dcsimg

As 10 faculdades mais baratas

Sabia que é possível fazer uma graduação de qualidade pagando pouco? Descubra agora!

Faculdades mais baratas

Quem não conseguiu entrar na universidade pública sabe que é um desafio encontrar uma graduação de qualidade com preço acessível em faculdades particulares.

Por sorte, nos últimos anos esse desafio tem se tornado cada vez mais simples de resolver. Hoje já é possível fazer um curso superior sem gastar muito, principalmente na modalidade a distância – que muitas vezes pode custar até um terço do valor, em comparação com um curso tradicional.

Mesmo aqueles que preferem o modelo presencial vão encontrar opções mais em conta em faculdades bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC).

Confira agora a relação das 10 faculdades mais baratas do Brasil, tanto na modalidade presencial quanto a distância.

Faculdades mais baratas

Para fazer o levantamento das faculdades mais baratas, tomamos como referência o valor do curso de Administração de Empresas cobrado em cada uma delas.

O motivo dessa escolha é simples: Administração é o curso que tem mais alunos no Brasil! É um dos mais procurados dos vestibulares e pode ser facilmente encontrado nas principais universidades privadas do País.  Também é essencialmente teórico, não precisa de uma infraestrutura especial – o que ajuda a baratear bastante o valor de mensalidade.

Esta graduação está disponível nas modalidades presencial e a distância.

O valor da mensalidade varia bastante dentro de uma mesma faculdade. Fatores como localização da unidade, curso e turno podem afetar esses valores. Por isso, as faculdades podem ter uma combinação de mensalidades mais baratas, medianas e mais caras. O custo vai depender muito da graduação, região e turno que você escolher.

Confira a lista das faculdades mais baratas do Brasil, levando em conta o curso de Administração de Empresas:

Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)

  • Mensalidade do curso a distância: R$ 290
  • Mensalidade do curso presencial: média de R$ 540

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

  • Mensalidade do curso a distância: R$ 250
  • Mensalidade do curso presencial: entre R$ 580 e R$ 790

 

Universidade de Franca (UNIFRAN)

  • Mensalidade do curso a distância: R$240
  • Mensalidade do curso presencial: média de R$ 700

Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia

  • Mensalidade do curso presencial: média de R$ 800

 

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

  • Mensalidade do curso a distância: R$ 200
  • Mensalidade do curso presencial: média de R$ 800

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

  • Mensalidade do curso a distância: R$ 250
  • Mensalidade do curso presencial: média de R$ 800

Universidade Estácio de Sá (UNESA)

  • Mensalidade do curso a distância: R$ 293
  • Mensalidade do curso presencial: média de R$ 800

Universidade Nove de Julho (UNINOVE)

  • Mensalidade do curso a distância: R$ 263
  • Mensalidade do curso presencial: média de R$ 550

Centro Universitário de Maringá (CESUMAR)

  • Mensalidade do curso a distância:  R$295
  • Mensalidade do curso presencial: média de R$ 650

Universidade Braz Cubas (UBC)

  • Mensalidade do curso a distância: R$ 265
  • Mensalidade do curso presencial: média de R$ 700

Centro Universitário Claretiano (CLARETIANO)

  • Mensalidade do curso a distância: R$ 326
  • Mensalidade do curso presencial: média de R$ 700

Como escolher a melhor faculdade pagando menos?

Antes de escolher a faculdade, é importante verificar alguns pontos para ter certeza de que está fazendo um bom investimento:

  • A instituição onde você quer estudar tem o reconhecimento do Ministério da Educação (MEC)?
  • O curso que você  quer fazer tem o aval do MEC para funcionar?
  • A avaliação do curso é satisfatória? (para o MEC, as notas 3 e acima são satisfatórias)
  • A estrutura do curso atende às suas expectativas?
  • O curso está disponível na modalidade que você deseja?
  • A faculdade está perto da sua casa?

Se você vai investir tempo e dinheiro em uma graduação, é fundamental que ela seja reconhecida pelo MEC. É esse reconhecimento que determina a validade do diploma de nível superior no mercado, servindo como comprovante para ingresso em concursos públicos e programas de pós-graduação.

Para verificar a avaliação da faculdade e do curso, você pode acessar uma ferramenta do próprio Ministério da Educação chamada e-MEC.

Veja como fazer a consulta:

  1. Acesse o e-MEC.
  2. Encontre a aba “Consulta Avançada” e clique.
  3. Em “Buscar por”, selecione a opção “Curso de Graduação” .
  4. Em “Curso”, digite o nome do curso que você deseja.
  5. Em “UF”, selecione o estado (opcional).
  6. Selecione o município (opcional).
  7. Clique no botão “Pesquisar”. Vai aparecer uma lista com todos os cursos disponíveis, suas respectivas notas e situação no MEC.

Vale a pena fazer um curso a distância?

Em quase 100% dos casos, os cursos a distância são muito mais em conta que os presenciais. Para se dar bem nessa modalidade de ensino, você vai precisar de bastante disciplina, controle de tempo e comprometimento.

Se isso não for problema para você, a EAD é uma excelente opção. Além de ser bem mais barato que uma graduação presencial, oferece benefícios como:

  • Diploma vale tanto quanto o presencial e que pode ser usado para comprovar o grau de nível superior, concorrer a concursos públicos ou ingressar em uma pós-graduação.
  • Desenvolvimento de habilidades apreciadas no mercado, como domínio de tecnologias web, gestão do tempo e autonomia.
  • Economia de tempo e dinheiro com deslocamentos.

Diferenças de custo entre as faculdades

Cursos mais teóricos, que precisam de poucas atividades de laboratório, tendem a ser mais baratos. É o caso, por exemplo, das graduações em Administração, Contabilidade, Serviço Social, Ciências Sociais, Letras, etc.

Já aqueles com carga elevada de aulas práticas e de laboratório, que exigem muito consumo de material específico ou equipamentos importados, como os de Engenharia, Medicina e Odontologia, por exemplo, podem ter mensalidades bem acima de R$ 2 mil.

Se você precisa economizar, o importante é fazer um planejamento financeiro antes de escolher a faculdade. Não é apenas o valor da mensalidade que conta. Você precisa estar atento aos gastos adicionais como:

  • Aquisição de materiais específicos para acompanhar as aulas (livros, equipamentos, etc.).
  • Distância da sua casa até o polo presencial (cursos EAD) ou a sede da universidade (cursos presenciais): vai precisar se deslocar de carro? Quantos ônibus até lá? Quantas viagens terá que fazer por dia?
  • Se for fazer um curso a distância, qual a quantidade de encontros previstos no programa, como visitas de campo, apresentações de trabalho e atividades de laboratório.

Todos esses fatores contam – e muito – no final do mês. Não esqueça de incluí-los na sua matemática!

Veja também:

9 coisas que todo mundo pensa ao escolher uma faculdade

Pretende fazer um curso de graduação pagando pouco? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin