dcsimg

Quanto ganha um Biólogo?

Descubra o salário inicial do biólogo e até quanto esse profissional pode ganhar!

Quanto ganha um biólogo?

A biologia é a ciência que estuda a vida, pesquisando aspectos como reprodução, evolução, crescimento, metabolismo, organização celular e composição química dos seres vivos.

O biólogo é um profissional de nível superior que pode se especializar em: Meio Ambiente e Biodiversidade, Saúde, ou Biotecnologia e Produção. Cada uma dessas três grandes áreas da biologia tem uma série de subespecialidades, o mercado de trabalho para o biólogo é amplo e está em expansão.

Algumas possíveis áreas de atuação do biólogo:

  • Centros de pesquisa
  • Consultorias
  • Educação Básica
  • Indústrias
  • Institutos biológicos
  • Jardins botânicos
  • Laboratórios
  • Reservas florestais
  • Zoológicos
  • Órgãos públicos
  • Docência e pesquisa em universidades
  • Terceiro setor
  • Turismo ecológico

Salário Mínimo Profissional do Biólogo

Os biólogos não possuem um piso salarial único com validade em todo o Brasil. O Conselho Federal de Biologia (CFBio) recomenda o piso salarial equivalente a cinco salários mínimos, exceto para biólogos que trabalham em órgãos públicos, mas trata-se apenas de uma sugestão, sem a força de um acordo coletivo ou convenção sindical.

Existe um projeto de lei em tramitação (PL 5755/2013) para fixar o piso salarial dos biólogos em cinco salários mínimos para jornada de trabalho de 36 horas semanais, além de determinar critérios de insalubridade, uso de equipamentos de proteção e adicional noturno, entre outras providências.

Salário Médio do Biólogo

O salário do biólogo varia muito em função de fatores como experiência, região do País, especialização e tipo de empresa onde o profissional trabalha.

De acordo com o site de empregos Catho, um biólogo ganha entre R$ 1.100,00 e R$ 4.163, com média salarial nacional de R$ 2.127,04. Seguem outros cargos que podem ser ocupados por biólogos e a média salarial nacional segundo o site:

  • Estágio em Biologia: R$ 760,10
  • Educador Ambiental: R$ 1.569,30
  • Professor de Biologia: R$ 1.671,12
  • Microbiologista: R$ 1.978,84
  • Biologista: R4 2.427,31
  • Gestor Ambiental: R$ 2.996,82
  • Analista Ambiental: R$ 3.097,28
  • Analista de Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde: R$ 3.069,46
  • Consultor Ambiental: R$ 3.757,82
  • Supervisor de Meio Ambiente: R$ 4.102,85

No serviço público, há concursos em andamento para contratação de biólogos. O Ministério da Saúde, por exemplo, oferece vagas para biólogos trabalharem como pesquisadores em diversas especialidades (imunogenética, anatomia patológica e biobancos, biologia molecular, citotecnologia, e análises clínicas etc.). O salário base é de R$ 6.648,15 podendo chegar a quase R$ 14.000,00, dependendo da titulação do profissional.

Sobre a carreira de Biologia

A profissão de biólogo é regulamentada pela Lei n.º 6.684, de 1979. Para exercê-la, é obrigatório ter o diploma de nível superior em curso de Biologia ou Ciências Biológicas em instituição reconhecida pelo MEC (ou ter o diploma validado no Brasil, no caso de estrangeiros) e o registro profissional no Conselho Regional de Biologia.

A legislação define ainda todas as atividades profissionais que podem ser exercidas por biólogos dentro de três grandes áreas: Biotecnologia, Meio Ambiente e Saúde. Entre elas, podemos citar:

  • Assessoria, consultoria, aconselhamento;
  • Fiscalização, gerenciamento, direção;
  • Ensino, treinamento, condução de equipe;
  • Especificação, levantamento, orçamento, inventário;
  • Estudo de viabilidade econômica, ambiental, técnica, socioambiental;
  • Vistoria, perícia, avaliação, auditoria;
  • Análise, pesquisa, ensaio, serviço técnico;
  • Coordenação, supervisão, orientação, gestão;
  • Comércio, representação, importação, exportação;
  • Patenteamento de técnicas, produtos e métodos;
  • Produção técnica, produção especializada, padronização, controle de qualidade.

O biólogo tem um vasto campo de atuação, podendo optar entre várias especializações dentro da biologia e áreas afins. Seguem alguns exemplos:

Áreas de atuação do biólogo em meio ambiente e biodiversidade:
Aquicultura, biomonitoramento, biorremediação, controle de vetores e pragas, ecoturismo, educação ambiental, biologia forense, saneamento ambiental, gestão ambiental, gestão de zoológicos, jardins botânicos e biotérios,  entre outros.

Áreas de atuação do biólogo em saúde:
Aconselhamento genético, análises cínicas, bioética, perícia e biologia forense, saúde pública, vigilância ambiental/sanitária/epidemiológica, terapia gênica, entre outros.

Áreas de atuação do biólogo em biotecnologia e produção:
Bioinformática, biologia molecular, bioprospecção, biossegurança, cultura de células e tecidos, desenvolvimento e produção de Organismos Geneticamente Modificados (OGMs), engenharia Genética/bioengenharia etc.

Com tantas possibilidades de atuação, o mercado para biólogos é considerado favorável, e saem na frente aqueles profissionais com especialização (pós-graduação, mestrado, doutorado) e atualização constante. A área ambiental está em alta há alguns anos e a tendência é de que continue crescendo, com novas oportunidades para biólogos.

Entre as áreas mais promissoras da biologia para os próximos anos, os especialistas apostam em:

  • Biodegradação
  • Biorremediação
  • Gestão de resíduos
  • Biologia molecular
  • Genética
  • Bioinformática.

Todos os anos, cerca de 5 mil novos profissionais se formam nos cursos de licenciatura e bacharelado em ciências biológicas e, segundo o Conselho Federal de Biologia (CFBio) há 80 mil biólogos registrados na entidade (dados de 2014).

Onde estudar Biologia

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Biologia:

Veja também:

O que faz um biólogo?

O que achou da remuneração do biólogo? Tem interesse em seguir essa carreira? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin