dcsimg

A Uniasselvi é reconhecida pelo MEC? Descubra

Quer saber se a Uniasselvi é autorizada e certificada pelo Ministério da Educação? Clique para saber!

Se você está pensando em fazer um curso na UNIASSELVI, mas está inseguro em relação à credibilidade dela, veio ao lugar certo. Neste texto, vamos falar um pouco sobre as características da instituição e dizer como o MEC se posiciona sobre a faculdade.

Com essas informações, você sairá deste texto com segurança para fazer sua escolha bem informado.

Um pouco da história da UNIASSELVI

A história da UNIASSELVI teve início no ano de 1999, quando foi fundada, na cidade de Indaial (Santa Catarina), a Associação Educacional Leonardo Da Vinci (ASSELVI), pela ação do professor José Tafner.

Um ano depois, em 2000, as matrículas já tinham tido grande crescimento e a instituição se tornou as Faculdades Integradas do Vale do Itajaí (FACIVI). Já em 2004, apenas 4 anos depois, tornou-se o Centro Universitário Leonardo da Vinci (UNIASSELVI) e passou a oferecer cursos na modalidade de ensino a distância (EAD).

Como efeito do seu crescimento e expansão, fundiu-se com a Faculdade Metropolitana de Blumenau (FAMESUL), a Faculdade Metropolitana de Guaramirim (FAMEG) e a Associação Educacional do Vale do Itajaí-Mirim (ASSEVIM) e o Instituto Catarinense de Pós-graduação (ICPG). Como resultado de todas essas uniões, a UNIASSELVI se tornou o maior grupo de ensino privado do estado de Santa Catarina.

Hoje, a instituição já soma 350 polos de apoio EAD e 10 unidades de ensino presencial, estando presente em todas as regiões do Brasil. Ela oferece mais de 100 cursos de graduação e pós-graduação, divididos em ensino presencial e ensino a distância.

O credenciamento, a autorização e o reconhecimento pelo MEC

Esses três passos são realizados em uma sequência temporal e garantem que uma instituição está amparada pelo Ministério da Educação. Vamos conhecer esses passos e saber como a UNIASSELVI está em relação a eles.

O credenciamento da UNIASSELVI junto ao MEC

O credenciamento é o primeiro passo que garante uma ligação direta de uma instituição de ensino superior com o MEC. Para alcançar esse passo, a Instituição de Ensino Superior (IES) deve solicitar o credenciamento junto ao MEC, que divulgará a aprovação ou não aprovação.  No caso dos cursos da UNIASSELVI, os credenciamentos estão em dia, pois os cursos presenciais foram credenciados em 1999 e os cursos EAD em 2005.

A autorização da UNIASSELVI junto ao MEC

Após estar credenciada, a instituição precisa solicitar a autorização do MEC para cada curso de graduação que vai oferecer. Por isso, a autorização de cada um dos cursos é avaliada separadamente pelo órgão superior de educação.

Esse processo de autorização do MEC depende de avaliação realizada por especialistas na área, que avaliam uma série de pré-requisitos que a instituição deve cumprir.

No caso da UNIASSELVI, todos os cursos de graduação que ela possui atualmente são autorizados pelo MEC.

O reconhecimento da UNIASSELVI pelo MEC

O reconhecimento de uma instituição de ensino superior por parte do MEC deve ser solicitado quando o curso de graduação tiver completado 50% de sua carga horária. A importância desse reconhecimento é muito grande, já que é por meio dele que o diploma emitido pela instituição passará a ter validade nacional.

Essa instituição passará a ser reconhecida quando algumas avaliações forem feitas pelo MEC. Entre essas avaliações, destacamos as duas mais importantes: o Conceito Institucional (CI) e o Índice Geral de Cursos (IGC).

  • CI:  é definido com base em visitas realizadas presencialmente por representantes do MEC nas faculdades para observar a infraestrutura e outros aspectos.
  • IGC:  é obtido por meio da média das notas de todos os cursos de determinada faculdade.

Essas duas avaliações apresentam uma escala que varia de 1 a 5, em que as notas a partir de 3 são consideradas positivas, e as notas 1 e 2 indicam qualidade regular ou ruim, sendo pouco indicadas para pessoas que querem concluir um curso de qualidade.

No caso da Uniasselvi, a nota de CI é de 4 pontos e a e IGC é de 3 pontos, o que revela uma faculdade bem avaliada.

A importância de uma faculdade reconhecida pelo MEC

Uma pergunta é importante para iniciar: por que é tão importante que uma faculdade seja reconhecida pelo MEC? Bom, a resposta é que uma instituição reconhecida significa que ela tem autorização definitiva para funcionar e atende aos padrões exigidos pelo MEC.

Essas avaliações das faculdades brasileiras têm como objetivo permitir aos alunos e à sociedade em geral conhecer a qualidade das instituições de ensino superior no Brasil.

Obviamente, com o aumento de faculdades e cursos na última década, não é raro que surjam instituições que não estão preparadas para oferecer um ensino adequado e formar bem os seus alunos e profissionais para o futuro.

Dessa forma, além de tornar pública a informação sobre a qualidade das faculdades brasileiras, esses índices também permitem à própria faculdade melhorar os cursos que já oferece por meio de mais investimentos nas áreas necessárias, como infraestrutura, biblioteca, laboratórios e contratação de professores.

Outras boas faculdades que também são reconhecidas pelo MEC

Além da UNIASSELVI, há outras instituições de ensino superior que estão em dia com o MEC e são bem avaliadas. Por isso, apresentamos aqui a seleção de algumas que recomendamos por suas boas notas obtidas nos índices do MEC e terem tradição de muitos anos no ensino superior. Vale a pena conhecer mais de perto:

Veja também:

Guia das Profissões

As informações que reunimos aqui para você sobre a UNIASSELVI e os processos de reconhecimento do MEC foram úteis? Já se decidiu sobre qual curso vai fazer? Conte um pouco dos seus planos, deixando um comentário logo abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin