dcsimg

Quanto preciso tirar no Enem 2019 pra conseguir bolsa?

As notas mínimas do Enem 2019 podem variar de acordo com o curso. Dê uma olhada aqui!

Uma das maiores vantagens do Enem é poder usar o desempenho obtido no exame para fazer uma graduação com bolsa de estudos.

Todos os anos o governo federal e as próprias faculdades vão dar chances para quem quer tentar um benefício tão importante!

Inclusive, é assim que milhares de pessoas vão estudar numa faculdade privada em 2020.

Quer saber como garantir a sua?

Veja quanto é preciso tirar no Enem 2019 para conseguir bolsa – e onde encontrar as melhores faculdades para estudar!

Como conseguir bolsa de estudos com o Enem 2019

O caminho mais lógico para quem busca um bolsa de estudos com a nota do Enem 2019 é se inscrever no ProUni.

Todos os anos, o Programa Universidade para Todos concede cerca de 300 mil bolsas em faculdades particulares de todo o Brasil, distribuídas em duas grandes seleções, que para início das aulas no primeiro e no segundo semestre.

A participação nas duas edições de 2020 vai exigir alguns esforços do candidato.

Primeiro ele precisa ter feito o Enem em 2019, sem poder ter zerado a redação, e ainda apresentar pontuação de pelo menos 450 na média das provas.

Em seguida, terá de se encaixar nos critérios de renda, que é de até três salários mínimos por pessoa do grupo familiar.

O Ministério da Educação (MEC) ainda pede que o candidato tenha feito todo o ensino médio em escola da rede pública, ou na particular como bolsista integral.

E isso é só o começo. O desafio mesmo vem na sequência: a seleção.

O ProUni é um processo seletivo bastante concorrido. Quem quer garantir vaga no curso desejado precisa, na maioria dos casos, entrar na disputa com uma nota bem acima do mínimo necessário – que você vai ver no próximo tópico.

Durante o período de seleção, que dura em média quatro dias, o candidato precisa ficar de olho nas variações da nota de corte para o curso escolhido, que pode mudar conforme novos participantes vão entrando no páreo.

É possível trocar de primeira e segunda opções quantas vezes for preciso na tentativa de garantir a vaga. A última escolha salva no sistema é a que será levada em conta na hora de consolidar a lista dos selecionados.

O ProUni trabalha com cotas e com concorrência geral.

A bolsa pode ser parcial ou integral, dependendo do perfil socioeconômico do estudante.

Professores do ensino fundamental e médio e pessoas com deficiência podem participar do programa sem precisar atender a todos os requisitos acima.

O ProUni oferece bolsas em cursos presenciais e a distância por todo o Brasil.

Alternativas ao ProUni

Existem outras formas de conseguir bolsa de estudos além do ProUni, obviamente.

O problema é que essas alternativas não têm uma oferta tão ampla quanto o programa do governo federal. De qualquer forma, veja como conseguir algumas:

  • Verifique a oferta disponível nas próprias faculdades. Muitas concedem bolsas aos estudantes com melhores desempenho no vestibular local ou aos que têm nota excepcional no Enem.
  • Consulte os programas disponíveis na secretaria de educação do seu estado. Algumas concedem bolsas a estudantes de baixa renda.
  • Uma boa alternativa podem ser os programas de desconto das faculdades ou os sites de bolsas parciais, amplamente disponíveis na internet.

Quanto preciso tirar no Enem 2019 para conseguir bolsas

As notas de corte do ProUni podem variar bastante de acordo com a edição, mas a verdade é que os cursos mais procurados, como Medicina, sempre exigem as pontuações mais altas – às vezes mais, às vezes menos, mas sempre no topo da pirâmide.

A gente separou abaixo o desempenho médio de alguns cursos nas edições mais recentes do ProUni.

Veja:

Acima de 700 pontos: Medicina, Design de Games, Engenharia de Materiais e Nanotecnologia, Engenharia Aeronáutica.

Entre 650 e 700 pontos: Artes Cênicas, Engenharia Civil, Comunicação e Multimeios, Cinema, Ciências Aeronáuticas.

Entre 600 e 650 pontos: Geologia, Ciências Atuariais, Rádio e TV, Enfermagem, Engenharia de Energia, Desenho Industrial, Engenharia de Produção, Odontologia, Engenharia Automotiva, Biotecnologia, Pilotagem de Aeronaves, Desenvolvimento de Sistemas, Engenharia de Bioprocessos, Música – Composição, Medicina Veterinária, Produção Cultural, Engenharia Mecatrônica, Estatística, Engenharia da Computação, Engenharia de Telecomunicações, Oceanografia, Farmácia, Digital Influencer, Geoprocessamento, Direito, Nutrição, Biomedicina, Engenharia de Alimentos, Audiovisual, Arquitetura e Urbanismo.

Entre 470 e 600 pontos: Design de Moda, Segurança da Informação, Engenharia Agronômica, Fisioterapia, Teatro, Fonoaudiologia, Psicologia, Jornalismo, Administração, Relações Internacionais, Matemática, Publicidade e Propaganda, Zootecnia, Estética e Cosmética, Gastronomia, Design Gráfico, Ciências Sociais, História, Pedagogia, Gestão Hospitalar, Ciências Contábeis, Radiologia, Educação Física, Letras, Marketing, Gestão Financeira, Agronegócio.

Onde conseguir bolsa com a nota do Enem 2019

Centenas de faculdades particulares participam todos os anos do ProUni.

O programa tem a imensa vantagem de só conceder bolsas em instituições bem avaliadas pelo MEC – o que dá a certeza ao estudante de que seu diploma será bem aceito no mercado de trabalho mais adiante.

Se você vai buscar bolsa por outros programas, atente-se ao reconhecimento formal da faculdade junto ao governo e se tem um bom desempenho na avaliação do MEC.

Se estiver tudo em ordem, pode ir com tranquilidade. O mercado espera por você.

Abaixo, a gente selecionou algumas boas faculdades onde você pode tentar bolsa pelo ProUni ou por outros programas.

Confira:

Veja também:

Conheça quais são os principais assuntos do Enem 2019

Tudo pronto para conseguir sua bolsa em 2020? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin