candidato deve atender a determinados critérios, conheça-os a seguir.

Lista de espera para o curso correspondente à sua primeira opção

Para entrar na lista de espera do ProUni do curso de sua primeira opção, é necessário atender a pelo menos um dos seguintes critérios:

  • não ter sido pré-selecionado nem na primeira nem na segunda chamada;
  • ter sido pré-selecionado na segunda chamada, mas reprovado por não ter formado turma para aquele curso.

Lista de espera para o curso correspondente à sua segunda opção

Para entrar na lista de espera do ProUni da sua segunda opção de curso é necessário atender aos seguintes critérios:

  • não ter sido pré-selecionado nas chamadas regulares para sua primeira opção;
  • ter sido pré-selecionado nas chamadas regulares, mas quando já não havia bolsas disponíveis para sua primeira opção de curso;
  • ter sido pré-selecionado na primeira opção de curso, mas reprovado por não formação de turma.

O que fazer para participar da lista de espera do ProUni?

Após o prazo de inscrição para a primeira e segunda chamadas do ProUni é que o processo seletivo da lista de espera tem início. O período de inscrições costuma começar um mês depois do término da seleção regular.

Como a janela para inscrições é bastante curta e não há divulgação, o candidato preciso ficar esperto. No geral, quando as inscrições para a lista de espera começam, o candidato tem dois ou três dias para colocar seu nome na lista de espera.

Vale ressaltar que a lista não é gerada automaticamente, por isso, é necessário que o candidato acesse a página do ProUni e escolha a opção “manifestar interesse em participar da lista de espera”.

E atenção: essa etapa é exclusiva para candidatos que participaram da mesma edição do programa, mas não foram selecionados. A lista de espera não aceita inscrição de novos candidatos.

Depois de encerrado o período de inscrições, o sistema do ProUni divulga para as instituições os nomes dos interessados. Em seguida, as faculdades começam a convocar os pretendentes às vagas disponíveis, de acordo com a sequência apontada na lista de espera do ProUni.

O que fazer no caso de ser selecionado na lista de espera do ProUni?

Você deve comparecer à faculdade escolhida, munido de todos os documentos necessários para a realização da matrícula. Vale lembrar que são muitos papéis pedidos pelas instituições ― comprovantes das informações prestadas no ato da inscrição. Geralmente, são solicitados documentos de identidade e comprovantes de renda de todos os membros do núcleo familiar, além de documentos escolares.

Para não perder os prazos, o ideal é reunir toda a documentação já no início da primeira chamada do ProUni. Dessa forma, você não é pego desprevenido e não perde a oportunidade de conseguir sua bolsa de estudos.

Onde estudar com uma bolsa do ProUni?

Há diversas faculdades e universidades espalhadas pelo país que participam do ProUni. O programa oferece o benefício para cursos superiores tecnológicos, bacharelados e licenciaturas, nas modalidades presencial e EAD.

Agora, embora você tenha diversas opções de cursos e instituições, é importante ficar atento à qualidade da faculdade na qual pretende se matricular. Isso porque a qualidade da instituição fará toda a diferença em seu futuro profissional.

A seguir, indicamos algumas faculdades reconhecidas pelo MEC onde você pode conseguir uma bolsa integral ou bolsa parcial (50%) pelo Programa Universidade para Todos. Confira:

Veja também:

Anhanguera 2018: vestibular, inscrições, cursos e mais

Faculdades que aceitam ProUni

Este post foi suficiente para tirar todas as suas dúvidas sobre como funciona a lista de espera do ProUni? Conte para nós deixando seu comentário logo abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin