dcsimg

Vale a pena fazer Enfermagem? Descubra

Conheça as principais áreas de atuação de um enfermeiro e descubra se esta profissão combina com você!

Enfermagem

A carreira em Enfermagem, apesar de muito antiga, é ainda bastante requisitada no mercado de trabalho. A função do enfermeiro é essencial para o bom funcionamento de hospitais, clínicas médicas, postos de saúde, etc.

É um trabalho que exige dedicação e pode ser muito gratificante para quem tem gosto por cuidar dos outros.

Mesmo sendo uma carreira tradicional, muitas pessoas ficam em dúvida se vale a pena investir tempo e dinheiro no curso de Enfermagem, se esta será uma profissão rentável e como é o dia-a-dia de um enfermeiro.

Se você está pensando em estudar Enfermagem, conheça um pouco mais sobre esta faculdade e que tipo de profissional ela forma.

Vale a pena fazer faculdade de Enfermagem?

Depende! Esta é uma pergunta bastante pessoal e que não tem uma resposta única para todo mundo.

Tudo vai depender de suas habilidades, interesses pessoais e objetivos profissionais. Escolher uma faculdade é um passo importante na construção de uma carreira, por isso é importante pesquisar muito sobre o curso desejado e certificar-se de que ele se encaixa em seus planos para o futuro.

Para ajudá-lo a identificar se Enfermagem é uma boa opção para você, veja a seguir o que se estuda nessa faculdade e quais são as opções de trabalho depois de formado.

O que se estuda em Enfermagem?

Por se tratar de um curso na área da Saúde, existem muitas disciplinas sobre o funcionamento do corpo humano e suas características. No entanto, o foco principal da faculdade de Enfermagem está no atendimento aos pacientes e nas técnicas de assistência hospitalar e pré-hospitalar.

Algumas matérias tratam dos primeiros atendimentos a um paciente e como socorrer vítimas de catástrofes. Outras apresentam as metodologias de assistência a pacientes em diferentes situações: internados em hospitais, em centros cirúrgicos, em estado crítico, em recuperação pós-anestésica, etc.

A faculdade dura entre 4 e 5 anos e o currículo mescla disciplinas teóricas e atividades práticas. Os alunos têm a oportunidade de praticar os procedimentos aprendidos e estar em contato com pacientes.

A matriz curricular é organizada de forma diferente em cada universidade. O nome das matérias e a ordem em que são estudadas podem sofrer alterações. De modo geral, estas são as principais disciplinas do curso de Enfermagem:

  • Anatomia
  • Biologia
  • Enfermagem em Urgência e Emergência
  • Enfermagem na Saúde da Criança e do Adolescente
  • Enfermagem na Saúde do Adulto
  • Enfermagem na Saúde do Idoso
  • Enfermagem na Saúde Mental
  • Enfermagem no Centro Cirúrgico
  • Farmacologia
  • Fisiologia
  • Gestão no Serviço de Enfermagem
  • Microbiologia e Imunologia
  • Políticas Públicas de Saúde
  • Saúde Coletiva
  • Vigilância em Saúde

Perfil profissional do enfermeiro

Quem resolve encarar esta profissão deve estar preparado para lidar com pessoas em situações de extrema fragilidade. O enfermeiro fica em contato direto com pacientes durante exames, tratamentos e cirurgias e presta todo tipo de assistência.

Um bom profissional de Enfermagem deve ter vontade de ajudar o outro e de melhorar as condições de saúde dos pacientes.

Além disso, é preciso ter um bom equilíbrio emocional para confortar e orientar pacientes e seus familiares.

Onde um enfermeiro pode trabalhar?

O enfermeiro é o profissional que cuida de pacientes para aliviar seu sofrimento, protegê-los de doenças e ajudá-los a recuperarem a saúde.

Seu trabalho envolve desde atividades bem simples, como medir temperatura e aplicar injeções, até auxiliar médicos durante cirurgias e cuidar de pacientes com alto grau de complexidade.

O enfermeiro é um profissional muito requisitado em diversas instituições de saúde, como hospitais, clínicas médicas, postos de saúde, laboratórios de exames médicos, etc.

Mas estes não são os únicos lugares em que um enfermeiro pode trabalhar. Ele encontra oportunidades de emprego em empresas de diversos setores e pode ainda prestar assistência domiciliar, o chamado “home care”, que vem ganhando muito espaço no mercado de trabalho.

Conheça algumas áreas em que um enfermeiro pode atuar:

  • Hospitalar – atua em diversas instituições de saúde públicas e privadas auxiliando médicos, prestando os primeiros socorros a pacientes, mantendo os prontuários atualizados, administrando medicamentos e muito mais.
  • Geriátrica – especializado no atendimento de pessoas idosas. Pode trabalhar em hospitais, clínicas de repouso e asilos. Também presta atendimento domiciliar.
  • Emergencial – atua em prontos-socorros e unidades de atendimento emergencial. Atende pacientes que precisam de cuidados urgentes, que estão machucados, foram vítimas de algum acidente, estão tendo alguma crise de dor, etc.
  • Cirúrgica – auxilia médicos durante cirurgias. O enfermeiro prepara os pacientes, explica os procedimentos, testa os equipamentos que serão utilizados, esteriliza os instrumentos e também é responsável pelos cuidados pós-operatórios.
  • Obstetrícia – Cuida de mulheres grávidas ou em período de amamentação. Auxilia médicos durante todo o acompanhamento pré-natal, parto e pós-parto.
  • De Resgate – atende vítimas no local de acidentes ou calamidades. Integra equipes de salvamento para prestar os primeiros socorros, analisar as condições dos pacientes e transportá-los de maneira segura até um hospital.
  • Domiciliar – presta assistência na casa dos pacientes. Realiza os mesmos serviços como se estivesse em um hospital, mas sem todos os equipamentos e rotinas destes ambientes. É um tipo de serviço que aumentou muito nos últimos anos e é visto pelos profissionais de saúde como uma forma de melhorar a qualidade de vida dos pacientes e reduzir o risco de infecções hospitalares.

Onde estudar Enfermagem

Se você está decidido a estudar Enfermagem é importante buscar um curso que seja reconhecido pelo MEC, assim você garante que seu diploma terá validade no mercado de trabalho.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Enfermagem:

Veja também:

Enfermagem ou Medicina: qual a melhor opção?

E para você, vale a pena fazer Enfermagem? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin