dcsimg

Segurança Pública

Conheça o curso de Segurança Pública, as funções deste profissional e onde encontrar este curso!

policial

O curso de Segurança Pública é oferecido em grau de bacharelado e tecnológico, podendo durar entre 2 e 4 anos. Nesta graduação, o aluno aprende principalmente a administrar conflitos locais e internacionais, com o objetivo de promover a paz. Para isso, estuda disciplinas teóricas, como Direito, Sociologia e Filosofia, e tem também atividades mais técnicas, como Negociação, Gerenciamento de Crises e Inteligência Aplicada.

O profissional de Segurança Pública pode trabalhar com política, investigação, gestão, planejamento e técnicas operacionais. Em seu cotidiano, lida com situações complexas, riscos e incertezas. Para exercer sua função, é fundamental conhecer e respeitar princípios de Cidadania e Direitos Humanos.

Saiba mais sobre o curso de Segurança Pública, onde o profissional pode atuar e as faculdades que oferecem esta graduação!

Curso de Segurança Pública

Existem, no Brasil, dois tipos de curso superior em Segurança Pública:

  • Bacharelado: dura 4 anos e tem uma carga maior de disciplinas teóricas, tais como: Antropologia, Ciência Política e Sociologia. Combina reflexão, teoria e prática para formar profissionais generalistas, que podem atuar tanto em órgãos de segurança como em institutos de pesquisa e universidades. Existem apenas quatro cursos de Bacharelado em Segurança Pública reconhecidos pelo MEC.
  • Tecnológico: dura em média 2 anos. O currículo é mais condensado e também tem disciplinas teóricas, mescladas com atividades práticas voltadas à atuação no mercado de trabalho. A maior parte dos cursos superiores de Segurança Pública reconhecidos pelo MEC é do tipo tecnológico.

O curso de Segurança Pública prepara o profissional para lidar com situações complexas, riscos e conflitos de forma a promover a paz, respeitando os Direitos Humanos. Durante o curso, o aluno estudará disciplinas ligadas a diversos aspectos da Segurança Pública, tais como:

  • Direito: legislação penal e processual, Direitos Humanos.
  • Gestão: análise e planejamento, estratégias, administração, logística.
  • Segurança e Ordem Pública: defesa civil, segurança comunitária, investigação, padrões e sistemas de policiamento, gerenciamento de crises.

Onde cursar Segurança Pública

Existem 24 instituições de ensino no Brasil autorizadas pelo Ministério da Educação (MEC) a oferecer curso superior em Segurança Pública, a maioria privadas. Veja alguns exemplos:

O curso de Segurança Pública é oferecido nas modalidades presencial e a distância. Vale lembrar que o diploma do curso superior EAD tem a mesma validade do presencial. Desde que o curso seja reconhecido pelo MEC, quem obtém a graduação a distância pode usar o diploma para comprovar o grau de escolaridade em concursos públicos e processos seletivos, além de poder seguir seus estudos fazendo cursos de pós-graduação.

Grade Curricular

O currículo do curso de Segurança Pública varia de acordo com a instituição e o grau conferido ao formando (Tecnólogo ou Bacharelado). Seguem algumas disciplinas que podem ser encontradas:

  • Estudos dos Conflitos e da Violência
  • Direitos Humanos
  • Cidadania
  • Segurança Pública no Brasil
  • Psicologia da Segurança
  • Negociação e Gerenciamento de Crises
  • Sociologia do Crime e da Violência
  • Inteligência Aplicada
  • Relacionamento Interpessoal
  • Direito Penal
  • Direito Constitucional
  • Direito Processual
  • Ações Integradas de Segurança Pública
  • Segurança Patrimonial
  • Armamentos, Munição e Explosivos
  • Combate ao Crime Organizado, Narcotráfico e Lavagem de Dinheiro
  • Chefia e Liderança
  • Padrões e Sistemas de Policiamento
  • Uso da Força
  • Organização e Logística
  • Tecnologia da Informação em Segurança Pública
  • Preservação e Valorização da Prova
  • Filosofia
  • Ética
  • Cenários, Riscos, Eventos Críticos e Contingências
  • Metodologia Científica
  • Movimentos Sociais
  • Crianças e Adolescentes em Situação de Risco e Vulnerabilidade

Perfil Profissional

Para exercer bem sua função, o profissional da Segurança Pública precisa demonstrar grande capacidade de relacionamento e liderança. Isso porque, pela complexidade das situações que enfrenta, saber trabalhar em equipe é fundamental.

Outras características do profissional de Segurança Pública são:

  • Iniciativa: agir adequadamente e com agilidade perante situações inesperadas ou não planejadas.
  • Postura ética e senso de responsabilidade social: respeitar os Direitos Humanos e os valores da organização e da sociedade onde trabalha.
  • Capacidade de análise: avaliar contextos e cenários para estabelecer planos de ação.
  • Habilidades de negociação e comunicação: interagir com os diferentes indivíduos, equipes e organizações envolvidas no processo e buscar o melhor resultado possível. Comunicar-se com clareza e objetividade, garantindo a exatidão das mensagens e orientações.

Principais funções:

As atividades do profissional de Segurança Pública variam de acordo com sua esfera de atuação. De modo geral, envolvem:

  • Manutenção da segurança e ordem públicas
  • Segurança comunitária
  • Elaboração e execução de políticas preventivas
  • Combate à violência e à criminalidade
  • Gestão de instituições de Segurança Pública
  • Captação de recursos para programas de Segurança Pública

Mercado de trabalho para quem faz Segurança Pública

O mercado de trabalho para quem faz o curso de Segurança pública é vasto. Quanto mais a população cresce, maior é a necessidade de estabelecer programas e ações de combate ao crime, repressão da violência e administração de conflitos sociais.

Quem se forma em Segurança Pública pode atuar em diferentes órgãos públicos municipais, estaduais e federais, tais como:

  • Polícia Militar
  • Polícia Civil
  • Polícia Rodoviária Federal
  • Polícia Federal
  • Guarda Municipal
  • Penitenciárias
  • Corpo de Bombeiros
  • Secretarias de Segurança Municipais e Estaduais
  • Ministérios

Cada um desses órgãos públicos tem seus próprios requisitos para ingressar na carreira, normalmente por concurso.

O profissional de Segurança Pública também encontra oportunidades de trabalho na área de pesquisa e no setor privado, integrando equipes multidisciplinares que dialogam com o poder público em projetos de segurança, ou mesmo como consultor independente.

Veja também:

Segurança Privada

Ficou interessado no curso de Segurança Pública? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin