dcsimg

Engenharia Eletrônica: saiba mais sobre este curso

Conheça melhor a formação em Engenharia Eletrônica, as funções deste profissional e onde estudar para ingressar nesta carreira promissora!

Eletrônica

A Engenharia Eletrônica é uma área voltada ao desenvolvimento de componentes, dispositivos, sistemas e equipamentos eletrônicos, como  transistores e circuitos integrados. É a parte da Engenharia que lida com a energia elétrica em pequena amplitude.

O curso exige bastante do aluno! São cinco anos de estudo, muitas fórmulas e cálculos ao longo da formação. Mas a carreira é promissora. Este profissional encontra espaço em qualquer setor que necessite de especialistas no desenvolvimento de equipamentos eletroeletrônicos e no processamento de sinais.

Saiba como funciona o curso de Engenharia Eletrônica, o dia a dia do profissional e onde estudar para obter um diploma reconhecido pelo Ministério da Educação!

O curso de Engenharia Eletrônica

O curso de Engenharia Eletrônica é de grau bacharelado e dura cinco anos. Esta formação nasceu do curso de Engenharia Elétrica e tem como foco o estudo da eletricidade em escalas menores, como os produtos eletroeletrônicos, circuitos integrados e placas de circuito impresso. Estes componentes são encontrados principalmente em computadores e aparelhos similares.

Nos primeiros anos, assim como em todo curso de Engenharia, há uma ênfase em matérias de Ciências Exatas: Matemática, Física, Química e Geometria. Como a Computação tem origem na Eletrônica, são muitas as matérias relacionadas a esta área durante o curso. Estrutura de Dados e Organização de Computadores são dois exemplos.

Após o período de formação básica em Engenharia, os alunos começam a ter contato com matérias mais específicas da Eletrônica: circuitos elétricos, sistemas digitais, eletromagnetismo, entre outras.

O estágio e o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) são obrigatórios ao final da formação.

O que se estuda em Engenharia Eletrônica

As disciplinas do curso de Engenharia Eletrônica podem variar um pouco dependendo da ênfase de cada programa. Há instituições que oferecem esta formação com enfoques específicos, como em telecomunicações, automação e computação. Mas a grade curricular básica desta formação é composta pelas seguintes matérias:

  • Cálculo
  • Física
  • Química
  • Circuitos Elétricos
  • Sistemas Eletrônicos
  • Organização de Computadores
  • Sistemas Digitais
  • Eletromagnetismo
  • Mecânica dos Fluidos
  • Algoritmos
  • Programação de Computadores
  • Sistemas Embarcados
  • Sistemas Analógicos
  • Sistemas de Potência

O que faz o Engenheiro Eletrônico?

O profissional formado em Engenharia Eletrônica tem vasto campo de atuação. Ele pode trabalhar em empresas do setor Eletroeletrônico, de Tecnologia da Informação, de Telecomunicações e também no ramo de produção industrial. Pode atuar até na área de Biomedicina! Veja algumas das funções que este engenheiro desempenha no dia a dia da profissão:

  • Instala, opera e faz a manutenção de sistemas e equipamentos.
  • Projeta e desenvolve componentes, equipamentos e sistemas eletroeletrônicos empregados em automação industrial.
  • Desenvolve sistemas de geração, transmissão e distribuição de eletricidade e eletrônica.
  • Realiza vistorias, perícias e avaliações de obras e serviços técnicos e tem a responsabilidade de emitir laudos e pareceres.
  • Estuda a viabilidade técnica e econômica de projetos.
  • Desenvolve equipamentos para Biomedicina.
  • Desenvolve sistemas embarcados.

Mercado de trabalho do Engenheiro Eletrônico

O mercado de trabalho para o Engenheiro Eletrônico está em expansão. Além das tradicionais áreas de transmissão e distribuição de energia elétrica, que absorvem profissionais em todas as regiões do Brasil, há procura crescente por estes engenheiros em centros de pesquisa e desenvolvimento de empresas e indústrias. A nanotecnologia e a microeletrônica são áreas de atuação extremamente promissoras para estes profissionais.

As vagas estão mais concentradas nas regiões Sul e Sudeste. O engenheiro eletrônico encontra oportunidades de trabalho em empresas do setor de construção naval, petróleo e gás, químico, empresas comerciais de equipamentos eletrônicos e de telecomunicações, empresas de projetos e instalações elétricas, hospitais, parques temáticos, universidades e instituições de pesquisa.

Onde estudar Engenharia Eletrônica

Conheça algumas das principais universidades reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) que oferecem o curso superior de Engenharia Eletrônica:

Veja também

Engenharia Elétrica: carreira e mercado de trabalho

Você se identificou com o curso de Engenharia Eletrônica? Vai seguir esta carreira? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin