Sisu 2022: inscrições para o segundo semestre já estão abertas

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificado (Sisu) do segundo semestre de 2022 começam hoje, dia 28 de junho e vão até o dia 1º de julho. Os interessados devem se inscrever pelo site oficial do programa.

Encontre bolsas de estudo de até 80%

O resultado do processo será divulgado no dia 6 de julho e o prazo para manifestar interesse na lista de espera está previsto para ser de 6 a 18 de julho de 2022. 

Conforme informado pelo Ministério da Educação (MEC), nesta edição do Sisu serão ofertadas 65.932 vagas em 2.043 cursos de graduação para 73 instituições públicas de ensino superior. Os cursos com as maiores ofertas de vagas são PedagogiaAdministraçãoMatemáticaCiências BiológicasQuímicaDireitoFísicaMedicinaEngenharia Civil Engenharia Elétrica.

Os candidatos podem fazer a consulta da oferta de vagas por município, instituição de ensino e cursos no portal Acesso Único.

O que é e como funciona o Sisu?

O Sisu é um programa do governo que oferece vagas para cursos em universidades públicas de todo o território nacional por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No primeiro semestre de 2022, o programa ofereceu mais de 220 mil vagas em todo o Brasil. 

Diferente de outros programas como o Programa Universidade Para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o Sisu se direciona apenas às instituições de ensino superior públicas. O Sisu abre as inscrições duas vezes por ano: no primeiro e no segundo semestre. 

Leia mais: Sisu 2022/2: MEC libera consulta de vagas disponíveis

+ Como funciona o Sisu do 2º semestre?

Quem pode participar do Sisu do 2º semestre?

Para poder se inscrever e participar do programa, alguns critérios são exigidos. Confira abaixo quais são eles:

  • Não ser treineiro: ou seja, candidato que não concluiu o Ensino Médio e fez a prova do Enem apenas para testar os conhecimentos;
  • Ter feito o Enem de 2021: o Sisu só aceita inscrições de quem fez a edição mais recente do exame, então se você fez uma edição anterior a essa, saiba que não será possível usar sua nota;
  • Não ter zerado a redação do Enem.

Diferentemente de outros programas do governo, o Sisu não exige nota mínima na média geral do Enem, porém algumas faculdades podem exigir um resultado mínimo para quem deseja se candidatar em alguma de suas vagas. Por isso, fique atento a esse detalhe ao fazer a sua inscrição!

Veja também: Vai ter Sisu no segundo semestre?

+ Veja o edital completo do Sisu do segundo semestre de 2022

Como se inscrever no Sisu do segundo semestre?

Após serem abertas as inscrições do Sisu, os interessados devem se inscrever por meio do site oficial do programa, de forma totalmente on-line. Lembrando que, para acessar a plataforma, é necessário fazer login com seus dados pessoais e senhas. 

No momento da inscrição o candidato deverá escolher até duas opções de cursos que deseja concorrer. A primeira opção é prioritária sobre a segunda, ou seja, o sistema vai dar preferência para aquela que você colocou em primeiro. Por isso, é indicado definir corretamente qual curso vai em qual opção. 

Após já ter selecionado os cursos, é só confirmar as opções escolhidas. Além disso, o participante do Sisu deve ficar atento à variação das notas de corte dos cursos escolhidos e também à classificação parcial durante o período de inscrição. Durante o período das inscrições, o candidato ainda tem chance de mudar as opções de curso escolhidas. 

Saiba mais: Quem se inscreveu no Sisu pode participar do Prouni?

+ Sisu 2022: confira as faculdades disponíveis

Quais faculdades participam do Sisu?

Na edição do segundo semestre de 2022, com exceção de Rondônia, Mato Grosso, Pará, Sergipe e Tocantins, faculdades de todos os estados brasileiros participam do programa. É claro que de uma edição para outra a lista de instituições pode mudar, mas geralmente não há muita variação.

Normalmente, os candidatos podem fazer a consulta de vagas e universidades participantes alguns dias antes do início das inscrições, pelo próprio site oficial do programa. Pensando em ajudar os candidatos a se preparar, separamos uma listagem com as faculdades que costumam aderir ao Sisu. Conheça as instituições participantes do Sisu 2022/2 aqui

Tem como simular a minha nota do Enem no Sisu?

Para você que deseja ter uma noção da nota necessária para ingressar no curso dos seus sonhos pelo Sisu, a Quero Bolsa criou o simulador de nota de corte da Quero Bolsa. A plataforma é gratuita e nela é possível simular qual universidade e curso você pode ingressar por meio de sua nota do Enem. Acesse neste link

Além do Sisu, como posso entrar na faculdade?

Se a sua nota não for suficiente para concorrer a uma vaga no Sisu, saiba que ainda é possível ingressar em uma universidade, por meio de outros programas do governo, como o Prouni e o Fies. 

Além disso, é possível prestar o vestibular de diversas faculdades e até mesmo concorrer a uma bolsa de estudo sem comprovar renda e sem precisar ter feito o Enem. Confira abaixo:

Prouni 

O Prouni é um programa do governo destinado a estudantes de baixa renda. Com ele é possível fazer uma graduação em instituições de ensino superior com bolsa integral ou parcial. Para concorrer a uma bolsa integral, de 100%, é necessário comprovar renda familiar bruta por pessoa de até 1,5 salário mínimo. Já para a bolsa parcial, de 50%, o valor é de 1,5 a 3 salários mínimos.

É importante destacar que, em 2022 foi aprovada a medida provisória (MP) que amplia o acesso ao Prouni. Assim, a partir de julho, os alunos de escolas particulares também poderão se inscrever no programa. Antes apenas estudantes bolsistas podiam se candidatar.

Leia mais: Veja 5 estratégias para se inscrever no Sisu

+ 10 faculdades de Pedagogia com menor nota de corte no Sisu

Fies

O Fies é um programa voltado para auxiliar os estudantes a entrar na faculdade por meio do financiamento estudantil. No Fies são disponibilizadas três modalidades de financiamento, sendo uma com taxa de juros zero. Para participar do programa é necessário possuir renda familiar bruta de até cinco salários mínimos por pessoa.

Para conseguir se inscrever, o candidato precisa ter feito alguma edição do Enem a partir de 2010, ter atingido nota mínima de 450 pontos na média geral da prova e não ter zerado a redação. 

Vestibular 

Algumas faculdades privadas possuem vestibulares próprios que permitem o ingresso dos alunos em seus cursos. Cada processo seletivo ou prova vai ser diferente de acordo com a instituição de ensino, mas em algumas é possível até fazer a prova online, sem sair de casa. 

Para não perder nenhum prazo ou data importante, o candidato precisa ficar atento e acompanhar todo o calendário do processo seletivo, que normalmente fica disponível no próprio site da faculdade. 

Leia também: 30 faculdades de Enfermagem com menor nota de corte no Sisu

+ Veja quais são os 50 cursos mais fáceis de entrar pelo Sisu

Quero Bolsa

Outra forma de conseguir entrar no ensino superior e que alguns ainda não conhecem é pela Quero Bolsa, a maior plataforma de bolsas de estudo da América Latina. No site da plataforma é possível encontrar bolsas de até 80% em centenas de cursos presenciais ou a distância de mais de mil instituições de ensino espalhadas pelo país. 

Uma das principais vantagens é que para garantir a sua bolsa não é necessário comprovar critérios de renda ou ter feito o Enem. Além disso, todas as instituições são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Confira abaixo algumas delas que oferecem condições especiais de mensalidade:

Confira também: Sisu 2022: veja as menores notas de corte do último ano

+ Sisu 2022: veja as notas de corte parciais dos cursos mais procurados

+ Sisu 2022: MEC retira dupla classificação após reclamações de estudantes

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin