dcsimg

Conheça a profissão bioengenharia e veja onde estudar

Veja como a bioengenharia tem se tornado uma das carreiras mais importantes do século e descubra como entrar na profissão!

É possível unir engenharia e biologia e explorar uma das áreas do mercado com maior potencial de crescimento nos próximos anos.

A bioengenharia tem tudo pra ser uma das profissões essenciais para o desenvolvimento da humanidade daqui para frente: pode anotar!

O melhor é que o curso já começa a se multiplicar pelas faculdades brasileiras – uma oportunidade e tanto pra você que quer seguir essa carreira!

A seguir, conheça a profissão bioengenharia e veja onde estudar!

A profissão bioengenharia

O bioengenheiro une duas áreas essenciais para o desenvolvimento humano: a engenharia e a biologia.

Esses profissionais são capazes de mesclar conhecimentos das ciências biológicas, médicas e de saúde com a matemática, química, física e a engenharia para desenvolver métodos e equipamentos inovadores na área.

Por exemplo: equipamentos de diagnóstico e tratamento, aparelhos de respiração, órgãos artificiais, aparelhos de laboratório, centrífugas, incubadoras, maquinário necessário para o desenvolvimento genético e muito mais.

Fora do meio médico, pode, por exemplo, desenvolver métodos para obtenção de energia a partir de recursos renováveis, fazer tratamento de água e resíduos químicos e pensar em tecnologias para a produção de alimentos em um mundo ameaçado pelas mudanças climáticas.

É isso mesmo, senhoras e senhores: estamos falando de profissionais que vão ajudar a responder a alguns dos maiores desafios para a sustentação da humanidade nos próximos anos!

O curso de Bioengenharia

No Brasil não existe um curso chamado Bioengenharia, mas temos alguns que chegam bem perto:

  • Engenharia Bioenergética
  • Engenharia Biomédica
  • Engenharia Bioquímica
  • Engenharia de Bioprocessos
  • Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia
  • Engenharia de Biossistemas
  • Engenharia de Biotecnologia

Todos têm uma abordagem muito próxima à da bioengenharia como descrevemos aqui.

Os cursos podem ser encontrados em mais de 45 faculdades pelo país, tanto na rede de ensino pública quanto na particular.

A duração é de cinco anos e, por enquanto, só existe a possibilidade de estudar na modalidade presencial.

Os futuros engenheiros vão ter de se dedicar bastante desde o primeiro dia de aulas, porque o curso – como toda engenharia – é bastante intenso.

Em dez semestres, vão passar por disciplinas como estas que listamos aqui:

  • Cálculo Diferencial e Integral
  • Estatística Experimental
  • Fenômenos de Transferência de Calor e Massa
  • Geometria Analítica
  • Programação Orientada a Objetos
  • Termodinâmica
  • Materiais de Construção
  • Tratamento de Efluentes Agroindustriais
  • Tratamento e Reciclagem de Resíduos Sólidos
  • Álgebra Linear
  • Fisiologia Vegetal
  • Propriedades dos Materiais Biológicos
  • Avaliação de Impactos Ambientais
  • Construções Rurais e Ambiência
  • Processamento e Análise de Sinais Aplicados à Engenharia de Biossistemas
  • Fisiologia dos Animais de Produção
  • Engenharia de Recursos Naturais
  • Geoprocessamento
  • Biologia Geral
  • Bioquímica e Química Orgânica
  • Inteligência Artificial
  • Hidrologia e Meteorologia
  • Ecologia Geral e Aplicada
  • Biossistemas de Produção Vegetal
  • Mecânica dos Fluidos
  • Resistência dos Materiais
  • Fundamentos de Automação
  • Química Geral
  • Biossistemas de Produção
  • Bioclimatologia
  • Energias Renováveis e Eficiência Energética

Onde o bioengenheiro pode trabalhar

Os principais empregadores de bioengenheiros são:

  • Indústria de equipamentos médicos
  • Indústria Farmacêutica
  • Institutos de pesquisa
  • Fábricas de biocombustíveis
  • Indústria de alimentos
  • Empresas agropecuárias
  • Consultorias de gestão ambiental
  • Laboratórios
  • Clínicas
  • Hospitais
  • Universidades

Quanto ganha um bioengenheiro

O salário médio de um bioengenheiro no Brasil é de R$ 7.400.

Os mais experientes, no entanto, chegam a ganhar por volta de R$ 15.000 caso trabalhem em empresas de grande porte.

Mesmo para os profissionais em início de carreira, os salários são interessantes: cerca de R$ 4.700, que podem ir evoluindo conforme o tempo vai passando e chegar, em alguns anos, a R$ 11.500.

Em empresas pequenas, os ganhos vão de R$ 4.500 a R$ 8.900.

Como conseguir vaga em Bioengenharia

Os cursos de Engenharia normalmente têm procura alta, mas a Bioengenharia ainda não figura entre na lista dos mais cobiçados dos brasileiros.

Por isso, ainda é possível conseguir vaga com um pouco mais de tranquilidade do que, por exemplo, Engenharia Civil, Elétrica ou de Produção.

A melhor maneira de entrar nos cursos de Bioengenharia é fazendo o Enem.

Com a nota obtida nas provas, os interessados podem concorrer em diversos programas de acesso ao ensino superior.

Quem sonha em estudar numa instituição pública, por exemplo, pode optar pelo Sisu. Duas vezes por ano, o programa abre inscrições. Há vagas em diversas faculdades, distribuídas de acordo com a nota do Enem mais recente: quanto maior, mais chances.

O ProUni é outro desses programas. Com ele dá para conseguir vaga em faculdade privada e fazer todo o curso com bolsa de estudos bancada pelo governo federal. Mas antes é preciso ser selecionado no processo seletivo. Para isso, o candidato precisa ter boa nota no Enem mais recente e se encaixar nos requisitos de renda e formação escolar determinados.

Outro recurso interessante é o FIES, o sistema de crédito facilitado do governo federal. Com uma boa nota em qualquer Enem a partir de 2010 você pode concorrer a uma vaga em Bioengenharia e só começar a pagar o valor financiado depois da formatura, em suaves parcelas mensais.

Por fim, o Enem permite que os candidatos entrem automaticamente em faculdades privadas sem precisar fazer vestibular. Basta encontrar a instituição desejada, informar as notas obtidas em qualquer edição a partir de 2010 e garantir a matrícula.

Nos cursos da área de bioengenharia vale também aquele velho conselho: procure estudar em faculdades bem avaliadas pelo MEC. Além da qualidade de ensino, elas geralmente têm um bom nome junto ao mercado de trabalho.

Abaixo, veja algumas faculdades onde encontrar cursos na área de Bioengenharia.

  • Centro Universitário Jorge Amado (UNIJORGE)
  • Fundação Universidade Federal do ABC (UFABC)
  • Fundação Universidade Federal do Tocantins (UFT)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP)
  • Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP)
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR)
  • Universidade de São Paulo (USP)
  • Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC)
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)
  • Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI)
  • Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
  • Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
  • Universidade Positivo (UP)

Se essas instituições não forem acessíveis para você, existe a possibilidade de “desdobrar” a formação, optando por estudar Biologia ou Engenharia e depois partir para uma pós-graduação. Se esse é o seu plano, as possibilidades de estudos se ampliam bastante.

Veja aqui algumas faculdades reconhecidas pelo MEC onde você vai encontrar cursos de Biologia e Engenharia:

Veja também:

Conheça a profissão geneticista e veja onde estudar

Curtiu a profissão bioengenharia? Vai tentar vaga em algum desses cursos? Compartilhe seus planos com a gente!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin