Descubra o que faz um engenheiro de software

Entenda porque a engenharia de software é uma das profissões mais importantes da atualidade e conheça o que faz esse profissional!

Hoje, praticamente tudo é movido a tecnologia: da água que a gente bebe às redes sociais que a gente usa sem parar, tudo tem um sistema de inteligência por trás.

Para fazer essa tecnologia chegar a todo mundo é necessária uma equipe de profissionais especializados em desenvolver uma série soluções – entre esse pessoal estão os engenheiros de software.

Seu papel nesse desafio é muito maior do que o nome da profissão pode sugerir.

A seguir, descubra o que faz um engenheiro de software e o que é preciso para seguir essa carreira.

O que faz um engenheiro de software

A grande atribuição do engenheiro de software é pensar e construir sistemas de base tecnológica para diferentes aplicações.

Isso envolve todo o processo de concepção, planejamento, desenvolvimento e aprimoramento dos softwares, que são utilizados em todas as áreas possíveis: gestão comercial, automatização de processos industriais, robótica, finanças, redes sociais, comércio eletrônico, aplicativos, enfim, tudo que conta com base tecnológica pode ter o dedo de um engenheiro de software.

Mas ainda tem mais. Os engenheiros estão por trás das grandes inovações da sociedade atual, e figuram entre as profissões consideradas as mais importantes do século.

Eles fazem parte da equipe responsável pelo desenvolvimento dos maiores projetos inovadores de tecnologia, dentre os quais:

  • Inteligência artificial
  • Big data (coleta e filtragem de grandes quantidades de dados obtidos pelas redes)
  • Telemedicina
  • Gestão eficiente de projetos
  • Serviços públicos digitais
  • Exploração espacial
  • Ferramentas de monitoramento e alerta de desastres naturais
  • Nanotecnologia
  • Robótica
  • Plataformas de serviços online: música, filmes, ensino a distância etc.
  • Aplicativos
  • Jogos digitais
  • Banco de dados
  • Segurança da informação

Estamos falando de desenvolvedores de primeira linha, pessoas que dominam diferentes linguagens tecnológicas e conhecem a fundo ferramentas para diversas aplicações. Em seu dia a dia, fazem programação, verificação, testagem e ajustes de desenvolvimento de softwares.

Os engenheiros têm outra missão importante: gerenciar pessoas que trabalham da área de tecnologia. Esse é, inclusive, um dos pontos fortes dos cursos que formam esses profissionais.

Essa visão total do processo, do desenho à entrega dos projetos, faz dele um dos profissionais mais desejados pelas empresas de tecnologia. Veja detalhes nos próximos tópicos.

Onde o engenheiro de software trabalha

Os locais que mais empregam engenheiros de software são as empresas de tecnologia e a indústria.

Nesse universo incluem-se inclusive gigantes como Apple, Microsoft, Facebook, Google, Cisco, etc.

As portas estão abertas também em startups de todas as áreas.

No Brasil, os maiores empregadores dos engenheiros de software, por incrível que pareça, são as micro e pequenas empresas. Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES), o maior número de vagas estão nas que trabalham com desenvolvimento, produção, prestação de serviços, distribuição e comercialização de produtos tecnológicos.

Na indústria há possibilidade de trabalhar em praticamente todas as áreas. Computação, automobilística, farmacêutica, alimentícia, equipamentos, têxtil, etc., todas precisam de engenheiros de software, seja para a gestão de equipes ou para a produção direta.

Salário do engenheiro de software

Engenharia é uma área que paga bem, e os engenheiros de software não são exceção.

A média salarial desses profissionais é de R$ 6.000 – valores que vão subindo proporcionalmente dependendo da experiência do profissional.

Em empresas de pequeno e médio porte – as maiores empregadoras – os salários variam de R$ 3.000 para quem está em início de carreira a R$ 9.300 para quem já tem mais rodagem.

Nas grandes empresas, os salários são mais altos: podem ir de R$ 5.000 a R$ 12.000, aproximadamente.

Os ganhos mais atrativos, no entanto, estão reservados àqueles que investem nas seguintes habilidades:

  • Inglês fluente
  • Comunicação
  • Senso de propriedade
  • Flexibilidade
  • Perfil analítico
  • Desempenho orientado a resultados
  • Bom relacionamento interpessoal
  • Conhecimento do negócio

No universo da alta gestão, os salários sobem substancialmente. Engenheiros de software que trabalham como coordenadores, gerentes e diretores estão ganhando um dinheirão.

Veja alguns exemplos:

  • Diretor de engenharia – entre R$ 20.000 e R$ 45.000
  • Diretor de operações – entre R$ 19.800 e R$ 44.000
  • Gerente de projetos – entre R$ 9.000 e R$ 23.000
  • Coordenador de manutenção – entre R$ 7.200 e R$ 16.200

O curso de engenharia de software

Para ser um bom engenheiro de software não tem jeito: é preciso amar matemática e lógica.

Essas duas áreas do conhecimento irão acompanhar o estudante durante todo o curso e serão inseparáveis ao longo da jornada profissional.

Engenharia de Software é um bacharelado com cinco anos de duração.

Atualmente pode ser encontrado em mais ou menos 80 faculdades pelo Brasil.

Durante os estudos os alunos vão aprender temas como:

  • Matemática Aplicada
  • Modelagem de Dados
  • Programação Orientada a Objetos
  • Programação Web
  • Técnicas de Desenvolvimento de Algoritmos
  • Banco de Dados
  • Sistemas Operacionais
  • Interface Humano-Computador
  • Engenharia de Requisitos e Processos de Software
  • Redes de Computadores
  • Inteligência Artificial
  • Computação em Nuvem
  • Arquiteturas e Padrões de Software
  • Segurança da Informação
  • Testes de Software
  • Manutenção de Software
  • Gerenciamento e Planejamento de Projeto de Software
  • Programação de Computadores

Quem está pensando em estudar Engenharia de Software pode optar também pela formação a distância. Nessa modalidade os alunos acompanham parte do curso pela internet, com supervisão de professores online, e parte presencialmente, nos polos de apoio e unidades da faculdade.

O formato é reconhecido pelo MEC e rende diploma de nível superior válido no mercado de trabalho.

Você pode encontrar o curso de Engenharia de Software a distância em faculdades como Cruzeiro do Sul Virtual e a Universidade Cidade de São Paulo (UNICID).

Veja também:

Engenharia da Computação: profissão e mercado

Que tal a profissão de engenheiro de software? Está de acordo com o que você imagina? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin