Hacker: Conheça essa profissão e veja como se tornar um

Muitas pessoas possuem a ideia equivocada de que um hacker é uma pessoa especialista em computadores que se dedica para cometer crimes virtuais e faturar muito dinheiro dentro de seus quartos escuros, encapuzados em frente ao computador.

Se você acessar o Google Imagens e buscar pela palavra “hacker”, praticamente todas as imagens são de personagens no escuro, escondendo o rosto com um capuz e muitas vezes uma máscara em frente a um sistema de códigos no computador. Mas isso está muito longe do que representa a realidade dessa profissão. 

Ao contrário, os hackers são fundamentais para que sistemas de segurança online evitem ataques virtuais que possam comprometer a segurança de grandes empresas e até dados de governos dos países de todo o mundo.

Para manter e garantir a proteção de dados privados e, consequentemente, de muito dinheiro circulando de forma virtual, o hacker possui uma responsabilidade enorme onde quer que ele trabalhe.

Conheça tudo o que você precisa saber dessa profissão e veja algumas das melhores dicas para começar a trilhar caminhos nessa carreira.

O que é um hacker e o que ele faz?

Para quebrar de uma vez por todas a imagem de um hacker fazendo trabalhos ilegais na frente do computador, é preciso entender o que é um hacker e o que ele faz. O hacker é uma pessoa especializada em mexer com a estrutura de softwares e hardwares, que são programas e a parte física do computador, respectivamente.

Com esse conhecimento, o papel principal do hacker é averiguar se os sistemas estão seguros e garantir que possíveis invasores não tenham acesso a informações e dados que prejudiquem a segurança de empresas, de governos e de pessoas.

Para não serem relacionados às atividades criminosas, também são conhecidos como “hackers do bem” ou “hackers éticos”. Aqueles que cometem crimes cibernéticos e usam suas habilidades atividades ilícitas podem ser conhecidos como “crackers”.

Como se tornar um hacker?

Para se tornar um hacker, é preciso ter muitos conhecimentos e perícia com computadores e os sistemas de informação que fazem tudo aquilo funcionar.

Para isso, são diversos cursos em faculdades que preparam estudantes que possuem afinidade com a informática a atuar nesse e nos diversos campos e contar com um diploma de ensino superior. Confira a lista de cursos populares nessa área:

São cursos focados no conhecimento das diversas estruturas que fazem parte das redes e podem preparar os estudantes para que eles conheçam as ferramentas que evitam os ataques dos crackers.

Essas graduações são de dois tipos: bacharelado e os cursos tecnólogos, cada um com suas características. Os cursos bacharelados possuem duração que varia entre quatro e cinco anos. Já os tecnólogos contam com cursos que variam entre dois e três anos, sendo mais voltados a toda a parte prática e rápido ingresso no mercado de trabalho.

Por se tratarem de cursos praticamente inteiros voltados ao computador, graduações da área de tecnologia costumam ser muito populares na modalidade de ensino a distância (EAD), além de ainda serem muito procurados no ensino presencial e híbrido (semipresencial).

Como é o mercado de trabalho para os hackers?

Hoje em dia, a criação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) vai influenciar diretamente no cuidado que as empresas precisarão tomar com as informações digitais institucionais, de clientes e até de funcionários.

Por isso e outros fatores, os investimentos em segurança virtual tem sido cada vez maiores, o que tem aquecido o mercado de trabalho para profissionais que trabalham com essa defesa de ataques cibernéticos e preparo preventivo para manter os sistemas seguros.

Isso tudo tem valorizado o trabalho de um hacker e mostrado o quão importante é o papel desse profissional para o bom funcionamento de uma organização e suas finanças.

Quanto ganha um hacker?

Um hacker pode começar com salários iniciais que giram em torno de R$ 2 mil e R$ 5 mil, dependendo da empresa em que atuam, segundo o jornal Gazeta do Povo. De acordo com a consultoria especializada em recursos humanos Robert Half, o salário de um hacker pode variar entre R$ 3 mil para analistas e R$ 22 mil para gerentes de segurança virtual.

Onde estudar para se tornar um hacker?

Se você gosta de computação, se interessou pela carreira de hacker e agora sabe o que esse profissional faz, chegou a hora de pensar nos próximos passos. Se você tem afinidade com essa área, o próximo passo é buscar uma faculdade para começar a se dedicar para seguir essa profissão.

Para que o diploma de ensino superior seja aceito no mercado de trabalho, é preciso que a faculdade seja reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Por isso, montamos uma lista com algumas dessas instituições.

Confira:

Os estudantes contam com diversas formas de ingresso nessas faculdades, como bolsas de estudo, nota do Enem e programas do governo (Prouni e Fies).

Veja mais:

8 cursos para quem gosta de tecnologia

Entendeu como é o trabalho de um hacker? Conte para a gente o que achou dessa profissão nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin