dcsimg

Curso de Física

Conheça melhor o curso de Física, onde estudar e as especialidades da carreira!

Quanto ganha um Físico?

O curso superior de Física é oferecido em grau de bacharelado e licenciatura, nas modalidades presencial e a distância, com duração média de quatro anos.

Quem opta pelo bacharelado em Física tem vasto campo de trabalho ligado à pesquisa, podendo desenvolver novas soluções na área científica, contribuir para a evolução da indústria e da tecnologia.

Já quem segue o caminho da licenciatura pode atuar na área de educação e tem grandes chances de conseguir um emprego rapidamente, pois existe uma carência de professores de Física em todo o Brasil.

Saiba mais sobre o curso de Física, onde estudar e as principais áreas de atuação deste profissional!

Curso de Física

A Física é a ciência dedicada a pesquisar e analisar fenômenos naturais como acústica, óptica, dinâmica e eletricidade. A formação nesta área proporciona conhecimentos para compreender a relação entre a energia e a matéria em diferentes dimensões, desde as partículas atômicas até o Sistema Solar.

No primeiro ano do curso superior de Física os alunos estudam a fundo Matemática e Física Básica.

A partir do terceiro semestre entram no currículo aulas práticas em laboratório e disciplinas da Física Avançada, como Eletromagnetismo, Termodinâmica e Eletrostática.

Ao final da formação é necessário apresentar monografia e realizar estágio.

Existem dois tipos de curso de Física: o bacharelado e a licenciatura. Apesar de terem muitas características e disciplinas em comum, cada um deles tem um enfoque e oferece caminhos diferentes de carreira.

1. Curso de Bacharelado em Física

No curso de Bacharelado em Física é possível optar por diferentes habilitações, de acordo com seus interesses e planos de carreira. Confira algumas delas:

  • Bacharel em Física Aplicada: ênfase em atividades relacionadas à aplicação da Física para resolver problemas industriais.
  • Bacharel em Física com Ênfase em Física Biomédica: aplicação de princípios da Física para prevenir e diagnosticar doenças.
  • Bacharel em Física Médica: ênfase em atividades relacionadas a serviços clínicos e terapêuticos, como dimensionar  equipamentos hospitalares e determinar o tipo de blindagem de radiação durante exames.
  • Bacharel em Geofísica: realiza oestudo da estrutura da Terra, sua composição, propriedades físicas e os processos dinâmicos.

É importante consultar o currículo programático da faculdade onde você pretende cursar Física para verificar se as disciplinas oferecidas e o enfoque daquela graduação.

Curso de Licenciatura em Física

O curso de licenciatura forma professores de Física. Além da grade curricular básica da área, com concentração de disciplinas da área de Matemática e Física, esta graduação conta com matérias de caráter pedagógico, como por exemplo:

  • Didática
  • Políticas Educacionais e Gestão Escolar
  • Teorias da Aprendizagem
  • Psicologia da Educação
  • História da Educação

Para se formar, o aluno deve passar por experiências práticas de sala de aula em um estágio supervisionado.

O que se estuda no curso superior de Física?

O curso superior de Física apresenta uma grade curricular de disciplinas obrigatórias muito semelhantes entre todas universidades, independentemente da habilitação (bacharelado ou licenciatura). Confira algumas das principais:

  • Álgebra Linear
  • Algoritmos Numéricos
  • Cálculo
  • Estrutura da Matéria Avançada
  • Física
  • Física Experimental
  • Geometria Analítica
  • Introdução ao Estudo dos Fenômenos Físicos
  • Mecânica
  • Mecânica Analítica
  • Mecânica Quântica
  • Probabilidade e Estatística
  • Programação de Computadores
  • Química
  • Teoria Eletromagnética
  • Termodinâmica

Mercado de Trabalho para quem faz o curso de Física

Quem se forma em Física pode contribuir muito para a evolução de vários setores da economia. Isso porque os conhecimentos gerados em pesquisas da Física podem ser aplicados na engenharia, na computação e na indústria. Os físicos podem ainda desenvolver projetos de alta tecnologia, envolvendo microeletrônica, transmissões digitais, uso do laser e até energia nuclear.

No campo da licenciatura, estes profissionais encontram vagas em escolas públicas e privadas, principalmente de ensino médio. Pode também trabalhar com materiais didáticos e conteúdos educativos.

Conheça alguns dos principais setores onde um físico pode trabalhar:

  • Física nuclear: estuda fenômenos como a radioatividade, fusão e fissão nuclear. Seu principal foco é a obtenção de energia.
  • Desenvolvimento de Materiais: cria materiais para a utilização em processos industriais, como polímeros e metálicos eletroeletrônicos.
  • Acústica: analisa o nível de ruídos e desenvolve isolantes e protótipos para a indústria automobilística, aeronáutica e aeroespacial.
  • Biofísica : estuda os processos bioquímicos e físicos que acontecem nos seres vivos, em nível celular.
  • Medicina: desenvolve técnicas e instrumentos para terapias e diagnósticos médicos.
  • Astrofísica: estuda planetas, estrelas e galáxias para compreender as leis do universo.
  • Ensino: leciona Física no ensino fundamental e médio, desenvolve pesquisas e materiais didáticos.

Onde estudar Física?

O curso de Física é encontrado em instituições públicas e privadas de todas as regiões do País.

Confira algumas das principais universidades reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de Física:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Quanto ganha um físico?

Ficou interessado em fazer o curso de Física? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin