dcsimg

História: profissão, carreira e mercado de trabalho

Saiba mais sobre a profissão de historiador, como está o mercado de trabalho para quem se forma em História e onde estudar!

historia-ead

A profissão de historiador é mais diversificada do que muita gente pensa.

É comum associar a carreira em História à função de professor, especialmente do ensino médio. Mas os estudantes que optam por este curso encontram oportunidades de atuação muito variadas, importantes e reconhecidas na sociedade.

O mercado de trabalho dos historiadores vem crescendo bastante no Brasil com o aumento do acesso à cultura e ao entretenimento.

Conheça melhor a carreira em História, como funciona a graduação e onde estudar para atuar com sucesso nesta profissão!

O crescimento do mercado de trabalho em História

A maioria dos alunos do curso superior de História tem o objetivo de trabalhar como professor, lecionando no ensino fundamental, médio ou superior. Esta tem sido a principal ocupação dos profissionais formados na área, desde os primeiros cursos que surgiram no País, por volta de 1930.

Mas a partir dos anos 70 e 80 o crescimento da economia, das cidades e da população gerou o aumento da produção cultural no País e coloriu o cenário dos historiadores com novas perspectivas.

Com a onda de desenvolvimento social e econômico, o Brasil ganhou novos museus, teatros, eventos, exposições, programas de televisão, filmes, revistas e instituições de pesquisa. O circuito cultural que se formou no País se sustenta até os dias de hoje – tanto que continua crescendo e oferecendo novas frentes de trabalho para os historiadores.

Regulamentação: Mais recentemente, em 2014, a Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que regulamenta a profissão de historiador e exige o diploma de curso superior para o seu exercício. O projeto ainda está tramitando no Senado. A carreira no magistério continua oferecendo vagas de norte a sul do País e os novos segmentos de atuação têm gerado cada vez mais oportunidades, com boa remuneração, para quem se forma em História.

O que faz um historiador

O trabalho do historiador envolve o estudo e a compreensão dos acontecimentos que marcam a evolução da sociedade. Conheça algumas das principais funções deste profissional:

  • Dar aulas de História em escolas públicas e privadas, no ensino fundamental e médio. No ensino superior, pode lecionar nos cursos de História, Arquitetura e Urbanismo, Museologia.
  • Desenvolver pesquisas em universidades e instituições culturais.
  • Atuar em órgãos de cultura e museus, em cargos administrativos ou organizando exposições e fazendo a gestão do acervo.
  • Prestar consultoria para peças de teatro, filmes, documentários e novelas de época.
  • Fazer gestão documental em arquivos públicos e privados.
  • Atuar em órgãos de preservação do patrimônio arquitetônico ou museológico.
  • Preparar material didático para escolas.
  • Organizar arquivos pessoais ou empresariais que documentam a história de famílias e empresas.

Salário médio do historiador

Os salários dos historiadores variam muito entre os estados e o tipo de função que desempenham. Uma pesquisa realizada pela Wage Indicator Foundation revela a média mensal dos salários pagos aos profissionais formados em História, nos cargos mais comuns. Confira:

Como professor:

  • Na rede pública de ensino: de R$ 950 a R$ 1,8 mil.
  • Na rede privada de ensino: de R$ 1 mil a R$ 3,6 mil.
  • Em universidade privada: de R$ 1,8 mil a R$ 4,5 mil.
  • Em universidade pública: de R$ 4,3 mil a R$ 8,8 mil.
  • Titular em universidade pública: de R$ 7,6 mil a R$ 17 mil.

Como consultor, gestor de acervo, produtor de livros didáticos e biografias o salário pode ultrapassar R$ 5 mil.

Como funcionário em museus ou como arquivista, os rendimentos deste profissional ficam entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil.

O curso de História

A graduação em História é oferecida em diversas universidades públicas e privadas em todo o País, com reconhecimento do Ministério da Educação (MEC). O curso dura quatro anos, em média, e pode ser encontrado nas modalidades de ensino presencial e a distância.

Existem dois tipos de graduação em História: O bacharelado e a licenciatura. Nos dois casos é preciso gostar muito de ler e fazer pesquisas. Quem quer atuar como professor deve optar pela licenciatura, cujo currículo conta com disciplinas que preparam o aluno para lecionar. Seja qual for a opção, existe uma matriz curricular comum que envolve o estudo de períodos da História e outras disciplinas específicas da área. Veja as principais:

  • Fundamentos das Ciências Sociais
  • História Antiga Ocidental
  • História Antiga Oriental
  • História Contemporânea
  • História da América
  • História da Ásia
  • História da Idade Média Ocidental
  • História da Idade Média Oriental
  • História do Brasil Colonial
  • História do Brasil Contemporâneo
  • História do Brasil Imperial
  • História do Brasil Republicano
  • História Moderna
  • Prática de Pesquisa em História

Tanto no bacharelado quanto na licenciatura é preciso apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e cumprir um período de estágio para se formar.

Onde estudar História

A maior parte dos cursos superiores de História é de licenciatura. Mas é possível encontrar também bacharelados em todas as regiões do País.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer a graduação em História:

Veja também:

Quanto ganha um historiador

Vai estudar História? Já escolheu a faculdade? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin