Descubra quais são as notas de corte do ProUni 2018

As notas de corte podem ser uma grande pedra no sapato na hora de disputar uma bolsa no ProUni 2018 – mas a gente tem a fórmula de como superá-las!

Quem já participou de alguma edição do ProUni sabe que as notas de corte são um desafio e tanto!

Elas determinam a quantidade de pontos que é necessário ter conseguido no Enem para conquistar o benefício e podem mudar a qualquer momento.

Nesse vai-e-vem, o segredo para se dar bem é conhecer a fundo as notas de corte de cada curso e tomar uma decisão rápida caso seja necessário.

Nos próximos parágrafos, a gente vai compartilhar o segredo para se dar bem nesse processo seletivo. Descubra a seguir quais são as notas de corte do ProUni 2018 e como garantir sua bolsa ainda este ano!

As notas de corte do ProUni 2018

A primeira edição do ProUni 2018, que rolou no comecinho de fevereiro, já deu uma ideia do desempenho que é preciso ter obtido no Enem para conseguir uma bolsa de estudos do governo federal em faculdade particular.

Dependendo do curso e da faculdade, elas podem ir de 450 a quase 800 pontos!

Na segunda edição de 2018, que acontece em junho, o cenário não deve ser muito diferente.

Por isso conhecer as notas de corte médias para o curso desejado é tão importante. Com essa informação estratégica em mãos, você pode escolher o curso que melhor se encaixa na sua pontuação e apenas monitorar as eventuais mudanças nas notas de corte.

Para ajudar você nesse processo, a gente buscou as maiores e menores notas de corte nos principais cursos do ProUni em edições recentes.

Confira:

Administração

  • Mínima: 460 pontos
  • Máxima: 720 pontos

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

  • Mínima: 474 pontos
  • Máxima: 735 pontos

Arquitetura e Urbanismo

  • Mínima: 507 pontos
  • Máxima: 726 pontos

Biomedicina

  • Mínima: 553 pontos
  • Máxima: 713 pontos

Ciências Contábeis

  • Mínima: 461 pontos
  • Máxima: 702 pontos

Comércio Exterior

  • Mínima: 493 pontos
  • Máxima: 647 pontos

Direito

  • Mínima: 515 pontos
  • Máxima: 747 pontos

Educação Física

  • Mínima: 493 pontos
  • Máxima: 648 pontos

Enfermagem

  • Mínima: 560 pontos
  • Máxima: 705 pontos

Engenharia Civil

  • Mínima: 553 pontos
  • Máxima: 740 pontos

Engenharia Elétrica

  • Mínima: 508 pontos
  • Máxima: 712 pontos

Farmácia

  • Mínima: 542 pontos
  • Máxima: 729 pontos

Física

  • Mínima: 517 pontos
  • Máxima: 697 pontos

Fisioterapia

  • Mínima: 521 pontos
  • Máxima: 710 pontos

Gastronomia

  • Mínima: 519 pontos
  • Máxima: 625 pontos

Gestão de Recursos Humanos

  • Mínima: 453 pontos
  • Máxima: 668 pontos

Gestão Financeira

  • Mínima: 451 pontos
  • Máxima: 688 pontos

Jornalismo

  • Mínima: 532 pontos
  • Máxima: 725 pontos

Logística

  • Mínima: 455 pontos
  • Máxima: 650 pontos

Medicina

  • Mínima: 702 pontos
  • Máxima: 783 pontos

Nutrição

  • Mínima: 540 pontos
  • Máxima: 705 pontos

Odontologia

  • Mínima: 592 pontos
  • Máxima: 729 pontos

Pedagogia

  • Mínima: 457 pontos
  • Máxima: 749 pontos

Psicologia

  • Mínima: 556 pontos
  • Máxima: 728 pontos

Publicidade e Propaganda

  • Mínima: 524 pontos
  • Máxima: 705 pontos

Radiologia

  • Mínima: 528 pontos
  • Máxima: 645 pontos

Relações Internacionais

  • Mínima: 484 pontos
  • Máxima: 707 pontos

Turismo

  • Mínima: 456 pontos
  • Máxima: 639 pontos

Como se dar bem na seleção do ProUni 2018

Repare bem nas notas de corte acima. Em grande parte dos cursos (com exceção de Medicina e Odontologia), as notas podem ir de um pouco acima da mínima necessária para participar (que é 450 pontos) até mais de 700 pontos.

Essa variação depende da faculdade, do turno e da cidade onde você quer estudar. É preciso estar bem atento na hora de fazer suas escolhas.

Quando abrem as inscrições, cada candidato pode selecionar até duas opções de vaga, escolhendo fatores como curso, faculdade, unidade, turno e modalidade de concorrência.

Conforme a seleção vai acontecendo, novos candidatos vão chegando e alguns deles podem escolher a mesma vaga. Caso eles tenham uma pontuação no Enem maior que a sua, a nota mínima para passar pode aumentar.

O MEC vai informando as variações com frequência durante os quatro dias que duram a seleção (veja as datas mais adiante).

Nossa dica é: fique ligadíssimo no site ou no aplicativo oficial do ProUni para celulares e acompanhe de perto essas mudanças.

Caso a nota de corte para o curso desejado aumente, você poderá rapidamente mudar de opção (outra faculdade, outro turno, outra cidade) para aquela que comporte a sua pontuação.

Pode acreditar: esse processo simples é o método mais inteligente e eficaz de garantir vaga pelo ProUni.

Você pode fazer isso quantas vezes quiser, até o último minuto do último dia de inscrição. O MEC vai levar em conta a última escolha que você salvou no sistema.

Na maioria dos casos, cursos de licenciatura, superiores de tecnologia e graduações a distância são mais fáceis de conseguir vaga.

Quando acontece a seleção do ProUni 2018

As inscrições para a segunda edição do ProUni 2018 começam no dia 26 de junho e se encerram no dia 29.

Para participar, o candidato precisa obrigatoriamente ter feito o Enem em 2017 e obtido desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas, sem ter zerado a redação.

O interessado precisa se encaixar nos critérios de renda familiar mensal (até três salários mínimos por pessoa) e ter feito todo o ensino médio em escola da rede pública (pode ter estudado em escola particular como bolsista integral também).

Professores efetivos da rede pública de ensino e pessoas com deficiência também podem participar.

Quem tem diploma de nível superior não pode se inscrever no ProUni.

O ProUni concede bolsas integrais e parciais (que pagam 50% da mensalidade), dependendo da renda familiar do participante.

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo site oficial. Para isso, será necessário informar o número de inscrição do Enem 2017 e a senha cadastrada.

Os resultados da primeira chamada devem sair no dia 2 de julho.

Aproveite e anote outras datas importantes do ProUni 2018:

  • 2 a 7 de julho: comprovação das informações para quem for aprovado na primeira chamada
  • 16 de julho: resultado da 2ª chamada.
  • 15 a 23 de julho: comprovação das informações para quem for aprovado na segunda chamada
  • 30 a 31 de julho: inscrição na lista de espera
  • 3 a 6 de agosto: comprovação de informações para quem for chamado na lista de espera

Faculdades onde tentar bolsa pelo ProUni 2018

De uma coisa pode ter certeza: se você passar no ProUni 2018, irá fazer uma faculdade de qualidade reconhecida pelo MEC.

Por lei, o programa é obrigado a fornecer bolsas em faculdades consideradas boas e excelentes. Por isso, pode ir sem medo!

Que tal conhecer agora mesmo algumas faculdades que estarão no ProUni 2018?

Veja também:

Saiba como usar o Enem de anos anteriores

Quantos pontos você fez no Enem 2017? Vai tentar vaga em qual curso? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin