Saiba qual é a nota de corte do ProUni 2021 para o seu curso

Se você tem vontade de ganhar uma bolsa de estudos, com certeza está curioso para saber qual a nota de corte do ProUni 2021! Não é verdade?

Para quem não sabe, ProUni é a sigla para Programa Universidade para Todos. Este é um programa voltado para quem deseja receber uma bolsa parcial ou total de estudos em instituições de ensino particulares. Ele acontece duas vezes por ano, no início do primeiro semestre do ano e no início do segundo.

Através da pontuação no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), é possível concorrer a oportunidades como estas, além de entrar na disputa por vagas pelo SISU (Sistema de Seleção Unificada), que oferece vagas em universidades públicas e pelo FIES (Financiamento Estudantil), que possibilita o parcelamento do valor total de um curso de graduação em uma faculdade particular.

Qual é a nota de corte do ProUni 2021?

A nota de corte do ProUni 2021 funciona de acordo com a nota dos demais concorrentes. Ou seja, tudo depende do curso e da instituição de ensino que você escolher! Se os demais candidatos – que concorrem com você por uma bolsa – tiverem um desempenho alto no ENEM, a nota de corte sobe. Do contrário, ela desce.

Na maior parte das provas, vestibulares e afins, o sistema de “Nota de corte” funciona desta maneira. Além disso, existem alguns critérios necessários para ter acesso ao ProUni. Dentre eles, é necessário ter pontuação de pelo menos 450 pontos na média das provas do ENEM e o candidato não pode ter zerado a redação.

E para quem acha que começar um cursos superior por meio do ProUni 2021 é moleza, dá só uma olhada nas menores e maiores notas de corte para passar nos cursos mais populares do ProUni2021:

  • Administração: entre 610 e 680 pontos
  • Agronomia: entre 540 e 650 pontos
  • Arquitetura e Urbanismo: entre 610 e 730 pontos
  • Artes Visuais: entre 455 e 695 pontos
  • Biomedicina: entre 640 e 715 pontos
  • Ciências Biológicas: entre 625 e 730 pontos
  • Ciências Contábeis: entre 460 e 640 pontos
  • Ciências Econômicas: entre 680 e 730 pontos
  • Comércio Exterior: entre 450 e 705 pontos
  • Direito: entre 660 e 703 pontos
  • Educação Física: entre 595 e 610 pontos
  • Empreendedorismo: entre 500 e 605 pontos
  • Enfermagem: entre 565 e 710 pontos
  • Engenharia Civil: entre 590 e 740 pontos
  • Engenharia de Produção: entre 600 e 715 pontos
  • Engenharia Elétrica: entre 625 e 760 pontos
  • Farmácia: entre 565 e 765 pontos
  • Fisioterapia: entre 560 e 755 pontos
  • Gastronomia: entre 605 e 635 pontos
  • Gestão Comercial: entre 455 e 680 pontos
  • Gestão de Recursos Humanos: entre 460 e 715 pontos
  • Jornalismo: entre 455 e 725 pontos
  • Letras (Português/Inglês): entre 500 e 735 pontos
  • Logística: entre 455 e 660 pontos
  • Marketing: entre 455 e 700 pontos
  • Medicina Veterinária: entre 600 e 750 pontos
  • Medicina: entre 710 e 815 pontos
  • Nutrição: entre 460 e 715 pontos
  • Odontologia: entre 520 e 745 pontos
  • Pedagogia: entre 480 e 655 pontos
  • Psicologia: entre 470 e 735 pontos
  • Publicidade e Propaganda: entre 550 e 705 pontos
  • Radiologia: média de 655 pontos
  • Segurança no Trabalho: entre 455 e 630 pontos
  • Serviço Social: entre 460 e 700 pontos

Na verdade, esta estimativa é baseada nos anos anteriores de prova. De ano para ano, é claro que acontecem algumas mudanças, tanto para notas maiores quanto para notas menores. Mas, de maneira geral, estas costumam ser as notas médias.

Como entrar na faculdade pela nota de corte do ProUni 2021?

Para concorrer a uma bolsa através da nota de corte do ProUni 2021 é preciso mandar bem no ENEM. É claro que se o seu curso tiver um histórico de baixa ou média concorrência, tudo se torna um pouco mais fácil. Mas para quem quer um curso mais concorrido, é necessário se dedicar aos estudos e mandar super bem no ENEM!

guia-da-carreira-estudante-prouni-2021

Ademais, o ProUni envolve todos os candidatos da prova ao redor do país. Ou seja, quanto mais gente for se inscrevendo para a vaga que você quer, a nota vai oscilando – tanto para mais quanto para menos.

A nota de corte do ProUni 2021 aumentou muito para a sua opção? Não desista, afinal, é possível ir escolhendo outros cursos e outras faculdades no sistema do ProUni 2021. É claro que, dependendo dos candidatos que demonstraram interesse por esta vaga, a nota também acaba mudando.

Quer uma dica de ouro neste momento? Cursos na modalidade EAD (ensino a distância) costumam ter notas de corte menores!

Quem pode se inscrever no ProUni 2021?

Assim como a gente já te disse anteriormente, existem alguns critérios além da nota de corte do ProUni 2021, como ter tirado 450 pontos médios na prova do ENEM e não ter zerado a prova de redação.

Portanto, é obrigatório ter realizado a prova anterior do ENEM. Ou seja, só irão concorrer por vagas no ProUni 2021 aqueles alunos que fizeram a prova no ENEM e que, portanto, têm a possibilidade de concorrer.

Além disso, é necessário ter feito o ensino médio em escolas públicas (quem tem ensino superior completo não pode participar) e ter renda salarial familiar bruta até três salários mínimos por pessoa. Por isso, fique atento ao seu histórico escolar e à sua renda familiar antes de pleitear uma vaga pelo programa. Afinal, é dependendo do perfil do candidato que são disponibilizadas bolsas parciais ou totais aos concorrentes.

Como entrar numa faculdade pelo ENEM?

Quando você faz o ENEM, existe a opção de disputar uma vaga por meio da nota de corte do ProUni 2021. Mas não é só isso! Portanto, se a possibilidade do ProUni não rolar, não fique triste e tente outras alternativas.

Se você ainda não sabe como, a gente te conta. Bom, existe a possibilidade de concorrer a uma vaga completamente gratuita em universidades federais ou estaduais por meio do SISU, o Sistema de Seleção Unificada. Ele também funciona com base na sua pontuação do ENEM e através do sistema de notas de corte. Mas atenção: o SISU é um programa bastante concorrido e as médias podem ser até maiores que no ProUni.

Além disso, existe a possibilidade de fazer o seu curso superior com o FIES dando uma forcinha! O Financiamento Estudantil permite que você parcele o valor total de um curso e acerte o valor apenas ao final da graduação, com juros bem baixos.

Para participar dos dois processos seletivos descritos acima, é necessário ter pelo menos 450 pontos no ENEM e não ter zerado a prova de redação.

Além disso, é super possível entrar em uma boa faculdade, reconhecida pelo MEC, por meio do que chamamos de “ingresso direto”. O ingresso direto é disponibilizado por algumas faculdades particulares através da nota do ENEM.

Por isso, dá só uma olhadinha em faculdades particulares, bem-conceituadas e reconhecidas pelo MEC (Ministério da Educação) que aceitam alunos por meio do sistema de ingresso direto e na modalidade EAD (ensino a distância):

 

Em um momento como o que estamos vivendo, muita gente descobriu que o ensino EAD pode ser uma excelente alternativa. Afinal, para quem tem a agenda apertada e quer economizar com condução e refeição fora de casa, essa modalidade de ensino é a ideal!

Mas se você gosta de estudar presencialmente, também existem boas opções de faculdades conceituadas pelo MEC e que oferecem a possibilidade do ingresso direto, como o Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA).

E aí, o que achou das nossas sugestões para usar a nota do ENEM em uma nova etapa da sua vida? Acha que vai se dar bem na nota de corte do ProUni 2021? Conta pra gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!