Notas de corte Sisu 2020 por curso e algumas universidades

A nota de corte do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2020 é a menor nota entre os candidatos que fizeram o Enem 2019 e se inscreveram nesse programa do governo, gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC). O Sisu é um programa que seleciona candidatos para ocupar vagas em universidades estaduais e federais de todo o país e o critério de seleção é o desempenho na prova. Ou seja, aqueles com a maior nota garantem as vagas disponíveis em cada Instituição de Ensino Superior.

estudante

Atualização: o Inep divulgou as notas do Enem 2020! Saiba como ver a sua!

As notas de corte variam bastante conforme o curso e universidade escolhida, podendo ultrapassar os 800 pontos para Medicina, que costuma ser a graduação mais concorrida.

Essa variação ocorre, porque a nota de corte é a menor nota entre todos os inscritos em determinado curso. Então ela se altera de acordo com o desempenho dos estudantes na prova.

Por isso, esteja atento às notas de corte divulgadas pelo MEC do Sisu 2020 por curso e também às notas médias, mínimas e máximas de algumas universidades que participam do programa.

Notas de corte do Sisu 2020 por curso

As notas de corte parciais do Sisu podem ser consultadas durante o período de inscrições do programa, mas também são disponibilizadas no banco de dados do MEC, após o a conclusão do processo seletivo. Confira a nota de corte do Sisu 2020, com dados divulgados pelo Ministério da Educação:

  • Administração –  551,41 pontos
  • Agronomia –  552,14 pontos
  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas –  567,08 pontos
  • Arquitetura e Urbanismo –  665,26 pontos
  • Biblioteconomia –  529,38 pontos
  • Biomedicina – 682,05 pontos
  • Ciência da Computação – 590,74 pontos
  • Ciências Biológicas – 523,01 pontos
  • Ciências Contábeis – 568,22 pontos
  • Ciências Econômicas – 565,34 pontos
  • Ciências Sociais –  541,62 pontos
  • Comunicação Social – 690,49 pontos
  • Design –  630,46 pontos
  • Direito – 666,68 pontos
  • Educação Física –  551,97 pontos
  • Enfermagem –  641,25 pontos
  • Engenharia Agrícola – 579,44 pontos
  • Engenharia Ambiental – 586,50 pontos
  • Engenharia Civil – 610,82 pontos
  • Engenharia de Alimentos –  559,58 pontos
  • Engenharia de Petróleo e Gás –  708,78 pontos
  • Engenharia de Produção –  602,12 pontos
  • Engenharia Elétrica –  610,14 pontos
  • Engenharia Química –  644,40 pontos
  • Estatística –  577,17 pontos
  • Farmácia –  648,16 pontos
  • Filosofia –  556,30 pontos
  • Física –  517,45 pontos
  • Fisioterapia –  660,08 pontos
  • Fonoaudiologia –  636,24 pontos
  • Geografia –  517,76 pontos
  • História –  542,66 pontos
  • Jornalismo –  597,80 pontos
  • Letras –  531,02 pontos
  • Matemática – 493,71 pontos
  • Medicina –  753,19 pontos
  • Medicina Veterinária –  652,19 pontos
  • Nutrição –  647,92 pontos
  • Odontologia –  699,07 pontos
  • Pedagogia –  522,20 pontos
  • Psicologia –  655,02 pontos
  • Publicidade e Propaganda –  648,17 pontos
  • Química –  503,80 pontos
  • Relações Internacionais – 659,36 pontos
  • Relações Públicas – 615,16 pontos
  • Serviço Social –  564,73 pontos
  • Turismo –  536,79 pontos
  • Zootecnia –  541,67 pontos

Notas de corte do Sisu 2020 por universidade

Além do curso, ao se inscrever no Sisu também é preciso escolher uma universidade. A seguir, é possível conferir as notas de corte aproximadas do Sisu 2020 para algumas das principais universidades que participam do Sistema de Seleção Unificada:

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

  • Nota de corte média: 706,33 pontos
  • Menor nota de corte: 628,86 pontos (Engenharia Florestal)
  • Maior nota de corte: 794,96 pontos (Medicina)

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

  • Nota de corte média: 725,15
  • Menor nota de corte: 658,38 pontos (Letras – Português e Árabe)
  • Maior nota de corte: 813,55 (Medicina)

Universidade Federal de Goiás (UFG)

  • Nota de corte média: 658,96 pontos
  • Menor nota de corte: 528,15 pontos (Química)
  • Maior nota de corte: 782,35 pontos (Medicina)

Universidade Federal do Ceará (UFC)

  • Nota de corte média: 673,31 pontos
  • Menor nota de corte: 611,68 pontos (Sistemas de Informação)
  • Maior nota de corte: 786,80 pontos (Medicina)

Universidade Federal do Paraná (UFPR)

  • Nota de corte média: 686,66 pontos
  • Menor nota de corte: 559,04 pontos (ABI-Ciências Exatas)
  • Maior nota de corte: 793,18 pontos (Medicina)

Universidade de Brasília (UNB)

  • Nota de corte média: 705 pontos
  • Menor nota de corte: 641 pontos (Ciências Naturais)
  • Maior nota de corte: 819 pontos (Medicina)

Para saber mais sobre o Sisu, assista ao vídeo abaixo:

O que fazer se eu não passar no Sisu?

Se você não conseguir uma vaga na universidade pública pelo Sisu 2020, não se desespere. O Sisu não possui um limite de inscrições, portanto, você pode se candidatar quando as inscrições abrirem novamente, nas próximas edições. Também é possível aproveitar a nota do Enem 2019 para entrar em uma faculdade por meio de outros programas do governo, ou pelo ingresso direto em instituições que aceitam a nota do Enem. Saiba mais detalhes sobre essas opções logo abaixo.

ProUni

Uma das alternativas é o ProUni, programa do governo federal que oferece bolsas de 100% e de 50% em faculdades particulares de todo o país. O programa abre inscrições duas vezes ao ano, normalmente nos meses de janeiro e junho.

Os participantes do Enem 2019 poderão participar do ProUni 2020, desde que cumpram os pré-requisitos e critérios socioeconômicos do programa.

Os pré-requisitos para se inscrever são: ter participado do Enem 2019 com pontuação geral igual ou maior que 450 e nota maior que zero na redação.

Já os critérios socioeconômicos incluem: ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou como bolsista integral em escola privada,  bem como limites de renda familiar mensal que não devem ultrapassar 1,5 salário mínimo por pessoa, para as bolsas integrais, ou três salários mínimos por pessoa, no caso das bolsas parciais. A comprovação de renda acontece por meio da apresentação de uma série de documentos pessoais do candidato e seus familiares. Se aprovado, o candidato deve renovar a bolsa de estudos a cada semestre, como garantia de que sua situação financeira não mudou.

Também há notas de corte no ProUni, que podem ser próximas às do Sisu para cursos mais disputados, como Medicina e Odontologia. O ProUni é adepto do sistema de cotas raciais, que reserva uma parte das vagas para pessoas pretas, pardas e indígenas.

Ingresso direto em faculdades particulares

Muitas faculdades privadas aceitam a nota do Enem como critério de seleção, dispensando o candidato de fazer a prova do vestibular. Já outras, a utilizam como complemento. Ou seja, além do vestibular próprio, a instituição também utiliza a nota do Enem para avaliar o candidato.

Além disso, há instituições que oferecem bolsas de estudos de até 100% para os candidatos que escolhem o ingresso direto com a nota do Enem, ou descontos nas mensalidades da graduação.

Como as bolsas são concedidas diretamente pelas faculdades, o processo é bem mais simples e rápido do que no ProUni, sem falar que as notas de corte para todos os cursos costumam ser bem mais baixas. Para saber se a instituição de seu interesse oferece bolsas ou descontos para quem foi bem no Enem, acesse o site da universidade ou entre em contato com a secretaria.

Onde estudar?

Uma formação de nível superior pode aumentar as chances de conseguir um emprego, ser promovido ou até mesmo possibilitar um aumento salarial. De acordo com m levantamento da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), pessoas com nível superior ganham mais que o dobro do que aquelas que não possuem.

Antes de ingressar em um curso, porém, é importante verificar se ele é autorizado e reconhecido pelo MEC, pois isso garante que o diploma tenha validade em todo o território nacional. A autorização e o reconhecimento são procedimentos adotados pelo MEC quando um curso é criado, e isso garante que ele atenda aos requisitos básicos determinados pelo órgão, como infraestrutura e corpo docente.

Segue uma pequena lista de faculdades autorizadas e bem avaliadas pelo MEC onde você pode aproveitar a nota do Enem 2019 para entrar direto e ainda receber descontos nas mensalidades:

Veja também:
Entenda como funcionam as notas de corte do ProUni
Conheças as faculdades que aceitam a nota do Enem 2019

Depois de se informar sobre as notas do Sisu 2020, responda nos comentários: qual faculdade você quer fazer?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!